Home Study

Home Study

Comentários

Lembro-me do momento em que conheci a Professora Marta, a professora nova na altura. Recordo-me como fiquei atónito pela maneira como, no seu primeiro dia, já falava alegre e interessadamente com a turba de alunos curiosos que a rodeava.
O que fazia afinal uma professora, no intervalo, a partilhar histórias e gargalhadas com os seus discípulos? Só mais tarde viria a descobrir a resposta…
A nossa primeira conversa, como tantas outras, foi sobre a Antiguidade Clássica, já que eu estudava Latim e a Professora Marta é a classicista apaixonada que todos conhecemos. Ainda hoje me espanta a forma como a Professora nos captivou e envolveu na Cultura Clássica, mostrando-nos que esta continua viva e respira vigorosamente. Dentro de pouco tempo, habituou toda uma turma de alunos desmotivados à casa do célebre Caecilius e à sua complicada família, fazendo-nos ganhar o gosto pelo saber e despertando a nossa curiosidade, adormecida.

Exímia linguista, esmerada pedagoga, invicta humanista, de uma perspicácia felina e de uma dedicação tão doce, tão sincera- é impossível ficar indiferente às aulas da Professora Marta.
Começando pela inolvidável "ar**ha", pela frase do dia, pelas biografias e pelos inúmeros livros, quadros e revistas que trazia para a sala. Com a Professora adquiri o prazer pelo conhecimento, e sei que não falo apenas por mim, mas por todos os alunos que tiveram o privilégio de se cruzar com esta professora insubstituível.

Não consigo expressar através deste simples comentário o meu profundo e sentido agradecimento à Professora Marta, que me fez crescer ao longo destes anos, tanto intelectual como pessoalmente. A sua sensibilidade, envolvimento e devoção ao ensino é notável, única e merece ser reconhecida!

Desejo-lhe o maior e mais merecido sucesso neste projecto! Gostava de terminar com Oscar Wilde:

"Education is an admirable thing, but it is well to remember from time to time that nothing that is worth knowing can be taught."

Obrigado, Professora.

Do seu mui nobre e sempre leal discípulo,

Baltazar

Conceito de aprendizagem on-line que acompanha os alunos de todos os ciclos de ensino de forma lúdica, interativa e rigorosa no seu percurso escolar, garantindo as competências necessárias, a partir de metodologias personalizadas.

Funcionando normalmente

18/07/2021

In an alternative universe:

Próximo ano letivo terá início entre 14 e 17 de setembro 08/07/2021

Próximo ano letivo terá início entre 14 e 17 de setembro

Próximo ano letivo terá início entre 14 e 17 de setembro  

22/06/2021
Will Steffen: “O principal desafio do século XXI é restaurar a ligação dos humanos à Natureza” 20/05/2021

Will Steffen: “O principal desafio do século XXI é restaurar a ligação dos humanos à Natureza”

Will Steffen: “O principal desafio do século XXI é restaurar a ligação dos humanos à Natureza” O conhecido cientista norte-americano do Sistema Terrestre defende em entrevista ao Expresso que “as economias devem ser organizadas para promover e manter o bem-estar humano, e não para tornar as pessoas mais ricas”

12/05/2021

Parabéns ao poeta Manuel Alegre, mestre da toada.

O poeta Manuel Alegre está hoje de parabéns (n. 12 de maio de 1936)
_______
Teoria do Amor

Amor é mais do que dizer.
Por amor no teu corpo fui além
e vi florir a rosa em todo o ser
fui anjo e bicho e todos e ninguém.

Como Bernard de Ventadour amei
uma princesa ausente em Tripoli
amada minha onde fui escravo e rei
e vi que o longe estava todo em ti.

Beatriz e Laura e todas e só tu
rainha e p**a no teu corpo nu
o mar de Itália a Líbia o belvedere.

E quanto mais te perco mais te encontro
morrendo e renascendo e sempre pronto
para em ti me encontrar e me perder.

Manuel Alegre, in “Obra Poética”

01/05/2021

Not only preschool but all grades as well. 💙

01/05/2021

👏

Yes♥️
See hundreds of outdoor learning an splay activities for kids at littlepinelearners.com

01/05/2021

This 🙌

01/05/2021

Feliz mês de Maio!

