Unidade de Vida Selvagem - Wildlife Research Unit

https://sites.google.com/site/unidadevidaselvagem/

A Unidade de Vida Selvagem, do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro integra diversas valências na área da Ecologia Animal, incluindo o Estudo da Dinâmica das Populações Animais e dos seus Habitats, a Gestão e Ordenamento Cinegéticos e Piscícolas, a aplicação de Sistemas de Informação Geográfica à Gestão dos Recursos Naturais, a Genética Populacional e a Conservação, Valorização e Monitorização de Áreas Naturais e da sua Biodiversidade.

Arouca Geopark

No próximo dia 24 de Julho vamos estar no Arouca Geopark (https://www.facebook.com/aroucageopark/?ref=br_rs) numa actividade Ciência Viva (https://www.facebook.com/pavilhaodoconhecimento/) onde vamos aprender mais sobre os répteis desta região, sobre os mitos que os acompanham e também sobre a geologia e história de dois locais emblemáticos - a Senhora da Laje e a Mamoa da Portela da Anta. Estão todos convidados e as inscrições já estão abertas!

No dia 26 de Julho vamos em busca dos mamíferos do Arouca Geopark, numa actividade Ciência Viva. Os participantes vão ser desafiados a encontrar vestígios os mamíferos selvagens que habitam a Serra da Freita. Não percam. Podem inscrever-se aqui:
https://www.cienciaviva.pt/veraocv/comum/2019/actividadeshoje.asp?accao=showaccao&id_accao=6637

O Arouca Geopark abrange a área administrativa do concelho de Arouca sendo reconhecido pelo seu excecional Património Geológico, de relevância internacional, com 41 geossítios. Bem-vindos ao Arouca Geopark, um Geoparque Mundial da UNESCO!

Linha da Frente RTP

A próxima reportagem da "Linha da Frente" terá como foco o javali. A reportagem, com o contributo dos investigadores da UVS, será transmitida na próxima terça-feira, dia 16 de Julho, a seguir ao Telejornal! A não perder!

“A Invasão dos Javalis”
Há um risco elevado da Peste Suína Africana voltar a Portugal.
Quem o diz é a Direcão-geral de Veterinária que reforçou o nível de alerta.
A doença atinge neste momento nove países da União Europeia como a Bélgica ou a Itália.
Em Portugal o número de javalis não para de aumentar. São para cima de 100 mil animais.
Podem transmitir ao homem doenças como a tuberculose. Os especialistas falam em perigo para a saúde pública.
Na agricultura, os prejuízos provocados pelos javalis ultrapassam o milhão de Euros.
“A Invasão dos Javalis”, uma grande reportagem para ver exepcionalmente terça-feira, dia 16 de julho, logo a seguir ao Telejornal.
Um trabalho do jornalista Luís Henrique Pereira, com imagem de Luíz Flores,Ismael Marcos,Paulo Gonçalves, Carlos Pinota e edição de Rui Rufino

vimeo.com

14 - Lobo ibérico - por Eduardo Ferreira

Mais um Bio ID, desta vez com o carismático lobo ibérico, uma espécie com a qual a Unidade de Vida Selvagem tem trabalhado nos últimos 7 anos, pela voz do investigador Eduardo Ferreira. CESAM - Centro de Estudos do Ambiente e do Mar

This is "14 - Lobo ibérico - por Eduardo Ferreira" by Departamento Biologia - UAveiro on Vimeo, the home for high quality videos and the people…

RÉPTEIS: recolha de cadáveres e registos... PARTICIPEM!

Oportunidade de Missões Científicas de Curta Duração!

