Rajas Agni - Departamento de mantra

Directora executiva: Professora Anabela Duarte da Silva
Divulgar as actividades do Departamento de Mantra do Ashram Pashupati e as actividades do Coral Rajas Agni.

Funcionando normalmente

08/06/2021

#DharmaInspiration

Demonstrating Resonance with Chladni Figures - Christmas Lectures with Charles Taylor 23/05/2021

Demonstrating Resonance with Chladni Figures - Christmas Lectures with Charles Taylor

https://m.youtube.com/watch?v=OLNFrxgMJ6E

Demonstrating Resonance with Chladni Figures - Christmas Lectures with Charles Taylor Charles Taylor recreates the famous Chadni figures and shows how vibrating plates are used to make music in various instruments.Watch the full third lecture ...

Sanskrit Mantras- How it works? A Scientific Perspective – Sanskriti - Hinduism and Indian Culture Website 14/03/2021

Sanskrit Mantras- How it works? A Scientific Perspective – Sanskriti - Hinduism and Indian Culture Website

Sanskrit Mantras- How it works? A Scientific Perspective – Sanskriti - Hinduism and Indian Culture Website Do Sanskrit Mantra Chanting have a deeper science? In the modern society, one hears multiple opinions about the Vedic tradition of Sanskrit Chanting called Mantras. Opinions vary the whole spectrum from people indicating that its superstition,Irrational on one end, to people firmly having experience...

14/05/2020

Orb Mag

Archaeologist Dr. Jean-Loup Ringot specialized in prehistoric music demonstrates a Lithophone. 🔊

[03/01/20]   Mantra do mês (Março, 2020)
Gáyatrí Mantra

ÔM BHUR BHUVAH SWAH
ÔM TAT SAVITURA VARÊNYAM
BHARGÔ DÊVASYA DHÍMAHI
DHYÔ YÔ NAH PRACHÔDAYÁTÔ

[02/07/20]   Mantra do mês (Fevereiro, 2020):
Hara, Hara, Shankaráchárya.

07/02/2020

Rajas Agni - Departamento de mantra's cover photo

07/02/2020

Rajas Agni - Departamento de mantra

[11/12/19]   Mantra do mês de Novembro - 2019:
ÔM namah Kundaliní

[10/11/19]   Mantra do mês de Outubro - 2019:

Jaya Krishnaya, jaya Rámakrishnaya,
Rámakrishnaya, jaya Krishnaya jaya

02/10/2019

Yôga e kundaliní

Retirado de "Amrita Gita" de Sri Swami Sivananda.

08/09/2019

Bharat Bhagya

Beautiful Video❤️
2500 Singers singing,
Sri Ganesh Vandana all together.
Must listen!!

[09/02/19]   Mantra do mês de Setembro - 2019:
Hara, Hara, Shankaráchárya

04/08/2019

Ay Mateo

¡Qué linda la música cuando la puedes ver!

[08/01/19]   Mantra do mês, Agosto/2019::

ÔM Shiva, ÔM Shaktí
Namah Shiva, namah Shaktí

09/07/2019

Rajas Agni - Departamento de mantra's cover photo

[07/07/19]   Mantra do mês, Julho/2019:

ÔM Jay Guru
Srí guru
ÔM jay

09/06/2019

Festival de Yôga de Alcochete

publico.pt 15/04/2019

Corações dos cantores corais batem em sintonia

publico.pt A participação num agrupamento coral pode promover a saúde cardíaca, segundo um estudo dos efeitos biológicos da música.

11/04/2019

Rajas Agni - Gáyatrí Mantra

Mantra do mês de Abril/2019:
Gáyatrí Mantra

ÔM bhúr bhuvah swaha,
ÔM tat Savitura varênyam.
Bhargô dêvasya dhímahi.
Dhiyô yô naha prachôdayátô.

https://www.youtube.com/watch?v=upuNjN8USHM&list=PL9kI4sewVXuepahFzpnmGTE4IyQSE1IP-&index=5

Rajas Agni Chorus performin live in Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, Sintra, Portugal, on the 27th February 2010. Conducted by João Camacho, Yôg...

