Inspirar

A Inspirar nasceu de uma vontade de ser a mudança que quero ver no mundo. Acredito que é através dela que as pessoas transcendem as suas circunstâncias.

Projecto de Desenvolvimento Pessoal e Espiritual.

Missão: A Missão é ajudar a desenvolver a consciência espiritual contribuindo para uma vida mais feliz.

Funcionando normalmente

This text has been with me for many years, its the reason behind my tatto, one of the first texts that made me remember who I Am. Sharing with you to light your path as it lighted mine

Know your Vibes. As we walk the path of expanded consciousness, we can make use of a powerful God given tool: our Emotions. If we get in touch with how we feel we can start to own our power. Know your Vibes, understand what they mean, remember who you Are.
Love is Light and so are We.

By Raquel Leite Borges
#godblessed #empowered #grateful #loving #speakyourtruth #loveyourchildren #childofgod #theachinglove #itsasoulthing #inspirar #blessed

When you take responsibility for how you act, you embody your Power. We all feel so many things, we all have triggers. That we have in common. But each one of us has different triggers, different perspectives, we see through different glasses and that creates different emotions in us. When we realise that we don't have to act out all of our emotions we enter a wider space, where we have more options, more to choose from. In relationships (of whatever nature) we can understand that each person sees the world through their glasses and that that is ok. What we can do is decide how we resolve our differences. That code o honour keeps the communication channels open so that conflict can be addressed and common ground can be reached. Love is a vibration. When we go back to love vibes we connect to a part of us that is not so materialistic, therefore not so dense in vibration. The lighter you become the more you remember... love is light and so are we

Amanhã as 16h!

Raquel Leite Borges é actriz, apresentadora e formadora. Desde 2008 já participou em 18 produções nacionais nos três canais e em algumas independentes. É uma apaixonada pelo desenvolvimento pessoal e vive com o lema "inspirar qualquer pessoa em qualquer lugar" daí envolver-se em projectos que refictam isso e dêem alento a quem os consome. Desde peças de teatro e curtas a projectos de solidariedade e sempre que possível que combine os dois.
Raquel dá actualmente aulas (comportamento social e técnicas de casting) na escola de artes do espectáculo FAME (outros profs Sónia Brasão, José Figueiras etc) a miúdos entre os 12 e os 18 anos. Como fervorosa defensora de formação está, actualmente, ela própria a ter a formação Velha Guarda Oficina de Actores com Amélia Videira e Carlos Santos (dois "monstros" da interpretação em Portugal) uma formação direccionada para actores que queiram aperfeiçoar o seu ofício. Na calha está um projecto teatral com o actor Paulo Azevedo.
Vamos apresentar a actriz Raquel Leite Borges ao auditório da RDS/RADIO este sabado dia 4, entre as 16 e as 17 horas.
Pode ouvir em 87.6 FM ou na NET em www.rds.pt

Tenho uma capacidade espectacular de reconhecer no outro a divindade, o sagrado e o potencial ilimitado. Entra-me pelos olhos! Sempre achei que toda a gente era como eu, que era isso que viam em mim e uns nos outros. Hoje sei que não é bem assim :)
São muito menos, as vezes em que vejo no outro as suas (ilusórias) limitações, também acontece, mas é raro.
O que vejo, quase sempre é um Ser humano com capacidades extraordinárias, uma expressão única de Deus, com características (mágicas) únicas que se manifesta/materializa diante de mim. Não acredito nas limitações. O que vejo não são limitações mas sim crenças, e crenças são pensamentos que escolhemos acreditar. Por isso quando alguém me diz: Vou fazer "blabla". - eu acredito a 100% porque todo o potencial está lá. Mesmo que nunca tenha feito antes, mesmo que seja "difícil", fazer ou não fazer é uma 3scolha.
É assim que vejo o mundo.
É assim que vejo cada Ser.
Único e com um potencial ilimitado.
Por isso o meu lema é Inspirar, qualquer pessoa em qualquer lugar.