Na mitologia romana, Maia é uma antiga divindade itálica, filha de Fauno e esposa de Vulcano. É a deusa da Primavera e deu nome ao mês de Maio, que lhe era consagrado. No 1º dia de Maio, o flâmine de Vulcano sacrificava-lhe uma p***a grávida. Era essencialmente venerada por mulheres sendo os homens excluídos do perímetro sagrado dos seus templos.

Imagem: Jovem colhendo flores, detalhe da pintura mural de Stabiae, Séc. I d.C., Museu Arqueológico Nacional, Nápoles, Itália

27/04/2021
26/04/2021

Mário de Sá-Carneiro (19 de maio de 1890 — 26 de abril de 1916)

"Um pouco mais de sol - eu era brasa,
Um pouco mais de azul - eu era além.
Para atingir, faltou-me um golpe de asa...
Se ao menos eu permanecesse aquém...

Assombro ou paz? Em vão... Tudo esvaído
Num grande mar enganador de espuma;
E o grande sonho despertado em bruma,
O grande sonho - ó dor! - quase vivido...

Quase o amor, quase o triunfo e a chama,
Quase o princípio e o fim - quase a expansão...
Mas na minhalma tudo se derrama...
Entanto nada foi só ilusão!

De tudo houve um começo ... e tudo errou...
- Ai a dor de ser - quase, dor sem fim...
Eu falhei-me entre os mais, falhei em mim,
Asa que se elançou mas não voou...

Momentos de alma que desbaratei...
Templos aonde nunca pus um altar...
Rios que perdi sem os levar ao mar...
Ânsias que foram mas que não fixei...

Se me vagueio, encontro só indícios...
Ogivas para o sol - vejo-as cerradas;
E mãos de herói, sem fé, acobardadas,
Puseram grades sobre os precipícios...

Num ímpeto difuso de quebranto,
Tudo encetei e nada possuí...
Hoje, de mim, só resta o desencanto
Das coisas que beijei mas não vivi...

Um pouco mais de sol - e fora brasa,
Um pouco mais de azul - e fora além.
Para atingir faltou-me um golpe de asa...
Se ao menos eu permanecesse aquém...

Listas de som avançam para mim a fustigar-me
Em luz.
Todo a vibrar, quero fugir... Onde acoitar-me?...
Os braços duma cruz
Anseiam-se-me, e eu fujo também ao luar..."

Antero de Quental, a missão revolucionária da poesia 18/04/2021

Antero de Quental, a missão revolucionária da poesia

Antero de Quental, a missão revolucionária da poesia Poeta e pensador do século XIX, Antero de Quental foi uma lenda em Coimbra. Mestre do soneto, defensor da modernidade, o escritor fez parte de uma das mais ricas gerações de intelectuais portugueses. Conheçamos a voz insular do académico revolucionário.

14/04/2021

Estar presentes no presente que é a vida das Nossas Crianças 💙💫

Love this via Shelly Robinson - Raising Yourself

Estão a chegar poemas às caixas de correio portuguesas 14/04/2021

Estão a chegar poemas às caixas de correio portuguesas

Estão a chegar poemas às caixas de correio portuguesas Envelopes sem remetente nem destinatário trazem poemas manuscritos lá dentro. O projecto Palavras Vizinhas quer combater a solidão e religar a comunidade. Já espreitou a sua caixa do correio hoje?

Projetos Literários - Contos com Lingua Gestual 11/04/2021

Projetos Literários - Contos com Lingua Gestual

Projetos Literários - Contos com Lingua Gestual “Mão Cheia de Desculpas” Contos com Língua Gestual « Mão cheia de desculpas » são conto...

Da prole de littĕra, ou de como o léxico se vai adaptando às necessidades 05/04/2021

Da prole de littĕra, ou de como o léxico se vai adaptando às necessidades

Da prole de littĕra, ou de como o léxico se vai adaptando às necessidades "Literacia", de origem anglófona, terá sido cunhado no português europeu na década de 1990, no relatório Literacia em Portugal. Resultados de uma pesquisa extensiva e monográfica, no qual se define o termo como capacidade de processamento de informação escrita, na vida quotidiana (social, pr...

