TeamWork Consultores

TeamWork Consultores

Comentários

"Liderar como um Treinador" - A 2.ª edição do Workshop com a TeamWork Consultores sobre técnicas de liderança de equipas dirigidas à obtenção de resultados, utilizando dinâmicas de treino e de role-play que apelam à inovação e criatividade.
+info em https://cutt.ly/GocPpt
"Liderar como um Treinador" - Workshop com a TeamWork Consultores sobre técnicas de liderança de equipas dirigidas à obtenção de resultados, utilizando dinâmicas de treino e de role-play que apelam à inovação e criatividade. +info em https://bit.ly/2Wbuapa
Professor Jorge Araújo muito obrigado pela partilha do conhecimento ! Um abraço !
Tendo como lider o Prof. Jorge Araujo só pode dar boas formações.
Acreditem... eu sei

A TW CONSULTORES é uma empresa portuguesa certif**ada na consultoria e no treino comportamental de

A TEAM WORK CONSULTORES é uma empresa portuguesa certif**ada na consultoria e no treino comportamental de pessoas e equipas, fundada em dezembro de 1997, por Jorge Araújo, ex-treinador de basquetebol. Com 18 anos de experiência a treinar pessoas e equipas para o alto rendimento, a empresa está também em Moçambique desde 2006 e em Angola desde 2007. Sob o lema PENSAR E INTERVIR COMO UM TREINADOR, a

06/10/2023

É já na próxima 5ª feira!

Não perca o seu lugar e faça a sua inscrição para poder aprender a pensar e intervir como um treinador com o professor Jorge Araújo no dia 12 de outubro, no hotel Cristal situado no Porto às 9 horas da manhã https://lnkd.in/d5hgYVuj


21/09/2023

No comportamento humano, a consciência ou signif**ação do mundo e a natureza ou o meio envolvente misturam-se, sobrepõem-se, encaixam-se. O que signif**a que não podemos dar nem dominância à biologia, nem idealizar a consciência. O organismo humano não é como um piano sobre o qual atuam os estímulos exteriores; tal como, não se resume a uma soma de reações mecânicas provocadas por estímulos propriocetivos e exterocetivos isolados; deve sim ser entendido como uma estrutura constituída, em simultâneo, pelo modo de pertença do nosso organismo ao meio envolvente e deste meio ao organismo.

Somos seres sensíveis e de Perceção, entendida esta como tomada de conhecimento sensorial de tudo o que nos envolve, (ganhar consciência). Estamos sempre a interagir, influenciamos e somos influenciados e "abrimo-nos" ao que nos rodeia num constante reaprender. Através dessa nossa Perceção relacionamo-nos com tudo o que nos envolve, vendo, ouvindo, tocando, cheirando ou sentindo o gosto, o frio ou o quente, etc.; "instalamo-nos" como um todo no meio envolvente estabelecendo com ele uma relação vivida, o comportamento humano; entenda-se, o enigma de uma motricidade expressiva, sobre a qual se constroem todos os demais comportamentos assentes nos hábitos previamente adquiridos.

Conforme já o dissemos temos um corpo vivido com uma dimensão anónima e inconsciente, sujeito a continuadas experiências intersubjetivas e intercorporais. Constantes partilhas de experiências e afetividades através de uma corporeidade dinâmica e complexa capaz de incorporar todo o tipo de experiências entretanto decorrentes. O que nos permite criar os já referidos hábitos, habituação essa que não é mais do que uma forma de familiarização; um saber anónimo, vulgarmente designado como "hábitos adquiridos" por via de uma incorporação e anexação de tudo o que nos rodeia. Adquirir hábitos signif**a assim que o nosso corpo vivido e experiencial incorpora direções e dimensões e "instala-nos" no que nos rodeia.

Qualquer hábito adquirido tem como base a experiência passada, mas torna o presente possível através de decisões ao nível percetivo mais básico
Aprendemos novos hábitos experimentando através do nosso corpo e incorporando nele, (memória corporal), tudo o que nos permita realizar o que pretendemos de um ponto de vista motriz.