Love is Light and so are We.
Rá #godblessed #empowered #grateful #loving #speakyourtruth #loveyourchildren #childofgod #bethechange #blessyou #iseethelightinyou #itsasoulthing #inspirar #blessed #magic #divinefeminine #divinemasculine #happy #family #perfectday #portugal #details #friendsthatlast #lakshmi #knowledge #free

Acreditar vs Saber
Empatia vs Compaixão
Existem outros, mas estes conceitos apresentam uma diferença estrutural.
No caso dos primeiros, Acreditar e ter Empatia, a origem do sentir vem de um processo mental: no caso de Acreditar eu "convenço-me" de algo que a minha mente lógica justifica (mas não o Sei, é um esforço). No caso de ter Empatia, eu relaciono uma dor minha à dor do outro e ambos partilhamos um espaço vibracional de dor que pressupõe um julgamento de certo ou errado, bom ou mau e que perpetua a ilusão.
No caso dos segundos, Saber e Compaixão, a origem é incondicional, livre de julgamento, suportada sem recurso à lógica e effortless.
No que diz respeito ao Saber dou o exemplo de respirar ou do funcionamento do coração, eu Sei respirar, eu Sei bombear o coração (se apenas acreditasse e algo pusesse em causa esse acreditar eu deixaria de o saber fazer, estaria condicionado).
No caso da Compaixão, ao contrário da Empatia, eu não preciso de ter tido uma experiência de dor ou de fazer um juízo de valor sobre o que o outro sente ou a sua validação (é justo/injusto que o sinta). A Compaixão é um estado constante, tanto para connosco como para com o outro, que permite a verdadeira (auto)observação (através da experiência no sentido de viver) da única realidade - SOMOS UM. Em estado de Compaixão eu não faço um julgamento, a vibração é mantida com focus na Verdade (sem esforço) é para todos, é um estado constante, não depende de nada é incondicional. Através da Compaixão eu contribuo para a libertação da ilusão do outro, logo da minha também.

Nós Somos Seres Vibracionais a Observar a Manifestação dos Padrões Vibracionais que Emitimos. Para Observarmos Diferentes Manifestações, Alteramos a Nossa Vibração.

Love is Light and so are We.

#godblessed #empowered #grateful #loving #speakyourtruth #loveyourchildren #childofgod #bethechange #blessyou #iseethelightinyou

:) inspire...

#obrigada

noticiasaominuto.com

Notícias ao Minuto - Centro de Idosos de Aveiro está a inspirar o país

Deixemo-nos Inspirar por eles...

noticiasaominuto.com Não é preciso estar a morrer para se ter um sonho. E, muitas vezes, de uma forma simples, pode mudar-se a vida de alguém. O projeto 'Antes de morrer quero…' traz essa possibilidade a um grupo de idosos de Aveiro mas pode trazer muito mais. Pode ajudar a inspirar uma nova forma de olhar para a tercei…

Marta Gautier

As mensagens Inspiracionais surgem quando menos esperamos, só temos que estar atentos.

Esta 4ª feira, no fim das 'Conversas sérias', disse-me uma mulher que conheci nessa noite: 'Tenho vontade de te contar isto: eu era directora financeira numa empresa e era infeliz. Há uns meses, durante umas 'Conversas Sérias', de repente, ficou claro: vou sair dali. Despedi-me na manhã seguinte. Muita gente disse que era louca, que devia ponderar, blá blá, mas eu já tinha a certeza. Passei dezembro a embrulhar presentes na Worten e foi uma sensação maravilhosa. Acho que passei muito amor através daqueles embrulhos. As pessoas gostavam tanto que queriam oferecer-me cafés. Desde aí tenho estado sem fazer nada, mas agora que abriram vagas nos Correios, vou inscrever-me porque acho que quero ser carteira. De repente, parece-me óptimo andar pela rua com cartas. Só tenho de ter cuidado com os cães, mas pronto...' Fiquei a olhar para ela. Arrepiada. Ela vinha como em jeito de agradecimento, mas talvez nem supusesse o exemplo, a lição que me estava a dar.
Depois de conseguir deixar de olhar para ela, levantei a mão, para que chocasse a sua com a minha. 'Sabes, até eu fiquei com vontade de ser carteira.', disse-lhe.

:)

É tão bom ter um PAI!

Estamos perto do dia do Pai é importante pensarmos como a sociedade tem modificado os valores que sustentavam a figura paternal no passado.
Será a mãe mais importante do que o pai na relação com os filhos?