We are proud to announce that 2nd call for Short Term Scientific Missions has been announced today! Call is open until 1st of August! Please see conditions below! Young reasearchers and practitioners are more than welcome to apply! For all questions and connections with working group leaders please write to us! COST - European Cooperation in Science and Technology

Já estamos no Congresso Ibérico de Ciência Aplicada aos Recursos Cinegético (CICARC), que começa hoje em Cidade Real, Espanha.

link.springer.com

Reintroduction of the Iberian lynx ( Lynx pardinus): a preliminary case study in Extremadura, Spain

“Reintroduction of the Iberian lynx (Lynx pardinus): a preliminary case study in Extremadura, Spain” é o mais recente artigo da UVS, que conta como autores Ana Figueiredo, Rita Torres e Carlos Fonseca, em colaboração com a Junta de Extremadura (Espanha). O artigo apresenta o primeiro estudo comportamental realizado em linces ibéricos reintroduzidos por solta-branda, e os seus resultados destacam-se pela importância que representam para a conservação desta espécie ameaçada.
Link do artigo: https://link.springer.com/article/10.1007/s10164-019-00609-2

link.springer.com

Hoje, no 2º Seminário "Desafios da Conservação em Portugal" a decorrer na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Coimbra, Carlos Fonseca falou sobre as problemáticas da conservação de grandes mamíferos em Portugal.

rtp.pt

Biólogos da Universidade de Aveiro na pista do urso pardo

Ontem, o trabalho que temos vindo a desenvolver no âmbito da conservação do urso pardo na Cantábria, em colaboração com os nossos parceiros do Fapas-Espanha foi alvo de uma reportagem da RTP. Os nossos parceiros da Fapas trabalham em prol da conservação desta espécie, há mais de trinta anos e, nos últimos anos, temos também colaborado na monitorização e conservação deste grande carnívoro da fauna Ibérica.

rtp.pt O urso pardo que visitou o Parque de Montesinho já deve ter abandonado Portugal. Mas esta pode não ter sido a única visita nos últimos meses.

jn.pt

Biólogo defende plano ibérico de gestão das populações de urso-pardo

Carlos Fonseca, coordenador da Unidade de Vida Selvagem (Departamento de Biologia - Universidade de Aveiro e CESAM , Universidade de Aveiro) defende plano ibérico de gestão das populações de urso-pardo.

jn.pt O investigador da Universidade de Aveiro (UA) Carlos Fonseca defendeu esta quinta-feira um plano ibérico de gestão e conservação das populações de urso pardo que reúna dados sobre a biologia e ecologia da espécie.

Ontem pudemos ouvir o investigador Paulo Henrique Marinho, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que nos falou das caraterísticas, particularidades e fauna de mamíferos da Caatinga (Brasil) e partilhou conosco alguma da sua experiência com os mamíferos dessa região. Depois da palestra, tivemos uma proveitosa sessão de discussão acerca dos problemas da conservação e da necessidade e responsabilidade de os combater a nível local, regional e global.

Na próxima quarta-feira, o investigador visitante e colega Paulo Henrique Marinho, irá dar-nos a conhecer a fauna de mamíferos da Caatinga Brasileira. A palestra, no âmbito da UC BIologia e Ecologia Tropical, é aberta a toda a comunidade UA. Estão todos(as) convidados(as)!

icnf.pt

ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

Excelentes notícias.Presença de urso confirmada no Parque Natural de Montesinho!!

https://www.icnf.pt/noticias/ursopardo?fbclid=IwAR3IhVN8y2UGKjyTej2O5oOTZL8fL89KAy2-sxRkrPhCR7EGFT5WdG1TLn8

icnf.pt

link.springer.com

Assessing the complex relationship between landscape, gene flow, and range expansion of a Mediterranean carnivore

"Assessing the complex relationship between landscape, gene flow, and range expansion of a Mediterranean carnivore" é o mais recente paper da UVS, que conta como autores Tânia, João Carvalho, Carlos Fonseca e Samuel Cushman (US Forest Service, Rocky Mountain Research Station). O artigo explora os padrões genéticos do sacarrabos (Herpestes ichneumon) em função da paisagem e ao longo da sua expansão nos últimos 30 anos, indicando que nem sempre os padrões genéticos de espécies em expansão são previstos por modelos de resistência da paisagem.

Link do artigo: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs10344-019-1274-6

link.springer.com Landscape resistance is often disregarded in studies of range expansions and population connectivity. To assess those effects, we simulated the expansion of the Egyptian mongoose ( Herpestes ichneumon...

Hoje e amanhã, entre as 10h00 e as 16h00, visitem o stand da UVS no XPERiMENTA UA! Para mais informações consultar o link http://xperimenta.web.ua.pt

O quick-off meeting do projeto #LIFEWolFlux e #ELP Scaling up Western Iberian, no passado mês de março, na Guarda.