O corpo vivido, (um saber vivido da totalidade do corpo), é assim uma consciência indecomponível que nos dá um sentido e um signif**ado para tudo o que nos rodeia e nos define como seres no mundo, (como se o que nos envolve nos interpelasse). O corpo humano “instala-se” assim como um todo no meio ambiente estabelecendo com ele uma continuada relação vivida.

Venha treinar hábitos connosco https://www.teamwork.pt/pt/contactos


01/09/2023

Tradicionalmente, o comportamento humano tem sido investigado através do funcionamento do nosso sistema nervoso. No entanto, segundo Maturana e Varela, na sua obra de 1984, A árvore do conhecimento - As bases biológicas do conhecimento humano, deverá ser realizado a partir do nosso operar biológico.

Cito, página 39, "decidi considerar quais processos deveriam ocorrer no organismo durante a cognição, entendendo assim a cognição como um fenómeno biológico."

Sem nunca esquecer que, conforme também defendem estes dois autores, ao investigarmos algo não é possível isentar o quanto influenciam esses estudos e suas respetivas conclusões, os processos seguidos por quem investiga.

Cito, página 34, "tanto o biólogo, quanto o teórico do cérebro ou o pensador social, enfrentam um problema fundamental quando,(querendo ou não), tem de descrever um sistema do qual eles mesmos são componentes."

E tudo isto porque ao observarmos uma determinada experiência não deixamos de, em simultâneo, estar a vivê-la!
Como dimensões a estudar, propõem estes autores que, para além da evolução cultural da humanidade, fossem abordados respetivamente:

· O Conhecimento
· A Perceção
· A Organização do ser vivo como um todo
· A Linguagem
· A Autoconsciência
· A Comunicação
· A Aprendizagem

Tudo isto com o objetivo de repensar a natureza da condição social humana, unif**ando de forma operacional respetivamente a Perceção, o operar do sistema nervoso, a organização do ser vivo e o conhecimento autoconsciente.

Para estes autores a organização do ser vivo e o seu conhecimento autoconsciente constituem um todo conceptual e operacional indissolúvel, (o que filosof**amente foi entretanto designado como corpo vivido). As nossas perceções não atuam sobre o corpo, elas são o corpo pois expressam a dinâmica estrutural do sistema nervoso central. Perceção e pensamento são, operacionalmente no nosso sistema nervoso, uma e a mesma coisa. Deixando por isso mesmo de fazer sentido falarmos de espírito e matéria ou de ideias versus corpo, pois no nosso sistema nervoso perceção e pensamento são operacionalmente a mesma coisa.

Neste âmbito, impõe-se então desmistif**ar um conjunto de conceitos criados ao longo dos tempos.

Para aprender mais basta entrar em contacto connosco https://www.teamwork.pt/


18/08/2023

Conforme Shaun Gallagher, em "How The Body Shapes The Mind", na prática, por um lado, optamos cientif**amente por ignorar o lado experiencial e, quando optamos por viver experiencialmente, "evitamos a ciência". Para este autor o nosso modo de reagir a determinados meios envolventes, mesmo quando o fazemos de modo automático e inconsciente, não acontece de forma simplesmente mecânica ou reflexa.

Quando pretendo tocar ou agarrar alguma coisa, a intencionalidade com que o faço pode determinar, não só o meu foco consciente mas também como o meu corpo reage. Sentir aquilo em que toco quente, ou suave, não depende só da respetiva temperatura ou suavidade mas também da intencionalidade contida no meu movimento; mesmo quando acontece estarmos a mover-nos inconscientemente, a maior ou menor intencionalidade contida naquele nosso movimento torna-nos mais ou menos atentos ao que estamos a fazer...

Se num jogo salto para apanhar uma bola, essa ação não pode ser exclusivamente explicada pela atividade fisiológica do meu corpo. A pragmática preocupação contida no jogar o jogo motiva também essa ação. Tal como o meio físico envolvente, o tamanho e a forma da bola, juntamente com os efeitos do treino anterior, (ou a falta desses efeitos), tal como as regras do jogo conforme são habitualmente cumpridas pelos movimentos do meu corpo, tudo isto define naquele momento como vou saltar para apanhar a bola. Sem uma certa seletividade provocada pelo treino prévio e o cultivar de determinados movimentos, o nosso corpo pode mover-se de diversas formas, pois são enormes as possibilidades fisiológicas exigidas pelos movimentos particulares necessários para agarrar a bola de forma correta. O que signif**a que o nosso esquema corporal, (órgãos sensoriais e motores), está muito melhor sintonizado com o que o meio ambiente exige, do que a fisiologia propriamente exige.