Muitas vezes ouvimos dizer que “mãe é mãe”, que é a figura central, mas podemos questionar estas afirmações. Actualmente são cada vez mais os pais que procuram estar empenhados na educação das suas crianças. Tanto o pai como a mãe são figuras centrais para o bom desenvolvimento dos seus filhos, desde que estejam disponíveis e psicologicamente capazes de assumir uma boa parentalidade.

No entanto a alienação do papel do pai junto dos seus filhos tem constituído um vector comum na civilização ocidental.

Psicanalistas e psicólogos têm investido poucos recursos no estudo da figura paternal, por considerarem o seu papel secundário, especialmente no que respeita à relação precoce, sendo a mãe a figura central de investigação.

Em termos culturais e históricos não era apropriado que o pai manifestasse comportamentos ternos e de amor para com o seu filho/a, na medida em que tais actos estavam associados a um padrão tipificado e estritamente feminino.

Neste contexto, o pai tornou-se ausente e a sua presença física na relação com o seu filho passou a ser considerada irrelevante. O psicanalista Nauri considerava o pai como um terceiro indesejado que vem perturbar a relação mãe / criança e que se pode transformar em “objecto de ódio do bebé”.

Winnicott revelou que apenas a mãe tem uma “preocupação materna primária” que a leva a existir e a ocupar-se exclusivamente do seu bebé. Assim sendo, o pai é uma terceira figura dispensável numa fase primária, pois tem como única função conter e relacionar-se com a mãe.

A interacção pai/criança foi, desta forma, posta completamente de lado, o pai foi entendido como um estranho que não pode interromper o “paraíso simbiótico relacional” da mãe com o seu bebé.

A mãe poderá favorecer esta relação fusional, “cola”, em que ela desempenha um papel principal na manutenção da sobrevivência do seu bebé, na medida em que assegura um lugar privilegiado no seu psiquismo. Através do impacto emocional e vivencial que cria, pela convivência constante e fechada.

Contudo parece que estamos a assistir ao despertar do “novo pai” que está disponível para se relacionar com os seus filhos desde uma fase precoce. Esta disponibilidade poderá estar relacionada com múltiplos factores, nomeadamente o facto de as mulheres estarem cada vez mais no mundo do trabalho.

Outra mudança significativa consiste no crescimento do número de pais solteiros que ficam com a custódia dos filhos, algo impensável a algumas décadas atrás.

O resultado de tantas alterações sociais implica uma reestruturação do lugar do pai, de como se deve comportar e de como reagir com os seus filhos.

Ao não ter de cumprir um mandato de comportamentos austeros, desprovidos de afecto ou de assumir um papel, tradicionalmente expectável, de distanciamento dos filhos (que só entra em acção quando é necessário dar um sermão), o pai vai finalmente, libertar-se destes estereótipos e tornar-se numa figura parental que revela os seus sentimentos e o amor que tem aos seus filhos.

Na análise destes temas entra-se, necessariamente, na questão do que cabe à masculinidade e do que cabe à feminilidade.

Até que ponto a masculinidade tem de estar associada ao embotamento afectivo ou à incapacidade de estabelecer uma relação empática com o seu filho/a. Será que a capacidade de estabelecer uma relação empática com os filhos é uma característica exclusiva da feminilidade? Assim surge a questão: a sensibilidade ou capacidade de empatizar é uma característica das relações humanas ou é especificamente materna?

De facto, o masculino é diferente do feminino, mas na essência, partilhar emoções e relacionar-se com o outro de forma íntima e especial, está estreitamente relacionado com a maneira como o sujeito foi amado, ou não, pelos seus próprios pais e como encarou e integrou essas mesmas experiências. Como tal a capacidade de interagir com qualidade e de amar não se relaciona com o género sexual.

É bom ter o abraço apertado do nosso pai, o seu sorriso sincero e brincalhão. É bom podermos pegar na sua mão forte e sentir firmeza, quando nos diz para avançar com coragem para a vida. Por vezes, a mãe, inibe os nossos passos, por medo e insegurança, pois pode não conseguir nos proteger, o pai sabe que devemos seguir em frente, que devemos experimentar, sempre, com a certeza que podemos contar com o seu apoio constante, mesmo quando erramos.
É tão bom ter um pai assim! Parabéns a todos os Pais!!!!!!