Os parceiros dos projetos #LIFEWolFlux e #ELP Scaling up Western Iberia reuniram-se na sede da Rewilding Portugal para inaugurar as atividades.

O objetivo é promover a conectividade entre as áreas naturais no #grandevaledocoa e estabelecer mecanismos de co-existência entre pessoas e grandes canívoros a sul do Douro.

Junto conosco na equipa estão Rewilding Europe , Departamento de Biologia - Universidade de Aveiro, Zoo Logical - Conhecimento, Divulgação e Conservação da Fauna.

Amanhã de manhã, no âmbito da disciplina de mestrado Biologia e Ecologia Tropical, teremos duas palestras de oradores convidados. As palestras são abertas a quem quiser participar. Não percam!

vimeo.com

08 - Javali - por Carlos Fonseca

Carlos Fonseca, coordenador da UVS, fala-nos sobre o javali, no bio ID & ciência, do Departamento de Biologia - Universidade de Aveiro

https://vimeo.com/329870409

This is "08 - Javali - por Carlos Fonseca" by Departamento Biologia - UAveiro on Vimeo, the home for high quality videos and the people who love them.

Já estamos na ObservaRia!! Até domingo, estão todos convidados a aparecer em Salreu (Estarreja), para a 4ª edição da ObservaRia, com um programa diversificado e para toda a família, com a natureza e as aves como mote. Podem visitar o nosso stand e ver todas as valências e atividades da UVS.

UVS no I workshop ibérico da investigação em tuberculose animal (Cáceres)

uaonline.ua.pt

O Zézé deixou-nos…

Obrigado por tudo, Zé.

uaonline.ua.pt Faleceu José Vingada, referência maior da conservação e gestão da Natureza em Portugal. O biólogo Carlos Fonseca, coordenador da Unidade de Vida Selvagem da Universidade de Aveiro (UA), lembra o enorme exemplo do investigador da Universidade do Minho, do Cento de Estudos do Ambiente e do Mar e...

apherpetologia.wixsite.com

APH Grants in Herpetology for 2019 | herpetos

A Associação Portuguesa de Herpetologia colocou hoje a concurso a primeira edição da bolsa APH (APH Grant 2019) para apoiar projetos que pretendam colmatar falhas de conhecimento ao nível da distribuição de anfíbios e répteis em Portugal. As candidaturas estão abertas até 20 de Março e os resultados serão divulgados a 15 de Abril. Só poderão candidatar-se sócios da APH, com quotas regularizadas até 15 de Março.

apherpetologia.wixsite.com We are pleased to announce that the first edition of the “APH Grant in Herpetology” will be made available in 2019 to support one project of up to EUR 500 orie

link.springer.com

Drivers of Psammodromus algirus abundance in a Mediterranean agroforestry landscape

“Drivers of Psammodromus algirus abundance in a Mediterranean agroforestry landscape” foi recentemente publicado na Agroforestry Systems e conta com a autoria da Joana Fernandes e do membro da UVS Luís Miguel Rosalino, em conjunto com membros da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Este artigo apresenta os factores que influenciam a abundância da lagartixa-do-mato (Psammodromus algirus) numa paisagem dominada por montado e demonstra que a reconciliação o pastoreio tradicional de gado com a conservação da vida selvagem é possível dando ainda sugestões de gestão sustentável.
link: https://link.springer.com/content/pdf/10.1007%2Fs10457-019-00348-w.pdf

link.springer.com Mediterranean European landscapes have been shaped by human activities for centuries, particularly by livestock and farming. Traditionally managed montadolandscapes have been recognized as having a...

vimeo.com

01 - Sacarrabos - por Victor Bandeira

Nova série audiovisual do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro
BIO ID & CIÊNCIA
1º episódio - Sacarrabos - por Victor Bandeira
O próximo será lançado a 22/janeiro (3ª feira)
https://vimeo.com/310156613

This is "01 - Sacarrabos - por Victor Bandeira" by Departamento Biologia - UAveiro on Vimeo, the home for high quality videos and the people who love them.