Tudo isto agora comprovado já tinha sido defendido por Merleau-Ponty através do seu conceito de corpo, ao referir em simultâneo que somos um "corpo objetivo" onde decorrem os mecanismos cognitivos e um "corpo vivido" enquanto estrutura experiencial. Numa continuada circularidade, incorporamos a experiência e, em simultâneo, sentimos os mecanismos cognitivos. Para Merleau-Ponty o nosso comportamento tem uma espécie de atividade prospetiva, revelando sempre como que a busca de um certo sentido e signif**ado. Evidencia uma intencionalidade operante, consoante determinados limites e dependente de condições locais precisas.

Temos um comportamento percetivo assente num esquema corporal que nos permite uma constante relação global, prática e implícita entre o nosso corpo vivido e tudo o que nos envolve. Corpo vivido esse que expressa corporal e gestualmente, a cada momento e de forma visível, as nossas intenções em total conivência com o mundo em que se insere. Aliás os nossos gestos e atitudes corporais representam a nossa primeira linguagem.

Não hesite e venha aprender mais connosco https://www.teamwork.pt/pt/contactos

02/08/2023

SOMOS SERES EXPRESSIVOS

Enquanto seres humanos, possuímos uma capacidade expressiva assente no nosso corpo vivido e experiencial. Como formas de expressão mais habituais temos a mímica facial, os diferentes gestos corporais; mas também o desporto, o desenho, a pintura, a musica, o teatro, etc.

Um pianista, mais do que dependente da função mecânica contida na sua execução através das teclas e dos pedais, centra a sua execução no seu corpo vivido. O modo diferente como vai pressionando (mais ou menos) as teclas, "produz" diferentes sonoridades capazes de serem percepcionadas por quem ouve com maior ou menor carga emocional.

O mesmo quando um jogador de futebol quando sem olhar nessa direção e sem qualquer tipo de cálculos prévios realiza um passe milimétrico a trinta metros de distância; ou um jogador de basquetebol lança ao cesto com uma extraordinária eficácia, apesar de o estar a fazer a cerca de sete ou oito metros de distância e com a oposição de um defensor.

O corpo de quem toca um qualquer instrumento musical, ou joga futebol ou basquetebol, vai assim revelando através do seu comportamento diferentes tonalidades afetivas. Onde é fundamental registar que não estamos perante um simples conjunto de sons ou meros gestos mecânicos.

Conforme a execução do desportista, do pianista, do guitarrista, do trompetista, etc., cria-se um determinado clima emocional mais ou menos envolvente, onde o corpo vivido e expressivo do executante representa um espaço expressivo primordial. Esse corpo humano possui uma capacidade expressiva que lhe permite adaptar-se ao meio que o envolve e adquirir hábitos relativos a tudo aquilo que executa; hábitos esses que no que respeita à expressão gestual e falante, à música, à pintura, ao canto, etc., nos permitem adquirir a partir do que pretendemos fazer, (do propósito que nos move), uma "memória corporal" determinada.

Com esse propósito, (seja ele qual for!), adaptamo-nos/familiarizamo-nos com o meio envolvente. Quando por exemplo se trata de tocar piano, adaptamo-nos ao piano, integramo-lo, (incorporamo-lo), no nosso corpo vivido através dos movimentos dos dedos das mãos e dos pés, como que "sentindo" que as teclas e os pedais do piano fazem parte do nosso corpo. Exatamente como quando um invisual integra no seu corpo a bengala que lhe permite "sentir" tudo o que o envolve. Ou cada um de nós ao andar, não pensa nas mãos e nos pés e conforme os coloca.
Simplesmente anda!

A corporalidade e o afeto são assim centrais no que respeita à capacidade expressiva que todos possuímos.

Para aprender mais basta entrar em contacto connosco https://www.teamwork.pt/


19/07/2023

Não somos, (como durante tanto tempo imaginávamos!), uma mera entidade biológica "obediente" a um cérebro e a um sistema nervoso central em resposta aos designados "estímulos ambientais". Muito menos a soma de um conjunto de órgãos que simplesmente se justapõem. Somos (sim!) um corpo "vivido" e expressivo que "habita" o meio ambiente e manifesta de forma continuada a sua "intencionalidade corporal".