O teatro nasceu aqui. Os mais belos palcos gregos e romanos da Antiguidade 27/03/2021

O teatro nasceu aqui. Os mais belos palcos gregos e romanos da Antiguidade

O teatro nasceu aqui. Os mais belos palcos gregos e romanos da Antiguidade Neste Dia Mundial do Teatro, fomos aos primórdios desta arte da representação. Desde a criação na Grécia Antiga até à sua expansão através do poderoso Império Romano, recordamos o ...

27/03/2021

27/03/2021

Viva o Teatro! 🎭

27/03/2021

Boas palavras são as que nos tocam pelo batimento cardíaco, pela verdade que as preenche.

Em primeiro lugar quero dizer que estou farto de ser orfão, eu que, em criança, tantas vezes desejei a vossa morte, durante umas horas, quando ralhavam comigo ou não me deixavam fazer o que me apetecia e obrigavam-me a actos desnecessários tais como lavar os dentes, comer sopa ou pegar nos talheres como deve ser. A ordem
- Pega nos talheres como deve ser
ainda ecoa, horrível, dentro de mim, tal como a sinistra pergunta
- Não lavaste as mãos antes de vir para a mesa?
ou a resposta
- Um dia falamos sobre isso
quando calhava interessar-me pelo modo como as crianças apareciam dentro da barriga das mães. Apesar de tudo eu tinha alguma cultura: sabia, claro, que os rapazes faziam chichi pela pilinha, que as meninas por um buraquinho mas um dia vi uma mulher de cócoras no pinhal em Nelas e fiquei banzo: fazia por uma escova. Naturalmente interessei-me:
- Porque é que as mulheres fazem por uma escova?
e os meus pais primeiro banzos também e depois a lutarem para ficar sérios. Não me explicaram nada e vários mistérios subsistiram durante muito tempo. Primeiro, porque é que as mulheres têm uma escova ali. Segundo, porque é que as escovas, que passei a olhar com desconfiança, fazem chichi. Terceiro, isto acontecerá ao conjunto das meninas, ao crescerem, ou só àquela?
Quarto, o exame minucioso a que submeti todas as escovas que encontrei em casa não me deu nenhum resultado esclarecedor: não havia uma que não estivesse seca. As de escovar a roupa, as de escovar o cabelo, as de esfregar o chão. E os meus pais sem responderem. A minha mãe ainda abriu a boca mas não chegou a falar, embaraçadíssima. O meu pai não abriu a boca mas qualquer parte dele parecia divertir-se às escondidas, quando qualquer parte dele parecia divertir-se às escondidas a minha mãe a censurá-lo
- João
e ele logo sério, ausente, a interessar-se pelos meus estudos que, em geral, o desgostavam porque os meus resultados escolares costumavam roçar o trágico e constituíam uma preocupação constante para a família. O facto de eu ser escritor
(sempre fui escritor desde que me conheço e a minha mãe previa-me um futuro de miséria negra)
não desagradava inteiramente ao meu pai, que tinha um respeito sagrado pelos artistas, mas os meus resultados escolares preocupavam-no, queria que eu tivesse uma profissão sólida que me amparasse as veleidades criativas. Para ele, a única profissão sólida e digna era ser médico
- E depois, nos intervalos, escreves
como Júlio Dinis ou Duhamel. Acabei por lhe fazer a vontade, pai, tornei-me médico, mas o meu curso foi um tormento para ele: reprovações, notas baixíssimas, os seus colegas, professores também, lá me iam deixando passar por amizade. Lembro-me que no fim da prova de Medicina Operatória o catedrático me disse com bonomia, diante do anfiteatro cheio:
- Olha, filho, tens treze e diz lá ao pai que não pôde ser mais.
Isto para além de cartas que ele me mostrava com desgosto, género
O seu rapaz esteve aqui e não sabia nada
ou, comparando-me com o meu irmão
- O Lobo Antunes tem dois filhos, um é bom, o outro é uma nódoa.
Ainda me espanta a razão pela qual o meu pai não me matou. Mas sei que lia às escondidas o que eu escrevia e tinha muitas esperanças literárias no filho, embora nunca me tivesse falado nisso, porque não era dado a confidências ou elogios. A mim não me disse nada mas dizia aos meus irmãos
- O António tem faísca, o António tem faísca
e que, quando comecei a publicar, se orgulhava dos meus produtos. Eu acho que os meus irmãos e eu tivemos muita sorte com os nossos pais, que eram pessoas de uma honestidade irrepreensível, inteligentes, cultas, complexas, rigorosas, com qualidades muito superiores aos defeitos que obviamente também possuíam.
Tivemos muita sorte, manos. Agora somos orfãos e não tenho jeito para orfão. Eles também não. E depois perdemos há pouco o Pedro que será sempre uma ferida aberta para nós. E depois da morte do Pedro a nossa mãe informou que não tinha o direito de estar viva com um filho morto. E morreu de puro desgosto, sem doença.
Somos orfãos do Pedro também. Sobramos cinco e eu não quero que nenhum deles morra antes de mim. Gostamos uns dos outros sem palavras, com o imenso pudor que herdámos dos nossos pais. Não suporto a ideia da morte do João, do Miguel, do Nuno, do Manuel, como continuo a não suportar a ideia da morte do Pedro. Vou dizer uma coisa. Não devia dizer mas vou dizer. Quando fomos contar à nossa mãe que o Pedro se tinha ido embora ela pronunciou só uma frase:
- Tenham misericórdia de mim.
Sentada na sua cadeira, na sua sala:
- Tenham misericórdia de mim.
Agora está com o nosso pai, a contar, entre muitos outros episódios
- Lembras-te daquela história da escova?
e o meu pai a responder
- Ah
que, no seu caso, às vezes, era um discurso muito comprido. Esta crónica saiu toda descosida e mal feita. Não importa, de que outra forma podia fazê-la? É a minha maneira aselha de pedir que tenham misericórdia de mim, porque não sou o adulto que pensam. Peguem-me ao colo. Às vezes tenho tão poucos anos nos meus anos todos e fico tão leve nessas alturas.

