Biblioteca DeRose

Biblioteca DeRose

Comentários

SUGESTÃO DE LEITURA N. 68 Fevereiro 2020 Título: O Sono de Ganêsha Autor: João Camacho Editora: Enciclopédia de Yôga " Tenho o privilégio de fazer a apresentação do Livro O Sono de Ganêsha, do ilustre Mestre João Camacho, um dos mais dedicados professores e estudiosos de Yôga em Portugal. Camacho possui uma qualidade rara que é a capacidade do discernimento entre o autêntico e a adaptação, entre o legítimo e a fraude, entre o original e a cópia. Pesquisador incansável, debulha bateladas de livros e documentos na busca pelo conhecimento verdadeiro. É um facto que a verdade tem muitas caras. Pois os livros do Mestre Camacho nos brindam com uma das mais fascinantes. Os adeptos de outras correntes devem acolher esta preciosa contribuição como mais matéria-prima para o seu acervo cultural e não como proposta para debate. Estou convencido de que Camacho, assim como todas as pessoas lúcidas e esclarecidas, respeita os demais pontos de vista, mesmo que lhe sejam díspares. Que estes encantadores ensinamentos encontrem guarida no coração dos leitores e que estes se sintam instigados a aprofundar-se nesta filosofia, são os meus votos afectuosos. Ao Mestre Camanho, expoente do Yôga, meus agradecimentos por mais esta obra." Shrí DeRose
SUGESTÃO DE LEITURA nº 61 JULHO 2019 Titulo: TATTWA SHUDDHI. The Tantric Practice of Inner Purification, Autor: Swámi Satyásanánanda "The word tattwa is broken up into two syllables: tat meaning 'that' and twa meaning 'ness'. Therefore, tattwa signifies 'thatness', which can be further understood as 'the essence which creates the feeling of existance'. Tattwa is also known as bhuta in the scriptures. Bhuta is another sanskrit term which has a wide range of connotations, but as its meaning coincides in part with tattwa, the two words are commonly used synonymously. The five elements are commonly referred to as pancha mahabhuta or pancha tattwa. Shuddhi is the act of purifying and sadhana is the act of perfecting. Therefore, tattwa shuddhi or bhuta shuddhi sadhana can be understood as 'perfecting purification of the essence which gives rise to the feeling of existence'. Thus it is a process by which we purify the subtle essence of tattwas of which the body is composed, as well as the underlying consciousness related to those elements. The tantric tradition believes that the ultimate experience is preceded by many stages of purity. Not purity in a religious, moral or ethical sense, but as a scientific process created in the laboratory of the body and mind"
ÁSHTAKA VIII - OCTÓGONO DE INVERNO | TANTRA - FILOSOFIA POÉTICA | ESPAÇO CULTURAL - ASHRAM PASHUPATI Há momentos que se traduzem por muito pouco, por nos dizerem tanto. Se tivesse de escolher uma palavra que espelhasse este encontro seria bháva (sentimento). Já seria por si só razão para este sentir, a comemoração do aniversário de Shrí DeRose, Mestre do nosso querido Mestre João Camacho e portanto nosso Mestre duas vezes, e a quem devemos a codificação do Yôga Antigo (materializado no seu YÔGA SHÁSTRA - Tratado de Yôga). E de facto esta foi a razão suficiente num encontro que honraria o próprio e os seus ensinamentos, veiculados até nós pela mão do nosso querido Mestre, seu discípulo. E quem entende a importância desta ligação, Mestre - discípulo compreende o que alcance do que digo, pois, em parte, as palavras nunca o poderão traduzir. A matriz deste encontro "Tantra - Filosofia Poética" desmultiplicou-se em momentos de rara beleza que estimularam é certo todos os sentidos dos presentes, ou não fosse o Tantra a mais rica, poética e artística tradição cultural da Índia (com características matriarcais, sensoriais e desrepressoras). Da pujante apresentação do Coral Rajas Agni (na abertura e fecho do evento) que não deixou ninguém indiferente, à beleza/força veiculada nas demonstrações de coreografia de ásana e mudrá, à oportunidade ímpar de assistirmos às conferências apresentadas, aos momentos de convivência que nos são tão queridos, este encontro, tão próprio deste ciclo da natureza por convidar à introspeção/reflexão, foi uma verdadeira inspiração. Sobre as coreografias: belíssimas! Sendo uma das principais características do SwáSthya Yôga, seja nas aulas que são realizadas em sequência coreográfica, quer