Razão mais do que suficiente para nos fazer assumir que, corpo "vivido", perceção e motricidade, devem ser entendidas como um todo; onde o sistema sensorial e o sistema motor, tudo o que é visual, vestibular, propriocetivo e cinestésico funcionam globalmente; uma globalidade em interação e complementaridade constantes, que nos permite um comportamento que não é mais do que um modo de sintonização com tudo o que nos rodeia.
Um comportamento expressivo, corporal, regulado inconscientemente e sobre o qual se estrutura uma corporeidade atual em que assentam as decisões fundamentais do nosso quotidiano; também dependente de experiências anteriores sedimentadas, muito para além da simples destreza mental, técnica, morfológica ou fisiológica.

Conclusão, temos um corpo vivido com uma dimensão anónima e inconsciente, sujeito a continuadas experiências intersubjetivas e intercorporais e constantes partilhas de experiências e afetividades; e através de uma corporeidade dinâmica e complexa capaz de incorporar todo o tipo de experiências entretanto decorrentes, criamos os designados hábitos. Habituação que não é mais do que uma forma de familiarização, um saber anónimo, vulgarmente designado como "hábitos adquiridos" por via de uma incorporação e anexação de tudo o que nos rodeia.

Somos sim um corpo vivido e expressivo que "habita" o meio ambiente e manifesta de forma continuada o seu propósito de vida.

Para aprender mais basta entrar em contacto connosco https://www.teamwork.pt/pt/contactos


05/07/2023

A resposta é simples!

Sem sombra de dúvidas que precisamos de treino constante!

Agora a explicação é que já não é tão simples... Coach K. (Mike Krzyzewski) afirma que só realmente aprendemos quando executamos as tarefas que nos são propostas. Mas há muito mais no que toca ao tema do treino constante…

Para aprender mais basta entrar em contacto connosco https://www.teamwork.pt/pt/contactos

22/06/2023

O Prof. Jorge Araújo dirigiu a sessão de encerramento do Programa de Gestão e Organização para Dirigentes de Instituições de Solidariedade Social da Madeira.

07/06/2023

Não perca a sessão de autógrafos na Feira do Livro em Lisboa já este domingo! Se quiser aprender mais sobre o comportamento humano entre em contacto connosco https://www.teamwork.pt/pt/contactos

03/05/2023

Será que o custo do projeto é o fator determinante na escolha de um serviço?

Na verdade não sabemos sobre o resto do nosso setor, mas quanto ao que os NOSSOS clientes nos revelaram o preço que tabelamos nunca tem poder de decisão sobre os nossos projetos. Agora a nossa COMPETÊNCIA, a nossa METODOLOGIA DE INTERVENÇÃO, e a nossa consequente REPUTAÇÃO são sim fatores determinantes.

Muito obrigado a todos!

Junte-se a nós através de https://www.teamwork.pt/pt/contactos

14/03/2023

Comportamento Humano – Uma relação, uma experiência

Este treino decorre do recente Doutoramento de Jorge Araújo e da sua investigação filosóf**a nos últimos 5 anos acerca do fenómeno do comportamento.

Mais informação em: https://lnkd.in/dcwNSp8j

09/02/2023

Aqui na TeamWork Consultores acreditamos que o comportamento pode ser treinado, mas para isso tem que ser interpretado corretamente! Entre em contacto connosco através deste link https://www.teamwork.pt/pt/contactos e venha aprender mais!

21/12/2022

Mesmo estando numa época festiva o treino de atitudes e comportamentos nunca pode f**ar esquecido, portanto para começar 2023 da maneira mais produtiva possível entre em contacto connosco a partir do link https://www.teamwork.pt/pt/contactos . Até lá, a TeamWork Consultores deseja-lhe Boas Festas e um Feliz Ano Novo!