António Lobo Antunes

27/03/2021

Relembrar Beethoven.

“Nunca quebres o silêncio se não for para o melhorar.” 🎼

A 26 de março de 1827, morre, com 56 anos, o compositor alemão Ludwig van Beethoven, em Viena.

Sugestão de leitura: Beethoven - Vida e Personalidade, de Luís de Freitas Branco
Disponível aqui: bit.ly/-Beethoven-

«Não é por acaso que continuo e provavelmente continuarei a dedicar-me ao estudo de Beethoven. Faço-o convencido de que ele é, para músicos e não-músicos, um guia e um modelo numa época como a presente, de crise das mais profundas raízes morais da humanidade»
Luís de Freitas Branco

Cancelem as Humanidades! 27/03/2021

Cancelem as Humanidades!

A ler.

Cancelem as Humanidades! Não acredito na validade deste título, mas também disso se faz uma crónica. Nos nossos tempos de euforia tecnológica, o que em termos latos se designa por Humanidades tornou-se o foco de ódios e paixões. Depois de uma proclamada falta de relevância, de subfinanciamento, crise de prestígio e...

27/03/2021

🙂

Mobile Uploads 26/03/2021

Mobile Uploads

Good reminder! 🌸🌸🌸

@journeytowellness

26/03/2021

Dia do Livro Português 📖

26/03/2021

É para isto que vivemos e educamos! ☀️

"Why do I stand up here? Anybody? I stand upon my desk to remind myself that we must constantly look at things in a different way."

"They're not that different from you, are they? Same haircuts. Full of hormones, just like you. Invincible, just like you feel. The world is their oyster. They believe they're destined for great things, just like many of you, their eyes are full of hope, just like you. Did they wait until it was too late to make from their lives even one iota of what they were capable? Because, you see gentlemen, these boys are now fertilizing daffodils. But if you listen real close, you can hear them whisper their legacy to you. Go on, lean in. Listen, you hear it? - Carpe - hear it? - Carpe, carpe diem, seize the day boys, make your lives extraordinary."

Dead Poets Society (1990), Peter Weir

22/03/2021

22 de Março | Dia Mundial da Água

Fontanário Romano, localizado na aldeia de Armês (Terrugem, Sintra), datado do séc. I d.C.. Apresenta a seguinte inscrição:

L(ucius) · IVLIVS · MAELO · CAVDIC(us) · FLAM(en) · DIVI · AVG(usti) D(e) S(uo) F(ecit)
«Lúcio Júlio Melo Caudico, flâmine do Divino Augusto, fez (este monumento) à sua custa»

Conheça os cultos e devoções de cariz aquático relativos ao território do Município Olisiponense, aqui: http://tinyurl.com/m2wbvso

#sintra #umlugarqueénosso #masmo #museudeodrinhas

22/03/2021
A importância da compreensão leitora (dicas para pais, professores e crianças) 18/03/2021

A importância da compreensão leitora (dicas para pais, professores e crianças)

A importância da compreensão leitora (dicas para pais, professores e crianças) Alguns dos mecanismos inerentes à compreensão leitora remetem para a capacidade de entender e interpretar uma mensagem lida....