na construção/criação da sua própria coreografia pelos nossos alunos, instrutores, Professores... Um instrumento de auto-aperfeiçoamento extraordinário, uma espécie de impressão digital do que em nós habita em cada momento. E belíssimas sim, mais uma vez refiro: a demonstração da querida Graduada Tânia Fernandes, exigente nos encadeamentos projetados, mas de uma suavidade e beleza únicas; a coreografia da querida Chêla Rita Fernandes, tão emocionante no bháva que passou, na força veiculada, na graciosidade que lhe é característica. As conferências... Mais uma oportunidade de aprendizagem, de imersão na nossa Ancestral Filosofia. Tão importantes por terem sido no caso das muito queridas Professora Anabela Duarte e Silva e Professora Paula Trigo de Sousa, conferências de exame, sob o testemunho de todos os presentes e dos honrosos membros do Júri presidido pelo Mestre João Camacho. Não só pela prova a que se submeteram, ultrapassada com sucesso, por tudo o que transmitiram, como pela oportunidade de aprendizagem para os que de nós, como eu, ainda não chegaram a essa etapa mas têm assim uma oportunidade de aprender como fazer, como estar, como levar a cabo este empreendimento. E este é um ponto tão importante... Também na pausa, e durante o próprio encontro o nosso querido Mestre o referiu, foi referida a escala evolutiva, que dura 26 anos. Vinte seis anos, de provas sucessivas e adequadas a cada grau de evolução. E será que algum de nós se preocupa verdadeiramente com isso? Com o número de anos? Não creio. Somos guerreiros que nos identificámos com este marga. Sabemos, sentimos na pele, a beleza do mesmo. A dureza ou exigência do caminho, fará sempre parte de quem se dedica a uma Arte, qualquer que seja ela. E as transformações que o SwáSthya Yôga vai operando em quem a ele se dedica, sendo certo que bastantes são objetivas, as mais importantes não haverão nunca palavras para descrever. Como dizia o meu querido Mestre na sua conferência no rasgar do véu de Ísis se revela a verdade autêntica. Tudo o resto, é maya, a ilusão própria de um processo de construção em permanente mudança. E depois de as cortinas se fecharem e a luz se apagar, o eco da vibração sentida continuou ecoando forte, como se o próprio coração do Universo estivesse uno neste pulsar, fazendo jus ao princípio tântrico: "O que está aqui está em toda a parte, o que não está aqui, não está em parte alguma" O que é, é. E assim foi. Em mim, e em bom português, cabe-me apenas deixar um grande OBRIGADA! A todos sem excepção! Aos de sempre, aos que acabaram de chegar, e aos que nos visitaram neste dia pela primeira vez. Sem cada um de vós, este encontro não teria sido tão especial. A Shrí DeRose, Mestre do meu querido Mestre João Camacho, dirijo um agradecimento especial por todo o legado deixado, neste momento de celebração do seu aniversário, sabendo de antemão que que é o mesmo que agradecer de coração ao meu Mestre. Mil abraços, SwáSthya, Paula Santana, Instrutora Assistente Discípula de João Camacho, Yôgachárya
BALANÇO DO ANO DE 2017 | ESPAÇO CULTURAL - ASHRAM PASHUPATI Há uma misteriosa alquimia no modo como os ciclos se sucedem. Dia após dia, mês, após mês, de estação em estação, ano após ano. Fazer o balanço de 2017 é olhar para uma mão cheia de oportunidades de crescimento. Crescimento, que não retira a responsabilidade do confronto directo connosco mesmos, na integração plena de tudo o que em nós habita. E podia e talvez fosse interessante fazer uma enumeração de todas as reuniões de departamento (semanais): de Rajas Agni (departamento de mantra), a Gáyatrí (departamento de meditação), a Tándava (departamento de ásana), ao Círculo de Leitura. Podia e talvez fosse interessante, fazer uma enumeração exaustiva de todos os cursos mensais onde temos a graça de contar - como em todos os outros momentos e em todos os aspectos do nosso crescimento pessoal - com a sabedoria do nosso querido Mestre João Camacho. Podia e talvez fosse importante referir múltiplos eventos marcantes na celebração desta Nossa Cultura: Áshtaka VII (Convenção de Inverno), que coincidiu com a inauguração da inauguração do Espaço Cultural Kailash (Brasil) do nosso muito querido Instrutor Leonardo Terto Magalhães, as celebrações de aniversário de Shrí DeRose, do nosso querido Mestre João