Dra. Mafalda Leite Borges
Canto da Psicologia

O Canto da Psicologia

São essenciais os pequenos gestos, os detalhes, os sorrisos, os olhares e os suspiros de alívio.

São estes micro-sinais da genuinidade e da espontaneidade que todos nós colocamos nas relações que vão dar significado à nossa existência, à nossa experiência. Ao observarmos estas dinâmicas e ao devolvermos ao outro, damos o espaço certo para que as mudanças surjam e, assim, potenciamos o crescimento interior no sentido da auto-descoberta.

Como o sonho comanda a vida, sabemos, que um dos principais objectivos do processo psicoterapêutico é promover a capacidade de sonhar e de concretizar do paciente!

Hoje quinta feira é dia de um psicólogo da equipa do Canto da Psicologia estar disponível para o ouvir com toda a sobriedade, ética e sigilo que nos caracteriza.

Quer falar com um psicólogo pronto a ouvi-lo na próxima hora? Então hoje é a noite certa para isso com a Dra. Mafalda Leite Borges !

Incomoda-lhe que lhe peçam dinheiro? Seja um conhecido, familiar ou um desconhecido na rua?
Então este artigo é para si!
Porque é que quando nos pedem dinheiro isso nos incomoda?
Porque é que esse tipo de situação nos faz sentir:
irritação/desconforto/mau estar/tristeza/etc
Por hábito enumeramos inúmeras situações que justificam a nossa emoção ao pedido:
O enquadramento do pedido
A pessoa que faz o pedido
A forma/abordagem do pedido
A repetição do pedido
Etc...
Nunca é sobre o outro. É sempre sobre nós.
Não é a acção do outro que condiciona a nossa reacção, somos nós que a escolhemos e por "escolha" digo consciência.
Passo a explicar:
Enquadramento sobre que se passava no meu mundo interior: Eu escolhi aprender a abundância e para me alinhar com esta vibração/energia pratico mantras/afirmações/acções/pensamentos e intenções alinhadas com abundância.
Enquadramento do "suposto desencadeador" de emoção: Pediram-me dinheiro, já tinha emprestado dinheiro a esta pessoa, alem disso já tinha pago várias coisas a esta pessoa.
Dentro deste contexto: Uma pessoa pedir dinheiro suscita uma reacção colerica em mim isto significa que - Não estou alinhada com a vibração de abundancia.
Porque: É a minha crença na escassez que me faz reagir de forma assustada/medo etc em reacção a um pedido de dinheiro.
Ou seja se estivesse com vibração de abundância ou não recebia o pedido ou dava o dinheiro e pronto.
O mesmo é verdade para a pessoa que faz este pedido, o meu ficar colérica com o pedido vem sublinhar o ponto vibracional da pessoa que faz o pedido. Faz sentido?
Então o que eu percebi é que a nossa reacção é única e exclusivamente da nossa responsabilidade. E é um enorme presente (escolhi a palavra presente no sentido de "oferenda" e de "agora") ter alguém que "nos faz ter" uma determinada reacção pois permite-nos VER que existe uma crença limitadora em nós, essa sim a Responsável pela nossa reacção. Quem diz pessoa, diz conta, pagamento etc...
Então e o que fazemos com esta tomada de consciência?
Basicamente, tendo a noção que não é a atitude/acção/palavras do outro que nos levam numa montanha russa emocional, mas sim o que se está a passar no osso mundo interior nesse momento podemos mudar as linhas de "carris" e mudar a direcção da nossa carruagem emocional. Mas inda mais que isto, podemos afinar a nossa vibração para nos alinharmos com o que desejamos.
"Assim na terra como no céu" "Por fora como por dentro" "Somos espelhos"
Love is Light

Quer que o seu escola/colégio seja a primeira Escola/colégio em Cascais?

Clique aqui para solicitar o seu anúncio patrocinado.