VII Encontro de Coros de São Miguel de Odrinhas 26/02/2019

Alguns momentos do VII Encontro de Coros de S. Miguel de Odrinhas. Organizado em parceria entre o Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas e o Espaço Cultural - Ashram Pashupati. Neste VII Encontro participaram o coro CantoRio de Rio Maior, o Grupo Coral de Mafra e o Coral Rajas Agni, que apresentou um recital de mantra. Estes encontros integram-se nas comemorações do aniversário de Shrí DeRose, que celebra o seu nascimento a 18 de Fevereiro.

Alguns momentos do VII Encontro de Coros de S. Miguel de Odrinhas. Organizado em parceria entre o Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas e o Espaço Cultural - Ashram Pashupati. Neste VII Encontro participaram o coro CantoRio de Rio Maior, o Grupo Coral de Mafra e o Coral Rajas Agni, que apresentou um recital de mantra. Estes encontros integram-se nas comemorações do aniversário de Shrí DeRose, que celebra o seu nascimento a 18 de Fevereiro.

[12/13/18]   Mantra do mês de Dezembro de 2018:
ÔM Shiva, ÔM Shaktí, namah Shiva, namah Shaktí

01/11/2018

Mantra do mês de Novembro de 2018:
ÔM Jay Guru, Shrí Guru, ÔM Jay

[10/17/18]   Mantra do mês (Outubro/2018)

Sita Rám

Sita Rám, Rám, Rám, rája Rám, Rám, Rám (2x)
Narayan, Narayan, Narayan (2x)

22/09/2018

El muro de los idiomas

Es pura delicia para los oídos. Así sonaban los idiomas más antiguos. :)

10/09/2018

Rajas Agni - Departamento de mantra

07/09/2018

Círculo de leitura do Ashram Pashupati

Texto para a próxima reunião do Círculo de Leitura a 28 de Setembro de 2018

A etiqueta (Tantra)

Às vezes são surpreendidos por exigências de etiqueta e de protocolo.
Nas artes e filosofias orientais a etiqueta e o protocolo têm um relevo muito grande e respondem a necessidades funcionais. E podem ser observados em termos de ordem, que se prende com dois dos grandes significados do Tantra: regulado por regra geral e a maneira correcta de fazer algo. Em termos de respeito e em termos de atenção. Se não estivermos atentos não conseguimos aprender, nem concentrar a mente nem chegar ao samádhi. Estes três aspectos permitem-nos desenvolver sobriedade, discrição, vigilância e humildade. Pois, as nossas atitudes durante a etiqueta devem ser sóbrias, discretas, vigilantes e humildes.

A ordem

Se se seguirem as normas de etiqueta, a ordem manifesta-se no Ashram tanto no aspecto espacial, como no individual, como no próprio grupo. Por exemplo, a utilização correcta do espaço do vestiário, a utilização correcta dos sanitários, o respeito pelos horários das aulas, tanto por parte dos instrutores como por parte dos alunos, são expressões dessa ordem, interna e externa. O contrário impede-nos de respirarmos um ambiente de ordem que deveria ser próprio de um Ashram.
A distribuição dos alunos, em aula, de acordo com o seu nível de evolução e de graduação, é expressão dessa ordem e facilita a relação espacial entre estes e o trabalho do instrutor. Por outro lado, a distribuição espacial dos alunos não só reflecte a ordem externa existente no Ashram, como também contribui para que os alunos se sintam motivados para a aprendizagem para poderem chegar ao nível seguinte. Mas isto implica que os instrutores tenham essa atitude presente e de modo permanente.