Camacho, o Encontro anual de Coros e Recital de Mantra no MASMO (Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, Sintra), o Festival de Yôga de Alcochete organizado pela nossa muito querida Professora Paula Trigo de Sousa, a participação nas Noites Romanas no MASMO com a participação do Departamento Purána (Teatro), a inauguração da nova morada do Espaço Cultural - Ashram Pashupati (vivida intensamente por todos nós), a celebração do aniversário da Biblioteca Shrí DeRose (a Biblioteca com maior acervo de obras relacionadas com o Yôga da Europa), o extraordinário Yôga em Férias (com aulas diárias e visitas semanais a sítios de impar beleza onde - como em tudo o que o Mestre nos apresenta - esteve tão presente a linguagem dos pássaros), ao SwáSthya Yôga Sádhana (no qual a intensidade do experienciado ecoa ainda dentro de cada um de nós), a Diwalí - Festa da Luz (fortemente iluminado com a presença e atuação das nossas crianças numa organização partilhada entre o Departamento Bálaki-Ganêsha e Purána), aos Sat Chakra (mensais), Yôga Cine (na 5.ª sexta feira de cada mês), aos precisos seminários do Curso de Formação de Instrutores de Yôga - Métodos e Técnicas do Yôga. Poderia e talvez fosse interessante, referir as oportunidades de contacto com a cultura Japonesa através do nosso Querido Mestre e também Sensei João Camacho, no qual encontramos (e não por acaso) múltiplas convergências com aquela que é a nossa Ancestral Filosofia. Poderia e talvez fosse interesse, referir a profunda gratificação pela minha progressão na escala evolutiva, bem como a progressão de cada um - sem excepção - dos meus queridos companheiros de jornada. Poderia e talvez fosse interessante, referir o surgimento do Espaço Cultural Gaurí da nossa querida Lúcia Parracho, o acompanhamento na celebração do aniversário do Espaço Cultural Kálí (Alcochete) da nossa querida Professora Paula Trigo de Sousa. Poderia e talvez fosse interessante referir a alegia que tem sido para mim, vivenciar esta nossa Cultura do outro lado, como Instrutora, e o precioso que é o contacto/convivência com cada um dos alunos (pequenos ou graúdos). Poderia, e seria interessante, aprofundar cada uma destas referências em particular o que daria lugar a um extenso texto, mas que ainda assim, não faria jus ao profundo impacto que cada um destes momentos foi operando em nós, e em mim em particular, quer no fortalecimento e consolidação desta egrégora, quer na construção/destruição/renascimento sucessivos que este marga opera em cada um de nós. Pessoalmente, contactar com a Nossa Ancestral Filosofia, foi desde o primeiro momento um encontro com uma filosofia prática, que desde que me lembro ansiava, num caminho que cedo se me apresentou solitário. Recordo a satisfação interior que me chegou ao ouvir a primeira conferência do meu agora querido Mestre João Camacho, creio que no Áshtaka IV, do sentido que me fez cada uma das suas palavras, numa linguagem que ao mesmo tempo me era próxima, e ao mesmo tempo por descodificar. Desde aí até então, não tenho com toda a honestidade palavras que possam expressar a profunda gratidão por tudo o vivenciado, pelas ferramentas que o SwáSthya Yôga - como Filosofia Prática que é - me tem proporcionado na eterna busca/encontro do centro. Deixo portanto a única coisa que posso deixar: o meu profundo obrigado ao meu querido Mestre João Camacho (de coração), à querida Professora Anabela Duarte e Silva, ao querido Professor Luís Lázaro, à minha muito querida orientadora Professora Paula Trigo de Sousa, à minha querida e doce Instrutora Ana Fina. Obrigado aos meus queridos Terto, Marisa, Ritinha, Lúcia e a todos com que me tenho cruzado neste caminho. A vida é um lugar extraordinário, mas mais ainda, com a vossa presença em tantos e especiais momentos. E fechando o ano, e portanto mais um ciclo deixo as palavras de Shrí DeRose (Mestre do meu Mestre e portanto meu Mestre duas vezes): "Muda o mundo, começa por ti mesmo." Que a magistral obra da integração do ser prossiga, num caminho que embora seja sempre pessoal e intransmissível (e portanto solitário), segue agora com a rede de uma egrégora que pulsa no centro de tudo o que em mim habita. Que venha 2018! Mil abraços, SwáSthya, Paula Santana, Instrutora Assistente Discípula de João Camacho, Yôgachárya