17/03/2021

♥️

This! 💯

[03/16/21]   Que é o que se faz quando se ama o que se faz. 😍

12/03/2021

Aniversário do lançamento de Os Lusíadas.

01/03/2021

Vem experimentar uma nova forma de Aprender!

Online, Lúdica e Rigorosa 😉💪
Um ensino à Tua Medida para Teu benefício!

Primeira sessão gratuita, sem compromisso 🌟

PREPARAÇÃO PARA EXAMES NACIONAIS

12/02/2021

7 Days of FREE Dance Classes!

12/02/2021

Facts. 💯

Vídeos (mostrar todos)

Localização

Categoria

Entre em contato com a escola/colégio

Telefone

Endereço


Oeiras
1495

Horário de Funcionamento

Segunda-feira 08:00 - 21:00
Terça-feira 08:00 - 21:00
Quarta-feira 08:00 - 21:00
Quinta-feira 08:00 - 21:00
Sexta-feira 08:00 - 21:00
Sábado 08:00 - 21:00
Outra Formação em Oeiras (mostrar todos)
Ergoux Master Ergoux Master
Faculdade De Motricidade Humana, Estrada Da Costa
Oeiras, 1499-002 CRUZ-QUEBRADA

Master of Ergonomics Usability and UX Mestrado de Ergonomia Usabilidade e UX

Birosca dos Artistas Birosca dos Artistas
Palmeiras Shoping ,Quintas Das Palmeiras 91 Loja 141
Oeiras

Comida Ancestral com afeto, ecologia humana, arte e espírito

Shantala Om Baby Shantala Om Baby
Oeiras, 2780-142

Workshop de Shantala - Massagem para bébés (origem indiana)

LIKE LIFE - Truques e Dicas LIKE LIFE - Truques e Dicas
Oeiras, 2780

LIKE LIFE - Gosto de viver a vida ao máximo. Pequenos truques e dicas farão toda a diferença. "Tás nessa?" http://fazlike.com/category/like-life/

Kidsitting love Kidsitting love
Oeiras

É vocacionado para crianças, dos 2 aos 13 anos de idade. Temos uma equipa de profissionais com apoio domiciliário. A nossa missão é melhorarmos a qualidade de vida da sua família.

Soraia Ribeiro Eneacoach Soraia Ribeiro Eneacoach
Oeiras

Eneacoach •Liderança em Alta Performance •Coach Transformacional

Joana Villas-Boas Joana Villas-Boas
Rua José Falcão,4-2º
Oeiras, 7780-334 OEIRAS

Free-Lancer com 27 anos de experiência em Programação, Consultoria e Formação Informática Licenciada em Economia pela Universidade Nova de Lisboa Certificação de Formadora CAP - Tel: 914511340 E-mail: [email protected]

Centro Nacional De Formação De Golfe Jamor Centro Nacional De Formação De Golfe Jamor
Complexo Desportivo Do Estádio Nacional, Vale Do Jamor
Oeiras, 2785

Centro de iniciação à prática de golfe

Colégio da Fonte Colégio da Fonte
Rua Da Juventude, Nº2
Oeiras, 2740-079

O Colégio da Fonte é um estabelecimento de Ensino Particular que se destina a acolher e acompanhar

Portugal Coaching Portugal Coaching
Lagoas Park, Edifício 7, 1.º Andar
Oeiras, 2740-244

Academia RH Transformar padrões de gestão, em projetos de inovação e liderança. Workshops/Teambuilding/Palestras [email protected]

Edu4WORD Edu4WORD
Alameda Do Alto Da Barra 26, R/C
Oeiras, 2780-179

> Cursos de Verão em Inglaterra > Cursos de Inglês para Jovens e Adultos > Experiência de Trabalho em Londres > Consultoria Educacional

A nossa turma A nossa turma
Oeiras

Um local de partilha