O respeito

Traduz-se no pújá, mas também no cumprimento das restantes regras do Ashram que versam sobre:
-como utilizar o vestiário, como ocupar pouco espaço com a roupa de cada um;

-como evitar por os pés calçados em cima de almofadas que estão nos bancos nos vestiários;

-como fechar a porta quando alguém vai à casa de banho e como a fechar depois de ser utilizada;

-como deixar os chinelos alinhados na parede para entrar na sala Bhávajánanda;

-como cortar as unhas;

-como lavar-se antes do início de uma aula;

-como trazer uma pequena toalha para ir limpando o suor durante a prática;

-como esperar que o Mestre e a Chakrêshwarí sejam servidos no início de uma refeição comunitária;

-como deixar a sala arrumada e a loiça lavada depois de cada uma das festas;

-como deixar o Ashram totalmente operacional às sextas-feiras à noite, depois da aula do Mestre;

-como saber o seu lugar na sala de prática, durante a prática, durante o lanche, num jantar comemorativo, num restaurante, numa ida ao teatro, a um cinema, a um museu, a um concerto, numa ida à praia, quando posamos para uma fotografia, pois os mais adiantados que estejam no momento têm o seu lugar sempre mais perto do Mestre, ou do instrutor mais graduado que esteja presente;

-como na organização dos lugares, seja na sala de aula, seja na praia, ou no restaurante, os participantes devem sentar-se junto do Mestre ou do instrutor mais graduado que esteja a orientar o evento de modo polarizado. Sendo que a polaridade começa pelo Mestre ou pelo instrutor de maior hierarquia que esteja presente;

-como todos os instrutores e praticantes devem cultivar santôsha, alegria, mas evitando fazer ruídos ou gestos abusivos ou falar alto no Ashram, sobretudo quando estão a decorrer aulas;

- como todos os instrutores, alunos e visitantes devem descalçar-se antes de entrarem na sala Bhávajánanda, a sala de prática.

-como todos os instrutores, praticantes e visitantes devem andar calçados até à beira dos tapetes da sala Bhávajánanda. Nunca andando fora do tapete descalços. Por isso, devem usar chinelos e estes devem ser azuis escuros.

-como ao entrar na sala não se deve deixar os chinelos junto dos do Mestre ou dos do instrutor de mais elevada hierarquia que esteja responsável pelo evento (aula, curso, etc). Deve sempre deixar-se livre o espaço em frente à porta para os chinelos do Mestre ou do instrutor de mais elevada hierarquia que esteja presente. Os chinelos devem ficar com a parte de trás virada para a sala.

-Como quando se entra na sala Bhávajánanda aguarda-se que o instrutor chegue e inicie a aula, sentado numa posição de meditação e em Shiva mudrá ou, a praticar ásana.

-Como quando o Mestre entra na sala Bhávajánanda também todos os presentes devem interromper as suas actividades e devem recebê-lo indo cumprimentá-lo.

-Como também nos eventos exteriores, quando o Mestre chega os mais adiantados devem orientar os mais novos no sentido de todos interromperem o que estão a fazer para receberem o Mestre.

-Como os tapetes devem ser limpos antes e depois dos eventos como cursos, sat chakra e outros. Assim como a copa e os utensílios que tenham sido usados, deixando tudo limpo, lavado e arrumado.

-Como os instrutores não devem deixar nenhuma dessas tarefas para o Mestre. E os instrutores de menos hierarquia não as devem deixar para os de mais elevada hierarquia. E os alunos graduados devem assumir a maior parte das tarefas dos instrutores.

-Como a senescal deve atender o Mestre e assisti-lo não o deixando sozinho, seja nas aulas, nos eventos, internos ou externos.

Estas manifestações de respeito traduzem a atitude que o sádhaka tem para consigo mesmo e para com os restantes membros do Ashram e permitem-lhe evoluir na interiorização dos valores que são próprios da Nossa Cultura.

A atenção (Ávadhana)

A atenção é necessária para a boa utilização do nosso corpo, da nossa mente e das nossas emoções. E é uma aprendizagem para a vida. Tudo o que fazemos na vida necessita de atenção. Ter atenção às normas, gestos e atitudes da etiqueta é uma forma de constantemente o yôgin a educar.

O controlo

O cumprimento das normas exige um constante controlo do nosso corpo e da nossa mente, que vai adquirindo diferentes níveis à medida que vamos avançando no Yôga. É uma disciplina indispensável e constante.

