Recicl'Artes

Todos nós em qualquer momento da nossa vida, poderão surgir-nos novos ciclos! Mais uma vez começo um novo ciclo... As coisa boas levam o seu tempo, e para Deus há um tempo para tudo, tudo tem o seu tempo!

Mena Lourenço Reciclagem

Recicl’Artes Atelier de artes decorativas no espaço Arco-íris na instituição Abla. Reduzir… Reutilizar… Reciclar… Um espaço dedicado à formação na área das artes decorativas aliadas à reciclagem criativa, direcionada para profissionais de educação, crianças nas valências de creche e jardim-de-infância, adolescentes/jovens, utentes de lares da terceira idade e pessoas portadoras de deficiência. Objetivo Geral: Reciclar e transformar peças com base nas técnicas utilizadas nas artes decorativas. Orientadores: Mena Lourenço, educadora de Infância/ formadora de artes decorativas com CAP, com uma larga experiência na organização de workshops com temas relacionados com a reciclagem ao mesmo tempo que ensina algumas técnicas de artes decorativas. Também participa na organização de reportagens em escolas e de passo a passos de técnicas para as revistas da especialidade. A formadora Mena lourenço será apoiada por uma equipa diversificada de voluntárias que fizeram formação específica na área de artes decorativas para realizarem peças que poderão ser oferecidas/vendidas em eventos e feiras de artesanato. Poderá fazer a suas encomendas para [email protected] Sinal 50% do valor da peça no ato da encomenda...e poderemos enviar para todo o país...

Missão: Existe um lugar onde... O LIXO torna-se LUXO , O PARTIDO torna-se REPARADO, O SUJO torna-se LIMPO, O DESCARTADO torna-se recuperado. o fraco será restabelecido e onde tudo e todos têm um lugar Especial, esse lugar chama-se "RECICL'ARTES! Um espaço dedicado à formação na área das artes decorativas aliadas à reciclagem criativa, direcionada para profissionais de educação, crianças nas valências de creche e jardim-de-infância, adolescentes/jovens, Séniores e pessoas portadoras de deficiência. Objetivo Geral: Reciclar e transformar peças com base nas técnicas utilizadas nas artes decorativas. Orientadora do projeto: Mena Lourenço, educadora de Infância/ formadora de artes decorativas com CCP (antigo CAP), com uma larga experiência na organização de workshops com temas relacionados com a reciclagem ao mesmo tempo que ensina algumas técnicas de artes decorativas. Também participa na organização de reportagens em escolas e de passo a passos de técnicas para as revistas da especialidade.

Funcionando normalmente

Sabia que?
Pesquisas em neurociência mostram que artesanato, como tricô e outras formas de artesanato têxtil, como costura, tricô e crochê, tem muito em comum com a atenção plena e a meditação – todos relatando ter um impacto positivo na saúde mental e bem-estar

Artesanato e humor afetam o cérebro:
Em uma pesquisa on-line com mais de 3.545 tecelões, realizada por Betsan Corkhill, uma terapeuta de tecidos sediada no Reino Unido que realizou pesquisas sobre os efeitos terapêuticos do tecido, mais da metade dos entrevistados relatou que a tecelagem os fazia sentir ” muito feliz”. E muitos disseram que adoravam os efeitos do relaxamento e alívio do estresse e da criatividade.

O estudo encontrou uma relação significativa entre a frequência e o humor dos tecidos e os sentimentos percebidos pelos entrevistados. Os tecelões frequentes (aqueles que tecem mais de três vezes por semana) eram mais calmos, felizes, menos tristes, menos ansiosos e mais confiantes.

O estudo de Corkhill concluiu: “A tecelagem traz benefícios psicológicos e sociais, que podem contribuir para o bem-estar e a qualidade de vida”.

Curiosamente, o estudo também descobriu que as pessoas tricotando em grupos eram ainda mais felizes do que as tecelãs sozinhas.