A Biblioteca foi fundada pelo seu proprietário, o Mestre João Camacho Directora interina da Biblioteca DeRose: Instrutora estagiária Michelle Seno.

Bibliotecário: Gonçalo Camacho. CENTRO DE ARQUIVO E DOCUMENTAÇÃO - LIKHITA VIDYÁ BIBLIOTECA DEROSE MISSÃO O Centro de Arquivo e Documentação (CAD- LV) do Espaço Cultural Ashram Pashupati (ECAP) tem como missão gerir toda a documentação produzida e recebida por esta organização, independentemente do seu suporte ou data. Faz parte da Biblioteca DeRose, que é uma Biblioteca privada, cujo proprietário é o Mestre João Camacho. Relativamente à documentação de arquivo, cabe ao CAD - LV a implementação de procedimentos com vista a racionalização e a eficácia na constituição, avaliação, aquisição, organização, conservação, divulgação e comunicação da documentação arquivÍstica do ECAP, alargando a sua área de intervenção a todo o ciclo de vida dos documentos. No que respeita a documentação bibliográfica, o CAD - LV tem como funções manter, organizar e ampliar a Biblioteca DeRose. VISÃO O CAD - LV pretende criar condições para que possa assumir funções mais latas no âmbito do nosso Movimento Cultural, recolhendo, organizando, valorizando e disponibilizando aos estudiosos e ao público em geral o seu património arquivístico de valor técnico, filosófico e histórico. VALORES •O acesso à documentação por parte de todos os instrutores e alunos do ECAP, estudiosos e demais interessados. •Abertura à investigação e produção cultural •Abertura à colaboração institucional •Inovação •Aperfeiçoamento contínuo. O fundo bibliográfico do Centro de Arquivo e Documentação (CAD - LV) do ECAP é constituído pelo conjunto dos livros da Biblioteca DeRose, mas também das monografias, publicações periódicas, registos audiovisuais, actas de encontros, brochuras e folhetos produzidos e adquiridos pelo ECAP.

Funcionando normalmente

Espaço Cultural - Ashram Pashupati

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 77
Dezembro 2020
Título: LAYA YOGA. The Definitive Guide to the Chakras and Kundalini
Autor: Goswami
Editora: Inner Traditions
′′Tantra - a spiritual tradition centered on the use of the body to find enlightenment - hasbecome extremely popular in the West, but at the heart of Tentra is the little -known practice of Layayoga. Layayoga focuses on the Tantric process of transforming the ordinary human body into a divine body in whch every cell is awakened with consciousness. The fundamental aspect of Layayoga is the arousing of Kundalini - dormant energy within the body - through concentration and breath exercises, and the movement of thus energy through the chakras.
In Layayoga the adept learns not only to raise kundalini power from the base of the spine up through each chakra to the crown of the head, but also to then skillfully guide this power back to its home at the base of the spine. In the process the body becomes suffused with consciousness in a way not found in other types of Yoga. The result of the author's lifetime of yogic experimentation and Sanskrit scholarship, Layayoga corrects many misconceptions about the chakras and nadis.

Shyam Sundar Goswami (1891-1978) was the founder of the Goswami Institute Of Yoga in Sweden, the first Indian institution of its kind in that country. He was a disciple of the great yoga master Balak Bharati and also wrote Hatha Yoga: An Advanced Method of Physical Education and Concentration.

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 76
Novembro 2020
Título: LA LÉGENDE IMMÉMORIALE DU DIEU SHIVA. Le Shiva -purâna.
Autor: traduzido do sânscrito, apresentado e anotado por Tara Michaëll
Editora: Gallimard
"Pour étudier les mythes et les religions accordant la suprématie métaphysique au Dieu Shiva, rien ne vaut la lecture d'un texte comme le Shiva-purâna, qui est un recueil de base s'attachantt à célébrer la gloire du Principe suprême adoré sous ce nom. Il nous conte de manière pittoresque les attributs de Shiva, ses emblèmes,
ses noms, ses formes, sa geste divine, les mythes et les rites qui véhiculent son culte. Il faut prende le temps de se laisserpénétrer par ces mythes, les laisser vivre en soi et se décanter, les laisser dóployer les facetes de leurs multiples significations, les applications diverses de leur symbolisme, pour les comprende sans les intellectualiser, ce qui serait une d'échapper à leur impact et de se soustraire au contenud'experérience et de véritable compréhension, non formulée conceptuellement, qu'ils sont faits pour apporter. Écouter avec une oreille nouvelle des mythes anciens, découvrir leus portée intemporalle, laisser les puissances étonnantes des aspects du Réel, telle est l'aventure que nous proposent les Purâna en général, et le Shiva-purâna en particulier."

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 75
Setembro 2020
Título: MUDRAS OF INDIA
Autor: Cain Carrol e Revital Carroll
Editora: SINGING DRAGON
"Mudras of India presents 250 photographed hand mudras with detailed descriptions of technique, application, and health and spiritual benefits. Each mudra is rendered with Sanskrit name, transliteration, and English translation. The benefits of hand mudras are inexed in an easy-to-use format that covers major health concerns as well spiritual anda psycho-energetic applications. The book provides a rich insight into the cultural heritage of India mudras, and the transformative effects of these powerfull hand gestures."

Professor DeRose

Fico feliz e orgulhoso por compartilhar com você que este ano de 2020 eu comemoro meus 60 anos de magistério, bodas de diamante da carreira de professor.

Muito pouca gente permaneceu tanto tempo exercendo a sua profissão. Sou o mais antigo professor da minha área ainda vivo e trabalhando.

Gosto de gracejar com os meus alunos dizendo que eu ensino desde antes dele ter nascido e, provavelmente, desde antes do pai dele ter nascido. É um grande privilégio que eu valorizo muito.