Localização

Categoria

Entre em contato com a escola/colégio

Endereço


Rua Da Consciência, 33
Cascais
2750-334

Informação geral

A Visão é uma humanidade desperta e consciente da sua dimensão espiritual. Os Valores principais são: Excelência; Alegria; Irreverência; Concretização; Paixão; Amor; Inspiração.

Horário de Funcionamento

Segunda-feira 08:00 - 20:00
Terça-feira 08:00 - 20:00
Quarta-feira 08:00 - 20:00
Quinta-feira 08:00 - 20:00
Sexta-feira 08:00 - 20:00
Outra Formação em Cascais (mostrar todos)
WellX ProSchool WellX ProSchool
Alameda Da Guia
Cascais, 2750-368

WellXProSchool , Escola de Formação Avançada Certificada pela DGERT na área do Desporto, com formações homologadas pelo IPDJ (TPTEF, TPDT e TPTD).

Odile Beauvilain Odile Beauvilain
Rua Dos Alamos N 16. 1D. Costa Da Guia
Cascais, 2750-609

Odile Beauvilain accompagne depuis plus de 30 ans des personnes en souffrance. Elle intervient auprès de gens en fin de vie et en période de maladie.

Babysitting Cascais Babysitting Cascais
Cascais
Cascais, 2750

Serviço Babysitting em Cascais e arredores. Preços bastante acessíveis, contacte para mais informações.

Zona Crítica Bodyboarding Zona Crítica Bodyboarding
Praia De Carcavelos
Cascais, 2775

Aulas particulares de bodyboard, Coaching/Treino de competências pessoais, sociais e de vida através do desporto. Sobrevivência em condições adversas.

Animação Sociocultural - Alvide Animação Sociocultural - Alvide
Rua Padarias
Cascais, 2755

Aqui divulgamos o trabalho feito na Escola Secundária de Alvide, em Cascais, no âmbito dos cursos ligados à Animação Sociocultural.

The Mind Academy The Mind Academy
Av Dr Manuel Ricardo Espirito Santo Silva
Cascais, 2750

Welcome to The Mind Academy! Be Unique! Consulting & trainings around the world in areas of Business, Performance and Education Consulting, Training and Networking. Persuasion skills Marketing Tools Power Negotiation

Palavra de Honra Palavra de Honra
Av. Costa Pinto 27
Cascais, 2750-326

Evento FILOSÓFICO POÉTICO dedicado à Semeadura Ética no Campo Poético, em prol da Reciclagem de Ideias e da Ecologia do Ser, em Cascais. Realização: Andrea Paola

Creating Yourself - Elisabete Reis Creating Yourself - Elisabete Reis
Rua Das Amoreiras, Nº 48
Cascais, 2750-740

Uma Missão para a vida, um Projeto de Vida. Um Projeto pessoal e profissional que nasce de uma enorme vontade de proporcionar momentos de partilha, reflexão, aprendizagem e crescimento, uma abordagem diferenciadora que nos desafia a Ser mais e melhor.

Yoga Flow e CBM- Conscious Breathing Movement Yoga Flow e CBM- Conscious Breathing Movement
Casa De Santa Maria
Cascais, 2750-513

CBM - Conscious Breathing Movement ��� Aulas de Yoga Vinyasa, Hatha e Integral localizadas nas zonas do Estoril e Cascais.

Aulas de Natação e Ginástica Aulas de Natação e Ginástica
Penha Longa, Quinta Da Marinha E AHBVE
Cascais, 2785-046

Esta página serve para informar as famílias interessadas em ensinar e desenvolver os skills motores dos seus filhos. Temos para oferecer varias aulas de Natação e de Ginástica, podem ser ensinadas em particular ou em grupo.

Quinta da Bicuda - Bungalows Quinta da Bicuda - Bungalows
Rua Da Bicuda - Quinta Da Bicuda
Cascais, 2750-682

RESERVAS | RESERVATIONS: www.quintadabicuda.com [email protected]

Ser Avatar Ser Avatar
Cascais

Ser Avatar® é ter a capacidade de lidar com qualquer aspeto da vida 🎯, ser capaz dar forma aos sonhos 💫✨ e apreciar cada momento da sua existência 🤗 ❤️ Encontre aqui o seu caminho feliz 👣🙌 https://anabrisio.wixsite.com/seravatar