05/12/2022

Aqui está um pequeno excerto da reflexão sobre o comportamento de acordo com o filósofo Merleau-Ponty, escrita por Jorge Araújo (presidente da Team Work Consultores). Para ler a reflexão na sua totalidade basta carregar neste linkhttps://www.teamwork.pt/doc1.pdf . Para aprofundar ainda mais o seu conhecimento acerca do comportamento humano entre em contacto connosco em https://www.teamwork.pt/pt/contactos

Photos from TeamWork Consultores's post 08/11/2022

Newsletter de novembro de 2022, "25 anos a Pensar e a Intervir como um Treinador".
Já é subscritor da nossa newsletter? Inscreva-se aqui para receber informações nossas periódicas! https://www.teamwork.pt/pt

02/11/2022

Webinar - COMPORTAMENTO HUMANO, UMA RELAÇÃO, UMA EXPERIÊNCIA Prof. Jorge Araújo

Info: https://egoi.me/30230ec

21/12/2021
01/09/2021

A sua opinião conta!

Queremos convidá-lo a participar num estudo que tem como finalidade preparar a nossa oferta formativa, em formato interempresas, a apresentar brevemente aos nossos parceiros.

Após responder ao questionário, irá receber no seu e-mail o e-book "O Coaching do Treinador", da autoria do Prof. Jorge Henriques.

Clique aqui para responder ao questionário: https://forms.gle/9Jo7sCRm9cbadi3t5

Muito obrigado pelo seu contributo!

24/08/2021

"O que importa é o que se aprende na viagem da vida por tentativas e erros."
Partilhamos mais uma opinião de Jorge Araújo, desta vez sobre o que constitui um treinador ef**az, publicada no jornal O Jogo, em abril de 2018.

19/07/2021

Urge estar atento e acompanhar as necessidades que vão emergindo. Com esta imagem, o que vos proponho é uma inquietação constante. uma atitude que faz a diferença na sua constante vontade de não se acomodar.
Jorge Araújo

08/07/2021

"Mais do que impor a sua liderança, os treinadores precisam fazê-la reconhecer."
Partilhamos mais uma opinião de Jorge Araújo, desta vez sobre o desempenho dos treinadores, publicada no jornal O Jogo, em dezembro de 2017.

21/06/2021

"No âmbito dos ciclos emocionais positivos ou negativos das equipas, treinadores e jogadores precisam (acima de tudo!) de aprender a conviver de forma ef**az com as suas emoções."
Partilhamos mais uma opinião de Jorge Araújo, publicada no jornal O Jogo, desta vez em setembro de 2017.

07/06/2021

Perante a pergunta, “- Quais as diferenças entre desporto, atividade física, exercício físico e educação Física? São conceitos que se distinguem de que forma?”, respondi da seguinte forma:

Como tantas vezes ouvimos e lemos, o treinador desportivo prepara equipas para vencer através da rentabilização dos melhores comportamentos de cada atleta à sua disposição. É ele quem primeiro exercita e aplica tais princípios de treino ao orientar e gerir a complexidade das próprias relações humanas no contexto específico do desporto. Contexto com elevados níveis de pressão e exigência, onde as equipas e atletas devem permanecer em continuados cuidados intensivos. Foco e concentração nas tarefas, controlo da ansiedade e empatia individual e coletiva, disponibilidade para se superarem e capacidade de trabalho em equipa que reconheça o todo como maior do que a soma das partes. Profissionalmente, treinei atletas em busca da excelência de corpos expressivos e emocionalmente convincentes. Procurei assim conseguir que os seus corpos e respetiva motricidade se expressassem como um pincel na mão de um pintor, um poeta ao escrever um poema, um maestro a dirigir uma orquestra, um bailarino a executar uma coreografia, etc. Em paralelo, aprofundei os contributos do desporto de alto rendimento para o enriquecimento da experiência humana. Estou hoje portanto em muito melhores condições para defender que o treino deve habilitar para que transportemos para a vida o conceito de transcendência, pois é nessa capacidade de superação que, tudo o que é humano encontra signif**ação e sentido. Tomando como pontos de partida que, a motricidade é a intencionalidade mais primitiva e a intencionalidade a correlação originária que nos permite ter mundo, f**a demonstrado que o comportamento de atletas não acontece através do respetivo corpo objetivo mas sim do fenomenal, formando um sistema sujeito/mundo. O que implica que, representações visuais, dados táteis e motricidade representam assim três fenómenos recortados na unidade do comportamento desses atletas. E que, ao evidenciarem determinados comportamentos, não o fazem mecanicamente mas sempre com um determinado propósito e signif**ado, produtos de uma subjetividade incorporada.