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 74
Agosto 2020
Título: O CORPO HUMANO.
Autor: Colectivo de autores
Editora: Editorial Verbo
"Um guia de orientação para o estudo do corpo humano esplendidamente ilustrado, que inclui
- Esqueleto e músculos: a base do movimento
- Coração: a bomba vital
- Respiração: o sopra da vida
- Digestão: combustível para a máquina
- O cérebro: a sede do pensamento
- Pelo e pêlos: uma cobertura protectora para o corpo
- Os sentidos: a ligação ao mundo externo
- Crescimento e desenvolvimento: do embrião ao adulto"

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 73
Julho 2020
Título: POEMA DO SENHOR. Bhagavad - Guitá.
Autor: Vyassa.Transcriação, introdução, notas e glossário: António Barahona
Editora: Assírio & Alvim
"Esta tentativa de transcrição da Bhagavad Guitá destina-se especialmente a dois públicos: ao público da Comunidade Hindu de Portugal que dispõe, de hoje em diante, do seu Livro Sagrado transposto em português e em verso, à imitação das inúmeras versões para as línguas inúmeras da Índia, em que é decorado e recitado; e ao público universitário, que, até hoje, não contava na sua bibliogrfia com uma edição portuguesa que lhe facultasse, não somente um vislumbre do original (porque a mais não podemos aspirar), como também uma fiel exposição de Doutrina, em tudo conforme aos ensinamentos dos Mestres orientais e dos seus transmissores ocidentais competentes, alguns quase ignorados da Universidade, como por exemplo, René Guénon e René Daumal, que nos orientaram, respectivamente em Metafísica e Poética Hindu: esperamos que a recopilação seja judiciosa e a redacção iluminante e exacta."

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 72
Junho 2020
Título: THE STORY OF YOGA. From Ancient India to the Modern West.
Autor: Alistair Shearer
Editora: Hurst & Company
"A história reveladora de Shearer possui um elenco colorido de personagens do passado e do presente, em um conto envolvente de estudiosos e escândalos, ciência e espírito, sabedoria e desobediência. Esta é a história não contada de yoga, com verrugas e tudo."

Depois de restaurado.

SUGESTÃO DE LEITURA N. 70
Abril 2020
Título: Yoga Anatomy
Autor: Leslie Kaminoff
Editora: Human Kinetics

See inside every yoga pose! With clear, expert instruction and full-color, detailed anatomical drawings, Yoga Anatomy depicts the most common asanas to provide a deeper understanding of the structures and principles underlying each movement and of yoga itself.
From breathing to standing poses, see how each muscle is used, how slight alterations of a pose can enhance or reduce effectiveness, and how the spine, breathing, and body position are all fundamentally linked.
Whether you are just beginning journey or have been practicing yoga for years, Yoga Anatomy will be an invaluable resource - one that allows you see each movement in an entirely new light.
Author Leslie Kaminoff is a recognized expert and teacher in anatomy, breathing, and bodywork. He is the founder of The Breathing Project, New York City's premier yoga studio dedicated to the teaching of individualized, breath-centered yoga practice and therapy.

SUGESTÃO DE LEITURA N. 69
Março 2020
Título: O equilíbrio perfeito - Aprendendo a lidar com suas emoções
Autor: Dominique Chapot
Editora: Editora Vozes

Reconciliar-se com suas emoções é o maior desafio do ser humano, hoje. Há muito tempo as emoções foram retiradas da pauta do dia-a-dia e nós acabamos nos distanciando do nosso mundo interior, de tudo aquilo que é subjetivo, e fomos levados a privilegiar a pragmaticidade em nossas atividades e em nossas relações. No entanto, conhecer nossas emoções faz parte de um projeto maior de autoconhecimento, fundamental para quem deseja construir uma experiência de vida mais equilibrada, essencial para aqueles que sonham com ao bem-estar não só físico, mas também emocional.
Assim, este livro é dedicado a todos aqueles que acreditam existir caminhos que nos levam a lugares mais tranquilos, mais serenos, onde possamos habitar a nossa essência.

SUGESTÃO DE LEITURA N. 68
Fevereiro 2020
Título: O Sono de Ganêsha
Autor: João Camacho
Editora: Edição do Autor
" Tenho o privilégio de fazer a apresentação do Livro O Sono de Ganêsha, do ilustre Mestre João Camacho, um dos mais dedicados professores e estudiosos de Yôga em Portugal.
Camacho possui uma qualidade rara que é a capacidade do discernimento entre o autêntico e a adaptação, entre o legítimo e a fraude, entre o original e a cópia.
Pesquisador incansável, debulha bateladas de livros e documentos na busca pelo conhecimento verdadeiro. É um facto que a verdade tem muitas caras. Pois os livros do Mestre Camacho nos brindam com uma das mais fascinantes. Os adeptos de outras correntes devem acolher esta preciosa contribuição como mais matéria-prima para o seu acervo cultural e não como proposta para debate. Estou convencido de que Camacho, assim como todas as pessoas lúcidas e esclarecidas, respeita os demais pontos de vista, mesmo que lhe sejam díspares.
Que estes encantadores ensinamentos encontrem guarida no coração dos leitores e que estes se sintam instigados a aprofundar-se nesta filosofia, são os meus votos afectuosos.
Ao Mestre Camanho, expoente do Yôga, meus agradecimentos por mais esta obra."
Shrí DeRose

Nova aquisição para a Biblioteca DeRose.