Como o artesanato ajuda a melhorar o cérebro:
-Desafio mental e resolução de problemas
-Conexão social
-Plenitude
-Desenvolvimento da coordenação olho-mão, percepção espacial e habilidades motoras finas
-Aprenda e ensine
-Concentra a atenção e os pensamentos em uma tarefa
-Promoção da criatividade ativa
-Dá uma sensação de orgulho e conquista
-Ensina paciência e perseverança
-Facilita a formação e recuperação de memória
-De acordo com o artigo, “As habilidades e sentimentos experimentados ao realizar trabalhos como tricô e bordado, também podem ser usados para facilitar técnicas de aprendizado, como meditação, relaxamento e ritmo comumente ensinados nos cursos de tratamento da dor ou no tratamento da depressão. ”

https://www.queroflorescer.com.br/a-neurociencia-explica-porque-os-trabalhos-manuais-como-tecer-sao-excelentes-para-o-cerebro/

Agosto foi-se, e Setembro chega com novidades! A junção do trapilho com as linhas pérola, reutilizando restos de material, e arrematando com corações de crochet, nunca esquecendo que o símbolo da Recicl’Artes é o coração . Misturando diferentes técnicas de crochet, macramé, madeira, material reciclado/ reaproveitados, farão nascer peças de utilidade diária que poderão fazer a diferença na vida de alguém!
Por agora estes porta-chaves chegaram para guardar a casa de alguém... #reciclartes #portachaves #trapilho #crochetmania #crochetinspiration #crochet #macrame #artesanato #reciclarte #adereços #artesanatocriativo #bijuteria #bijuteriaonline

Sabia que?
Pesquisas em neurociência mostram que artesanato, como tricô e outras formas de artesanato têxtil, como costura, tricô e crochê, tem muito em comum com a atenção plena e a meditação – todos relatando ter um impacto positivo na saúde mental e bem-estar

Artesanato e humor afetam o cérebro:
Em uma pesquisa on-line com mais de 3.545 tecelões, realizada por Betsan Corkhill, uma terapeuta de tecidos sediada no Reino Unido que realizou pesquisas sobre os efeitos terapêuticos do tecido, mais da metade dos entrevistados relatou que a tecelagem os fazia sentir ” muito feliz”. E muitos disseram que adoravam os efeitos do relaxamento e alívio do estresse e da criatividade.

O estudo encontrou uma relação significativa entre a frequência e o humor dos tecidos e os sentimentos percebidos pelos entrevistados. Os tecelões frequentes (aqueles que tecem mais de três vezes por semana) eram mais calmos, felizes, menos tristes, menos ansiosos e mais confiantes.

O estudo de Corkhill concluiu: “A tecelagem traz benefícios psicológicos e sociais, que podem contribuir para o bem-estar e a qualidade de vida”.

Curiosamente, o estudo também descobriu que as pessoas tricotando em grupos eram ainda mais felizes do que as tecelãs sozinhas.

Como o artesanato ajuda a melhorar o cérebro:
-Desafio mental e resolução de problemas
-Conexão social
-Plenitude
-Desenvolvimento da coordenação olho-mão, percepção espacial e habilidades motoras finas
-Aprenda e ensine
-Concentra a atenção e os pensamentos em uma tarefa
-Promoção da criatividade ativa
-Dá uma sensação de orgulho e conquista
-Ensina paciência e perseverança
-Facilita a formação e recuperação de memória
-De acordo com o artigo, “As habilidades e sentimentos experimentados ao realizar trabalhos como tricô e bordado, também podem ser usados para facilitar técnicas de aprendizado, como meditação, relaxamento e ritmo comumente ensinados nos cursos de tratamento da dor ou no tratamento da depressão. ”

https://www.queroflorescer.com.br/a-neurociencia-explica-porque-os-trabalhos-manuais-como-tecer-sao-excelentes-para-o-cerebro/

Bijuteria em crochet, reutilizando restos de trapilho, missangas, linhas, costurando sentimentos e rematando com amor!

Sacos super patuscos com máscaras super patuscas, com umas sardinhas super da Recicl’Artes!

As nossas sardinhas da coleção 𝕄ä𝕓𝕒𝕘 estão a ser um sucesso! Conjunto máscara + mala ou apenas personalizada 🌈
Informações por mensagem privada.

Em parceria com a artesã predileta @euseivivercomfibromialgia e do seu atelier @reciclartes_de_mena_lourenco 🤎

#mask #mascara #mascaracomunitaria #covid19 #coronavirus #ideiascriativas #mala #fashion #summervibes

Sabia que?
Pesquisas em neurociência mostram que artesanato, como tricô e outras formas de artesanato têxtil, como costura, tricô e crochê, tem muito em comum com a atenção plena e a meditação – todos relatando ter um impacto positivo na saúde mental e bem-estar

Artesanato e humor afetam o cérebro:
Em uma pesquisa on-line com mais de 3.545 tecelões, realizada por Betsan Corkhill, uma terapeuta de tecidos sediada no Reino Unido que realizou pesquisas sobre os efeitos terapêuticos do tecido, mais da metade dos entrevistados relatou que a tecelagem os fazia sentir ” muito feliz”. E muitos disseram que adoravam os efeitos do relaxamento e alívio do estresse e da criatividade.