29/05/2021

Convidado pela direção da ANTF, Jorge Araújo fez no passado dia 26 de Maio uma intervenção para cerca de 400 treinadores de futebol e futsal presentes na sala do cinema S. Jorge, em Lisboa. Entre os treinadores presentes, muitos dos nomes mais consagrados como, Mourinho, Carvalhal, Toni, Domingos, António Simões, etc.
Sob o tema A importância da filosofia do comportamento, Jorge Araújo fez ressaltar entre os vários temas abordados, a necessidade de os treinadores em geral não esquecerem que, a ação e o movimento são essenciais para que os atletas percebam o que os treinadores pretendem, tal como é fundamental que os jogadores sintam através do seu corpo experiencial, aprendendo a fazer, fazendo. Também que, tal como os atletas, os treinadores precisam do apoio continuado do seu Treinador do Treinador.

29/05/2021

Estamos sempre a comunicar, mesmo quando não dizemos nada!
Partilhamos mais uma opinião de Jorge Araújo, publicada no jornal O Jogo, desta vez em agosto de 2017.

17/05/2021

Inspirados pela Associação Nacional de Treinadores de Basquetebol, partilhamos mais um artigo de Jorge Araújo, publicado no jornal O Jogo.
O tema abordado é o do Coaching do Treinador!

Timeline photos 22/04/2021

Conheça os nossos próximos programas interempresas para junho.
Saiba mais em: https://egoi.me/9a11d21

08/04/2021

Mais um tema abordado pelo Prof. Jorge Araújo, o da Ambição. Um caminho continuado de uma constante busca da excelência, em que a partilha do conhecimento vai sempre a par da preocupação de servir, mais do que servir-se.

30/03/2021

Os anos passam mas o nosso conceito e metodologia não envelhece… pelo contrário… renova-se… com base nas exigências crescentes da realidade.
Inspirados pela Associação Nacional de Treinadores de Basquetebol, partilhamos mais opiniões de Jorge Araújo, publicadas no jornal O Jogo, desta vez a 11 de Novembro de 2017.

25/03/2021

A Associação Nacional de Treinadores de Basquetebol iniciou a divulgação periódica das opiniões de Jorge Araújo, publicadas no JORNAL O JOGO, a partir de Agosto de 2017.
Partilhamos também consigo estas opiniões.

02/03/2021

3 Programas Interempresas distintos:
TREINO DE EQUIPAS DE ALTO RENDIMENTO
Módulo 1 - TRABALHO EM EQUIPA - 17 Março | 14H30-16H30
Módulo 2 - COMUNICAÇÃO EM EQUIPA - 18 Março | 14H30-16H30
http://teamwork.pt/TEAR.pdf

TREINO COMPORTAMENTAL EM NEGOCIAÇÃO
Módulo 1 - COMPORTAMENTO E ATITUDES DO NEGOCIADOR - 30 Março | 14H30-16H30
Módulo 2 - INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NA NEGOCIAÇÃO - 8 Abril | 14H30-16H30
Módulo 3 - LABORATÓRIO NEGOCIAL - 15 Abril | 14H30-16H30
http://teamwork.pt/TCN.pdf

PENSAR E INTERVIR COMO UM TREINADOR (3ª EDIÇÃO DE 2021)
Módulo 1 - LÍDER OU GESTOR? - 6 Abril | 14H30-16H30
Módulo 2 - LIDERAR NO CONTEXTO ATUAL - 13 Abril | 14H30-16H30
Módulo 3 - COACHING PARA RESULTADOS - 20 Abril | 14H30-16H30
http://teamwork.pt/LID3.pdf

25/01/2021

Um exemplo do que signif**a “treinar o comportamento”:
Numa sessão de acompanhamento recente, incumbi um Responsável de Setor numa fábrica, de dar, todos os dias, um total de quatro feedbacks estruturados aos colaboradores da linha de produção.
Durante três semanas assim foi: todos os dias o jovem engenheiro teve intervenção na área comportamental, dando feedback aos operadores e chefes de linha.
O resultado disto chegou agora, reuni com o responsável e ele disse-me: cumpri com o plano de treino escrupulosamente. Todos os dias dei quatro feedbacks. Mas, tenho mais um dado para apresentar! E mostrou-me um registo de falhas e de paragens de máquinas no sector dele. Em três semanas o número de anomalias diminuiu 70%!
Treino do comportamento. Vale a pena pensar nisto...