SUGESTÃO DE LEITURA N. 67
Janeiro 2020
Título: Yoga Education for Children
Autor: Swami Satyananda Sarazwati
Editora: Yoga Publications Trust
"Yoga Education for Children looks at the teaching of Yoga to chidren of all age groups. The first section addresses the topic of Yoga and education. Articles and advice from international teachers in the field of yogic education explore the specific needs of children anf how yoga can help in their daily life, Topics include: youth problems, integrating yoga into the classroom and improved methods of education. The second section discusses the benefits of yoga therapy in relation to specific groups: the emotionally disturbed, the disabled and juvenile diabetics. The third section on practical yoga provides detailed instructions for asana, pranayama, concentration techniques and yoga games for children of all ages."

Espaço Cultural - Ashram Pashupati

Parabéns Grande Mestre, pelo mais do que merecido reconhecimento.

SUGESTÃO DE LEITURA N. 65
Novembro 2019
Título: TANTRA YÔGA
Autor: António Blay
Editorial Iberia
"Los Yogas son caminos que guían al hombre hasta conducirle al estado de realización. Este es la meta suprema a que puede aspirar el hombre, como tal.
(...)
Los Yogas son muchos, porque muchos son los aspectos del ser humano.
(...)
Sin embargo, hay un Yoga que se considera el más importante, por servir de base al trabajo interior yóguico de todas las otras formas de Yôga. Es el Tantra-Yoga."

For Reading Addicts

The talented and sacred art of binding books.

Source - https://www.youtube.com/user/safaripour/featured

SUGESTÃO DE LEITURA N. 64
OUTUBRO 2019
Título: YÔGA E PARTO
Autor: Eliane Lobato

Um livro relatado na primeira pessoa sobre a incrível experiência da vivência do Yôga na concepção , gestação e parto. Explica como o método e as técnicas são aplicadas à mulher grávida e os efeitos produzidos sobre ambos, mãe e bebé.

Novas aquisições

Por doação do Prof. Alexandre Ramos a Bilioteca DeRose tem no seu acervo mais estes livros. Pelos quais declaramos a nossa gratidão.

Por doação do Prof. Alexandre Ramos a Bilioteca DeRose tem no seu acervo mais estes livros. Pelos quais declaramos a nossa gratidão.

SUGESTÃO DE LEITURA n° 63
SETEMBRO 2019
Título:Asana Pranayama Mudra Bandha
Autor: Swami Satyananda Saraswati

Livraria Manuel Ferreira

"(...) as bibliotecas são os principais repositórios de nossa própria história e dão uma espécie de modesta imortalidade àquilo de que o passado deseja se apropriar. As bibliotecas transformam o antigo em contemporâneo. O lugar onde vivemos, as pessoas que vemos todos os dias, possuem histórias documentadas, intencional e involuntariamente, em toneladas de papel e tinta, em retratos e fotografias, em vozes gravadas, em papiro e rolos de cera e formatos electrónicos. De uma biblioteca, pode-se dizer que não tem passado: tudo é presente ou, se preferirmos, tudo, inclusive este momento e este lugar em que nos encontramos, pertence a um passado no qual continuamos a existir.”

Alberto Manguel, Jornal Globo

SUGESTÃO DE LEITURA nº 62
AGOSTO 2019
Titulo: UPANIXAD DA GRANDE FLORESTA
Autor: António Barahona

"As primeiras Upanixads, entre as quais se conta, com primazia, a da Grande Floresta, datam entre o século VIII ao VI, antes de Cristo. Onze, treze ou catorze, são consideradas como autênticas, antigas e fundamentais, e constituem, propriamente o Vêdanta - o fim do Vêda."

Uma nova aquisição para a Biblioteca DeRose. Um pújá da Instrutora Ana Rebotim.

Mais duas valiosas aquisições para a Biblioteca DeRose

SUGESTÃO DE LEITURA nº 61
JULHO 2019
Titulo: TATTWA SHUDDHI. The Tantric Practice of Inner
Purification,
Autor: Swámi Satyásanánanda

"The word tattwa is broken up into two syllables: tat meaning 'that' and twa meaning 'ness'.