O estudo encontrou uma relação significativa entre a frequência e o humor dos tecidos e os sentimentos percebidos pelos entrevistados. Os tecelões frequentes (aqueles que tecem mais de três vezes por semana) eram mais calmos, felizes, menos tristes, menos ansiosos e mais confiantes.

O estudo de Corkhill concluiu: “A tecelagem traz benefícios psicológicos e sociais, que podem contribuir para o bem-estar e a qualidade de vida”.

Curiosamente, o estudo também descobriu que as pessoas tricotando em grupos eram ainda mais felizes do que as tecelãs sozinhas.

Como o artesanato ajuda a melhorar o cérebro:
-Desafio mental e resolução de problemas
-Conexão social
-Plenitude
-Desenvolvimento da coordenação olho-mão, percepção espacial e habilidades motoras finas
-Aprenda e ensine
-Concentra a atenção e os pensamentos em uma tarefa
-Promoção da criatividade ativa
-Dá uma sensação de orgulho e conquista
-Ensina paciência e perseverança
-Facilita a formação e recuperação de memória
-De acordo com o artigo, “As habilidades e sentimentos experimentados ao realizar trabalhos como tricô e bordado, também podem ser usados para facilitar técnicas de aprendizado, como meditação, relaxamento e ritmo comumente ensinados nos cursos de tratamento da dor ou no tratamento da depressão. ”

https://www.queroflorescer.com.br/a-neurociencia-explica-porque-os-trabalhos-manuais-como-tecer-sao-excelentes-para-o-cerebro/

Ontem foi dia de estrear o meu conjunto EcoEspecial no casamento da minha amiga e mana... fui buscar a minha bijuteria de arame que estava por acabar há 2 anos!
Pedras em “Banho-maria “...
12 de maio 2019
Quando a nossa cabeça fervilha de ideias 💡, quando a nossa mente é uma fábrica de sonhos, quando os nossos pensamentos não acompanham o corpo, é saber gerir o turbilhão de ideias criativas, e colocar em banho-maria alguns dos projetos para conseguir concretizar o que é prioritário!
Tudo isto é uma gestão de tempo e de condição física, que não se adquire sozinha, mas aconchegar-me de pessoas de coração bom, que te amam independente do estado em que te encontras!
Esta maturidade só se adquire com ajuda, mas sozinha é que se tomam decisões, pois a mudança tem que ser individual!
Obrigada a todos que me aconselham, que pedem a Deus por mim, e que me suportam neste percurso cheio de curvas e contracurvas, de altos e baixos, mas sempre embalada pela música suave do coração daqueles que me amam, e que não me abandonam mesmo quando tenho as minhas mãos cheias de “nada”!
As artes, são sempre aquele escape à minha dor, a forma de me abstrair dos sintomas do meu corpo desgastado pela doença que não é minha, simplesmente, passa por mim!
Esta semana é uma semana de tomada de decisões, de fazer acontecer, e outros sonhos ficarão para mais tarde, no momento certo!
As minhas jóias Ecochiques, ficarão guardadas no baú, que eu guardo, para que na altura certa, possa mostrar o encanto que uma simples pedra pode ter, seja ela da praia, do campo, ou, aquelas que eu tropeço pelo caminho!
#pedras #ecochique #joias #joiasecochiques #artenoseutempo #artesanato #artesdecorativas #artesa #euseivivercomfibromialgia #artritepsoriasica #artritepsoriatica #fibromialgia #transformaradoremamor #dor #dorcronica #dorcrônica #artesaos

[07/31/20]   Hoje é o último dia de Julho, mas não é o fim, mas o princípio...é um #julhosemplastico para a VIDA TODA!

Comprar a granel é uma forma de poupar plástico. Mas como e onde?