Mestre João Camacho

05/09/2018

Espaço Cultural Kálí

Gestos de poder do Yôga Antigo

04/09/2018

Espaço Cultural Kálí

Palavra da semana - kshana
Kshana significa momento

01/09/2018

Espaço Cultural - Ashram Pashupati

Marque a sua aula experimental, totalmente gratuita e sem qualquer compromisso.
Aqui encontrará força, poder e energia, com vista ao autoconhecimento.
Venha praticar na mais antiga escola de SwáSthya Yôga da Europa. O nosso trabalho é orientado pelo Mestre João Camacho.

01/09/2018

Espaço Cultural Kálí

Este é um grande mês, a não perder!

Vídeos (mostrar todos)

ÔM namô namah Shivaya
Hara Gavô
Gôvinda Narayana
Gôvinda Naráyana
Mahá Shaktí
Ádi Shaktí; ÔM namah Shivaya
Bhaja Bhakata & Arati

Localização

Categoria

Telefone

Endereço


Rua Gago Coutinho, N.º 50
Montijo
2870-330
Outra Escola em Montijo (mostrar todos)
Colégio do Tejo Colégio do Tejo
Rua Ponte Dos Cavalos
Montijo, 2870-674

De aventura em aventura sonhámos crescer!!! Crescemos... agora queremos educar e fazer crescer adultos capazes, críticos e felizes!

Cruzeiro do Ensino Cruzeiro do Ensino
Rua Rui De Pina, 184
Montijo, 2870

No Cruzeiro do Ensino proporcionamos uma aprendizagem da mais elevada excelência a alunos de todas

Uapeecm - União das Associações Pais EE Concelho do Montijo Uapeecm - União das Associações Pais EE Concelho do Montijo
Rua Do Tarrafal
Montijo, 2870

União das Associações de Pais do Concelho do Montijo

Escola de Condução Road Safety Escola de Condução Road Safety
Rua Gazeta Do Sul, N. 70
Montijo, 2870-826

Formação de condutores/ Escola de Condução

Explicações Matemática Montijo Explicações Matemática Montijo
Montijo
Montijo, 2870

Explicações de Matemática Montijo 2º e 3º ciclos - Matemática 93 88 29 111 [email protected]

Escola de Condução Silvano Saraiva Escola de Condução Silvano Saraiva
Rua Miguel Pais, 65
Montijo, 2870-356

Escola de Condução ao serviço da comunidade desde 1954. 4 geracões no ensino Teórico e Pratico. Trata de todos os Serviços e Documentação de Condução.

100 Duvidas Centro Educativo 100 Duvidas Centro Educativo
Praceta Das Comunicações Nº61
Montijo, 2870-456

Centro Educativo para estudar, aprender e apoiar em varias vertentes.

Departamento de Estudos Orientais Vidyá Departamento de Estudos Orientais Vidyá
Rua Gago Coutinho, N.º 50
Montijo, 2870-330

Promove os estudos superiores do Ashram Pashupati. É responsável, entre outros, pelo Curso de Formação de Instrutores de Yôga (Métodos e Técnicas do Yôga).

Associação de Karate - Caminho Ancestral Associação de Karate - Caminho Ancestral
Pavilhão Do Esteval
Montijo, 2870

Aulas de Karate Shotokan JKS, karate Tradicional e Desportivo dos 6 anos aos 60 anos.

Compasso Explica - Centro de Apoio Pedagógico e Psicológico Compasso Explica - Centro de Apoio Pedagógico e Psicológico
Av. João XXIII, 239
Montijo, 2870 - 159

O Compasso presta serviços diferenciados nas áreas da educação e da saúde mental.

Sinfonias & Eventos Escola de Artes Sinfonias & Eventos Escola de Artes
Rua João Pedro Iça - Páteo Do Gaspar, 16 A 19
Montijo, 2870

Escola de artes e promoção de eventos | Montijo www.sinfoniaseeventos.pt

Caderno Aberto Caderno Aberto
Largo Dos Pescadores, 4
Montijo, 2870-191