Therefore, tattwa signifies 'thatness', which can be further understood as 'the essence which creates the feeling of existance'. Tattwa is also known as bhuta in the scriptures. Bhuta is another sanskrit term which has a wide range of connotations, but as its meaning coincides in part with tattwa, the two words are commonly used synonymously. The five elements are commonly referred to as pancha mahabhuta or pancha tattwa.

Shuddhi is the act of purifying and sadhana is the act of perfecting. Therefore, tattwa shuddhi or bhuta shuddhi sadhana can be understood as 'perfecting purification of the essence which gives rise to the feeling of existence'. Thus it is a process by which we purify the subtle essence of tattwas of which the body is composed, as well as the underlying consciousness related to those elements.

The tantric tradition believes that the ultimate experience is preceded by many stages of purity. Not purity in a religious, moral or ethical sense, but as a scientific process created in the laboratory of the body and mind"

Biblioteca DeRose

As Leis de Ranganathan

As Biblioteca DeRose organiza-se de acordo com as Leis de Ranganathan (1892-1972).
Ranganathan matemático indiano, é o pai da ciência bibliotecária. Escreveu vários livros entre os quais "The Five Laws of Library Science" (1931), são as cinco leis fundamentais da Bilioteconomia que vigoram até hoje, mas no total instituiu 7 leis.

1- Leis da biblioteconomia
1. Os livros são para serem usados. O livro é um meio que impulsiona o conhecimento. "Quem tem informação tem poder". Aponta para o livro como um meio e não como tendo um fim em si mesmo.
A experiência mostra que a maioria dos leitores procuram livros sobre um determinado assunto do que por um determinado autor, então os assuntos dos livros devem determinar a sua sequência útil.
2. Para cada leitor, o seu livro - o bibliotecário deve fazer o estudo dos utilizadores, observando a clientela para preparar o acervo.
A notação pode conter códigos para representar os vários aspectos tratados num livro e não basta reunir todos os livros sobre um mesmo assunto, os assuntos devem ser arranjados de acordo com o seu grau de filiação (especialização).
3. Para cada livro, seu leitor - refere-se à disseminação da informação, em que se deve divulgar os livros existentes em cada biblioteca. Os livros estão "ansiosos" para encontrarem os leitores adequados. A existência de um catálogo vai permitir dar acesso a outros aspectos de um assunto não priveligiado pela notação.
4. Poupe o tempo do leitor - a arrumação e a catalogação dos documentos diminui o tempo necessário para encontrar a informação desejada. Aponta para o livre acesso às estantes, a simplificação dos processos técnicos.
Em meio digital, adopção do termo mais plausível de ser buscado pelo utilizador e adopção de um dispositivo de busca por termo não-referido.
5.Uma biblioteca é um organismo em crescimento - o bibliotecário deve controlar esse crescimento, verificando qual a informação que está sendo usada, através de estatísticas de consulta e empréstimo. Ranganathan afirma que um sistema de classificação deve ter hospitalidade para incluir novos tópicos.
2- Leis da interpretação
Ranganathan diz que cânones e princípios devem ser considerados como textos legais e em caso de conflito devem usar-se as leis da Interpretação. Admite que periodicamente as regras, e menos os cânones, devam ser corrigidos à luz da experiência.
3- Lei da imparcialidade
Na ordenação de duas classes, a ordem de precedência deve ser fundamentada e não feita arbitrariamente.
4- Lei da simetria
Por ex. se a literatura de uma língua for subdividida por género literário, o mesmo procedimento deve ser adoptado para as literaturas de outras línguas.
5- Lei da parcimónia
Havendo mais de uma alternativa, escolher a mais económica. Por exemplo se se criar um sistema de notação, deve-se evitar uma codificação extensa. Se uma alteração num esquema de classificação exigir reclassificação de todo o material isso feriria esta lei.
6- Lei da variação local
Actualmente os serviços são especializados e voltados para públicos específicos.
7- Lei da osmose
Ocorre quando há mudança no código da catalogação e todo o acervo e o catálogo ou sistema de classificação precisam de ser refeitos. Relaciona-se com a lei da parcimónia.