Uma das perguntas a fazer é esta: como evitar os sacos de plástico mais finos usados para pesar a fruta e legumes? Nos casos em que é possível pesar na caixa, é mais fácil: bastará pôr tudo no carrinho ou então, caso a loja o permita, colocar em sacos alternativos de pano, rede ou até plástico reutilizável levados de casa.
Eu tenho a sorte de ter mesmo perto da minha casa um supermercado de frutas e que posso levar os meus sacos de casa.
Daí surgiu a ideia de eu poder reaproveitar uma série de camisolas em fim de uso... basta uma tesoura, e uma costura no fundo do saco!
Aceita o desafio?

#PlasticFreeJuly
#semplastico
#julhosemplastico

Pequenas mudanças podem mudar as nossas vidas. Mudanças rápidas e fundamentais estão transformando o nosso mundo, e a visão de cada pessoa faz parte dessa mudança; quando você faz qualquer mudança na sua vida, mesmo que pequena, você muda tudo. Você pode procurar na sua imaginação e na sua criatividade para fazer um futuro melhor para você e para o planeta.
Usando passos tão pequenos que qualquer um pode fazê-los, até mesmo com uma vida agitada e cheia de demandas. Sua imaginação é a sua maior fonte. Use-a para fazer pequenas mudanças nas suas atitudes, em suas crenças e em suas ações.

Hoje é o último dia de Julho, mas não é o fim, mas o princípio...é um #julhosemplastico para a VIDA TODA!

Comprar a granel é uma forma de poupar plástico. Mas como e onde?

Uma das perguntas a fazer é esta: como evitar os sacos de plástico mais finos usados para pesar a fruta e legumes? Nos casos em que é possível pesar na caixa, é mais fácil: bastará pôr tudo no carrinho ou então, caso a loja o permita, colocar em sacos alternativos de pano, rede ou até plástico reutilizável levados de casa.
Eu tenho a sorte de ter mesmo perto da minha casa um supermercado de frutas e que posso levar os meus sacos de casa.
Daí surgiu a ideia de eu poder reaproveitar uma série de camisolas em fim de uso... basta uma tesoura, e uma costura no fundo do saco!
Aceita o desafio?

#PlasticFreeJuly
#semplastico
#julhosemplastico

Gosto de artesanato desde pequena, com 4 anos a minha avó materna que era costureira de profissão gostava que eu a ajudasse a juntar os restos de tecido que iam caindo no chão junto à sua máquina de costura, daí a minha preocupação em relação ao desperdício.
A avó Maria(avó paterna) com os restos de tecido fazia sacos de retalhos, ela dizia que um saco dava sempre jeito para termos em casa...aos sete anos de férias em Portugal, já ela me deixava dar ao pedal da máquina de costura, mas foi aos 10 anos quando vim definitivamente viver em Portugal, que ela me deixou passar para mim o amor pela arte aplicada no tecido. Com os tais restos de tecido fazíamos bonecas, passarinhos, pegas para os tachos, flores...tudo criava no momento, nasciam das suas mãos peças de arte exclusivas. Tanto que me ensinou, mas o mais importante era o AMOR que colocava em cada ponto, em cada retalho, sim, esse fascínio passou de certeza para o meu coração. Com a minha Avó Elvira( avó materna), fui crescendo vendo as suas mãos sempre entretidas com as linhas de crochet, entrelaçando entre conversas e partilhas... como me lembro de me dizer que aquele ponto, as lérias não era para qualquer uma... mas outros pontos mais simples me foi ensinando, e até hoje o crochet é a minha companhia, nunca estou sem fazer nada!
Como sou grata pelas minhas avós, como posso passar um dia sem me lembrar delas? Estarão sempre nas minhas memórias e no meu coração... feliz dia dos avós!

[07/24/20]   Quando o lixo vira luxo...uma moldura muito antiga mas com valor sentimental, pode ser o mote para um quadro de recordações! Durante anos fiz trabalhos para revistas de especialidade de artes decorativas, com reportagens em escolas, tantos momentos únicos, tantas recordações, mas também tantas folhas de revistas que gosto de guardar e recordar. E pronto, tudo num compacto de material reaproveitar, reutilizado, dando lugar a um painel de recordações! #reciclar #reciclarte #moldurasdecorativas #ecofashion #eco #quadrospersonalizados

Todas as peças são exclusivas do ateliê, mesmo as aquelas que têm como objetivo ajudar alguém, ajudar uma causa, criadas pela formadora de artes decorativas Mena Lourenço.