Jorge Henriques
Vice Presidente da Team Work Consultores

Para mais informações sobre o programa de liderança: https://forms.gle/adzAvjk7NRZRBuPw9

18/12/2020

Fazemos hoje 23 anos!
Quando criei a empresa em Dezembro de 1997 não tinha ainda a dimensão do quanto verdadeiramente podíamos ajudar as empresas. Hoje, sinto na reação daqueles com quem trabalhamos o reconhecimento da nossa consultoria comportamental como algo de imprescindível. Pensar e Intervir como um Treinador, precisa-se!
Abraço e obrigado!
Jorge Araújo

20/11/2020

INTEREMPRESAS TEAM WORK - ÚLTIMAS VAGAS
GESTÃO DO TEMPO E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO - 26 novembro 14h30
CONDUÇÃO DE REUNIÕES - 3 dezembro 14h30
Saber mais:
https://lnkd.in/d5yCybB

Quer que o seu escola/colégio seja a primeira Escola/colégio em Porto?

Clique aqui para solicitar o seu anúncio patrocinado.

Vídeos (mostrar todos)

Webinar - Coaching para Resultados
Webinar - A Atitude faz a diferença
Webinar - Cai a máscara do líder

Localização

Entre em contato com a escola/colégio

Telefone

Endereço


Rua De Faria Guimarães, Nr. 829, 4º Piso, Sala 43
Porto
4200-292
Outra Educational Consultants em Porto (mostrar todos)
Tainá Fontoura - Formação e Consultoria Tainá Fontoura - Formação e Consultoria
Rua Engenheiro Adelino Amaro Da Costa
Porto, 4430-194

Consultor de Formação na Multicompetências, Lda. mais informações: https://multicompetetencias.pt

Acceptance Letter for Study Acceptance Letter for Study
Porto

ADMISSION et INSCRIPTION dans les universités Portugaise. ACCOMPAGNEMENT des étudiants dans leur d

CMR Formação CMR Formação
Porto, 4000-000

FORMAÇÃO ONLINE E PRESENCIAL. UM NOVO PARADIGMA NA FORMAÇÃO COM ESPECIALISTAS EM VÁRIAS ÁREAS

Comboio de Papel Comboio de Papel
Rua De Diu 414
Porto, 4150-272

Serviço clínico de apoio aos pais e famílias com crianças e jovens com necessidades específ**as

IEFP IEFP
Porto

FORMAÇÃO

Easy Way Consultoria Easy Way Consultoria
Porto, 4150-743

Consultoria e planejamento para ingresso em universidades e escolas em Portugal.

Ruben Sousa - Formação e Consultoria Ruben Sousa - Formação e Consultoria
Rua Augusto Lessa Nº 163
Porto, 4200-099

O Planeta Informático é uma entidade formadora certif**ada pela DGERT

Carta Condução Carta Condução
Porto

WWW.CARTACONDUCAO.EU +Fácil +Rápido +Ef**az Ensino a distância de 1 click

Centro Qualif**a COMENIUS Centro Qualif**a COMENIUS
Rua Hernâni Torres 197
Porto, 4200-320

O Centro Qualif**a COMENIUS é promovido pela Rui Pena & Associados, Lda.

Gestform, Consultoria e Formação Gestform, Consultoria e Formação
Porto

A Gestform é um departamento da sua empresa aumentando a sua rentabilidade e organizando o seu depa

Ophiuko Ophiuko
Rua São Dinis
Porto, 4250-429

Somos un equipo de médicos migrantes orientados a la formación, asesoría y ayuda de profesionales

Academia das Flores Academia das Flores
Rua Calouste Gulbenkian, 237
Porto, 4050-145

Uma Academia cheia de oportunidades para quem quer ingressar ou se capacitar no mercado de trabalho.