Our Story

CENTRO DE ARQUIVO E DOCUMENTAÇÃO - LIKHITA VIDYÁ BIBLIOTECA DEROSE MISSÃO O Centro de Arquivo e Documentação (CAD- LV) do Espaço Cultural - Ashram Pashupati (ECAP) tem como missão gerir toda a documentação produzida e recebida por esta organização, independentemente do seu suporte ou data. E é parte integrante da Biblioteca DeRose, que é uma bilioteca privado, do Mestre João Camacho. Relativamente à documentação de arquivo, cabe ao CAD - LV a implementação de procedimentos com vista a racionalização e a eficácia na constituição, avaliação, aquisição, organização, conservação, divulgação e comunicação da documentação arquivÍstica do ECAP, alargando a sua área de intervenção a todo o ciclo de vida dos documentos. No que respeita a documentação bibliográfica, o CAD - LV tem como funções manter, organizar eampliar a Biblioteca DeRose. VISÃO O CAD - LV pretende criar condições para que possa assumir funções mais latas no âmbito do nosso Movimento Cultural, recolhendo, organizando, valorizando e disponibilizando aos estudiosos e ao público em geral o seu património arquivístico de valor técnico, filosófico e histórico. VALORES •O acesso à documentação por parte de todos os instrutores e alunos do ECAP, estudiosos e demais interessados. •Abertura à investigação e produção cultural •Abertura à colaboração institucional •Inovação •Aperfeiçoamento contínuo. O fundo bibliográfico do Centro de Arquivo e Documentação (CAD - LV) do ECAP é constituído pelo conjunto dos livros da Biblioteca DeRose, mas também das monografias, publicações periódicas, registos audiovisuais, actas de encontros, brochuras e folhetos produzidos e adquiridos pelo ECAP.

Quer que o seu escola/colégio seja a primeira Escola/colégio em Montijo?

Clique aqui para solicitar o seu anúncio patrocinado.

Localização

Categoria

Entre em contato com a escola/colégio

Telefone

Endereço


Espaço Cultural - Ashram Pashupati Rua Gago Coutinho, N.º 50
Montijo
2870 - 330 MONTIJO
Outra Escola em Montijo (mostrar todos)
Explicações - Apoio escolar - Ana T. Explicações - Apoio escolar - Ana T.
Montijo
Montijo, 2870

Explicações/Apoio escolar ensino básico, secundário e profissional.

Apeegcl - Associação de Pais do Agrupamento Poeta Joaquim Serra Apeegcl - Associação de Pais do Agrupamento Poeta Joaquim Serra
Escola Secundária Poeta Joaquim Serra
Montijo, 2870

Associação de Pais das Escolas do Agrupamento Poeta Joaquim Serra no Montijo

Cantinho das Descobertas Cantinho das Descobertas
Rua Beatriz Cassus, 313
Montijo, 2870 MONTIJO

Diferente é bom... Diferente é especial... Diferente é aquilo que todos nós somos...

DoggyClube Centro de Treino para Cães DoggyClube Centro de Treino para Cães
Atalaia
Montijo, 2870-741

CENTRO DE TREINO PARA CÂES * MONTIJO * CORROIOS *

Departamento de Estudos Orientais Vidyá Departamento de Estudos Orientais Vidyá
Rua Gago Coutinho, N.º 50
Montijo, 2870-330

Promove os estudos superiores do Ashram Pashupati. É responsável, entre outros, pelo Curso de Formação de Instrutores de Yôga (Métodos e Técnicas do Yôga).

Sinfonias E Eventos Sinfonias E Eventos
Rua João Pedro Iça - Páteo Do Gaspar, 16 A 19
Montijo, 2870

Escola de Artes e promoção de eventos culturais

Escola de Atletismo Francisco Mariano Escola de Atletismo Francisco Mariano
Parque De Exposição Do Montijo (MONTIAGRI)
Montijo

Vem treinar connosco de 2ª a 6ª entre as 19h e 21h no pavilhão de exposições do Montijo (montiagri) MONTIJO Inscreve-te telm 913 140 665

RUMO ao Sucesso - Explicações Online, ao Domicílio e Centro de Estudos RUMO ao Sucesso - Explicações Online, ao Domicílio e Centro de Estudos
Rua Das Violetas N.21
Montijo, 2870-296

EXPLICAÇÕES: - ONLINE - AO DOMICÍLIO - CENTRO DE ESTUDOS (2020/2021 - #CUBO MÁGICO) Todas as áreas disciplinares do Ensino Básico e Secundário, Contacte-nos!

Matemásio Matemásio
R. D. Augusto Pereira Coutinho, 3
Montijo, 2780-309

Mais que o exercício de Matemática... [email protected] De 2ª a 6ªfeira das 14:30H às19:00H.

MMX Riding School MMX Riding School
Afonsoeiro
Montijo, 2870-000

A MMX Riding School é totalmente dedicada á formação de pilotos de motocross. Para todas as idades e para todos os nivéis.

100PorCento 100PorCento
Praceta Cidade De Braga, 71
Montijo, 2870

O 100PorCento é um centro de apoio pedagógico com serviço de transporte. No nosso espaço poderá também realizar festas de aniversário e eventos.

Cemporcento Workshop e Formações Cemporcento Workshop e Formações
Praceta Cidade De Braga, 71
Montijo, 2870-129

Nesta página vamos abordar temas sobre formações e workshops. Pretendemos dar a conhecer um espaço para quem estiver interessado em dar formações.