Quando o lixo vira luxo...uma moldura muito antiga mas com valor sentimental, pode ser o mote para um quadro de recordações! Durante anos fiz trabalhos para revistas de especialidade de artes decorativas, com reportagens em escolas, tantos momentos únicos, tantas recordações, mas também tantas folhas de revistas que gosto de guardar e recordar. E pronto, tudo num compacto de material reaproveitar, reutilizado, dando lugar a um painel de recordações! #reciclar #reciclarte #moldurasdecorativas #ecofashion #eco #quadrospersonalizados

Reciclomania, uma paixão antiga, reuni ideias feitas e criadas por mim ao longo dos anos, usem e abusem!

Um desafio para julho: o mês sem plástico.
Continuando a dedicar-me ao tema deste mês, ao combate ao plástico, vamos olhar para a questão das cápsulas de café.
São um problema ambiental porque a maioria não pode ser reciclada.
Tirar um café é rápido e fácil, mas tem um grande impacto no planeta.
Grande parte das cáplusas de café são de plástico e não podem ser recicladas por causa das borras de café que ficam no interior. Atualmente, ainda são poucas as marcas que apresentam alternativas sustentáveis, como cápsulas biodegradáveis, ou de há alumínio, se cada pessoa beber dois cafés por dia, ao final de 350 dias são utilizadas 700 cápsulas e quase seis quilos de plástico ou cerca de quatro quilos de papel (depende sempre do tipo de cápsulas).
Cá em casa 🏡 utilizamos cápsulas de metal, e gosto das reutilizar fazendo arte...e na sua casa o que costuma utilizar?
Vamos mudar comportamentos?
Como alternativa podemos evitar as cáplusas e usar as máquinas de café em grão ou as cafeteiras, eu continuo a reutilizar as cápsulas de metal, e a dar largas à criatividade, deixo aqui algumas dicas.
#PlasticFreeJuly
#semplastico
#julhosemplastico

[07/07/20]   No início de Abril resolvi fazer as minhas máscaras 😷 pois não consegui comprar nenhuma e como tinha cá em casa um pouco de TNT( sigla Tecido Não Tecido, o material utilizado nas roupas hospitalares), e também tinha um saco feito do mesmo material e que resolvi reciclar. Cortei, tentando reaproveitar o máximo de tecido, depois lavei o tecido com água a 60 graus e detergente com os óleos essenciais Onguard, estendi e depois de seco, foi meter mãos à obra. Estas máscaras poderão ser reutilizados após o uso, daí eu já ter pronta a mistura guardada no frasco de vidro, e depois é só ferver um púcaro de água e juntar à sabonária, deixar um pouco de molho, passar com água limpa, estender e voltar a reutilizar. Foi uma tarde com propósito e produtiva.

Hoje venho falar-vos de T.N.T., o material que utilizo nas minhas máscaras, e como durante o mês de Julho estamos a apelar à diminuição do uso do plástico, queremos sensibilizar para que utilize máscaras reutilizáveis e não utilize luvas (a Organização Mundial de Saúde desaconselha o seu uso), desta forma poupará muitos recursos naturais que estão a ir para aterro ou a serem incinerados.
TNT é a sigla para tecido não tecido.
É um tipo de tecido classificado como um não tecido.
Produzido a partir de fibras desorientadas que são aglomeradas e fixadas, não passando pelos processos têxteis mais comuns que são fiação e tecelagem. O TNT não precisa de tear para ser elaborado, pois sua matéria prima é o polipropileno (uma resina termoplástica produzida a partir do gás propileno, que é um subproduto da refinação do petróleo), e suas fibras são unidas pelo calor, dispensando a fase específica de “tecer”.

Esse tipo de tecido é muito barato, por conta da capacidade produtiva. É muito utilizado em artesanato e decorações de festas em geral por ser encontrado em diversas cores. É também muito fácil de ser trabalhado (podendo-se usar com cola, cola relevo, purpurina, lápis de cor, giz de cera, etc…). A cola quente não deve ser utilizada, pois pode perfurar o tecido.
Vantagens do TNT
Comparada à roupa convencional de tecido de algodão, a descartável é muitíssimo mais leve, e seu contato com a pele é suave e não irritante. Seu tratamento antiestático impede a atração à pele, não retém o calor do corpo tornando o uso agradável.
Por ser descartável, sua maior aplicação atualmente é em hospitais, como toucas, jalecos máscaras, forros de colchão, lençóis, onde a aplicações de produtos não descartáveis reteriam bactérias.
Sendo descartável, é um material mais barato, reduzindo bastante o custo...agora já sabe que é um material acessível e que podemos ter em casa naqueles sacos de pano, e que poderão ser reaproveitados para fazermos as nossas máscaras...vamos a isto? #mascaras #mascarascomunitarias #mascarasreutilizaveis #tnt #reciclartes #mascarasdetecido #mascaraspersonalizadas @ Cascais

A minha história...

Um espaço dedicado à formação na área das artes decorativas aliadas à reciclagem criativa, direcionada para profissionais de educação, crianças nas valências de creche e jardim-de-infância, adolescentes/jovens, séniores e pessoas portadoras de deficiência.

Objetivo Geral:

Reciclar e transformar peças com base nas técnicas utilizadas nas artes decorativas.

Orientadores:

Mena Lourenço, educadora de Infância/ formadora de artes decorativas com CCP(antigo CAP), com uma larga experiência na organização de workshops com temas relacionados com a reciclagem ao mesmo tempo que ensina algumas técnicas de artes decorativas.

Também participa na organização de reportagens em escolas e de passo a passo de técnicas para as revistas da especialidade, como também organiza eventos na área do desenvolvimento pessoal e saúde e bem-estar.

Quer que o seu escola/colégio seja a primeira Escola/colégio em Cascais?

Clique aqui para solicitar o seu anúncio patrocinado.

Vídeos (mostrar todos)

Localização

Categoria

Entre em contato com a escola/colégio

Website

menamania.blogspot.com/

Endereço

Praceta Infante D. Henrique, 80, Quinta Do Junqueiro
Cascais
2775-584
Outra Formação em Cascais (mostrar todos)
Palavra de Honra Palavra de Honra
Av. Costa Pinto 27
Cascais, 2750-326

Evento FILOSÓFICO POÉTICO dedicado à Semeadura Ética no Campo Poético, em prol da Reciclagem de Ideias e da Ecologia do Ser, em Cascais. Realização: Andrea Paola

Oficina Boreal Oficina Boreal
Birre Cascais
Cascais, 2750

Oficina Boreal - Cascais Organização de festas e eventos, aluguer de equipamentos, workshops e entretenimento de festas.

Your Realty Solution Portugal Your Realty Solution Portugal
Av. Engenheiro Adelino Amaro Da Costa, 89A
Cascais, 2750-170

Find listings, investment opportunities, realty information and more...

INTERJAZZ - Ciclo de Jazz em Estudo INTERJAZZ - Ciclo de Jazz em Estudo
Cascais
Cascais, 2750

INTERJAZZ - Ciclo de Jazz em Estudo

Soccer Cascais Soccer Cascais
Rua Das Caravelas
Cascais, 2750

Esta Escola de Futebol visa promover o desporto saudável, adaptando-se à realidade de cada aluno e à felicidade do mesmo. TREINA, COMPETE E DIVERTE-TE.

Escola da Vida - AJU Escola da Vida - AJU
Igreja Da Ressurreição - Rua De Alvide
Cascais

A ESCOLA DA VIDA é um espaço inspirador que procura proporcionar de uma forma inovadora um lugar de "sentir e refletir" através do desenvolvimento pessoal, oferecendo ferramentas que transformam.

The English Bookshop - Cascais The English Bookshop - Cascais
Rua Afonso Sanches 37, Centro Comercial Visconde Da Luz, Loja 8
Cascais, 2750-282

Fof Children's books in English, please contact me. Many Thanks

Geographic Source Geographic Source
CASCAIS
Cascais, 2645-030

Outsourcing em Hotelaria Restauração e Formação

Creating Yourself - Elisabete Reis Creating Yourself - Elisabete Reis
Rua Das Amoreiras, Nº 48
Cascais, 2750-740

Uma Missão para a vida, um Projeto de Vida. Um Projeto pessoal e profissional que nasce de uma enorme vontade de proporcionar momentos de partilha, reflexão, aprendizagem e crescimento, uma abordagem diferenciadora que nos desafia a Ser mais e melhor.

Babysitting Cascais Babysitting Cascais
Cascais
Cascais, 2750

Serviço Babysitting em Cascais e arredores. Preços bastante acessíveis, contacte para mais informações.

Wood House - Training Lab Wood House - Training Lab
Cascais, 2755-243

Science meets Performance

Handmade by ANIS Handmade by ANIS
Cascais

Workshops * Sabonetes naturais * Biocosmética Instagram: https://instagram.com/anis.saboaria