‘Escape from Oligolecty’

Com mais de 20 mil espécies descritas, as abelhas são dos grupos mais bem sucedidos no que toca ao processo de diversificação, isto é, a taxa a que surgem novas espécies menos a taxa a que as espécies se tornam extintas. Acredita-se que este fenómeno se deva à transição de uma dieta carnívora para uma dieta maioritariamente herbívora, com a alimentação de pólen a surgir como uma “key innovation” e a permitir a ocupação de novos nichos ecológicos - as plantas floridas.
No entanto, um novo estudo de finais de 2018 - “Pollinivory and the diversification dynamics of bees” - vem contrariar esta ideia. Comparando taxas de diversificação, os autores (Murray et al) verificaram que, de facto, as abelhas (como um todo) não apresentam taxas de diversificação mais elevadas que as vespas, os parentes mais próximos. Isto significa que a principal característica a separar os dois - a capacidade de polinização - não é capaz de explicar a enorme diversidade encontrada no grupo das abelhas (Anthophila).
Segundo os autores, esta grande diversidade poderá ser explicada observando um pequeno grupo de abelhas - a família Melittidae. Ao contrário do que acontece nas restantes famílias, esta é caracterizada por espécies especialistas com adaptações morfológicas ou fisiológicas distintas adaptadas a um determinado tipo de estrutura floral. Tendo em conta que o ancestral comum a todas as abelhas terá sido também uma espécie especialista, estes novos resultados sugerem que terá sido a transição de espécies especialistas para espécies com requisitos florais mais abrangentes que permitiu o aumento da diversidade no grupo das abelhas, ao invés do que acontece na família Melittidae que, limitada pelos requisitos impostos pela especialização em determinadas estruturas florais, apresenta um número reduzido de espécies (n = 203) relativamente às restantes famílias de abelhas (n = ~20,000). Isto terá permitido às abelhas fugir da “oligolecty” e tornar-se no grupo polinizador mais dominante.

Ver o artigo na íntegra:
Murray EA, Bossert S, Danforth BN. 2018 Pollinivory and the diversification dynamics of bees. Biol. Lett. 14: 20180530. http://dx.doi.org/10.1098/rsbl.2018.0530

Um javali (Sus scrofa) capturado por uma das nossas câmaras no campo.

wilderness-society.org

Isolated Sierra Morena wolf population officially extinct

Sad news. The isolated Sierra Morena wolf population officially extinct.

https://wilderness-society.org/isolated-sierra-morena-wolf-population-officially-extinct/?fbclid=IwAR3bNl950ZVEXrPDKaAdc2m6k2VofwZBYtD6uZFcRnyfRWiIcoRiwAUD98g

wilderness-society.org The Sierra Morena used to be home to the most southern distribution of the Iberian wolf. The iberian wolves, a subspecies of the European wolf, can be found in northern Portugal and north-western S…

publico.pt

Morreu mais um lince-ibérico atropelado perto de Mértola

“Morreu mais um lince-ibérico atropelado perto de Mértola
É o segundo lince a morrer atropelado no mesmo local, na estrada nacional 122, num período de meses. Sobe assim para quatro o número de atropelamentos de linces-ibéricos libertados no Vale do Guadiana, desde 2015. No final de 2014, os primeiros linces foram libertados num cercado de adaptação em Mértola e, em Fevereiro do ano seguinte, abriram-se as portas deixando-os ir para o meio natural.
(…) o ICNF sublinha que a taxa de sobrevivência dos exemplares reintroduzidos pelo projecto Life Iberlince em Portugal continua a ser alta (cerca de 75%).
Apesar de, em 2018, terem morrido também duas fêmeas (…), o ICNF faz um balaço positivo do ano de 2018 para esta espécie em Portugal, referindo os esforços de monitorização da população de linces, assim como o nascimento de 29 crias em meio natural e a estabilização de 11 fêmeas reprodutoras.”

publico.pt É o segundo lince a morrer atropelado no mesmo local, na estrada nacional 122, num período de meses. ICNF admite que aquele é 'um ponto negro' de atropelamentos para a espécie.

Em 2050 existirão cerca 10 mil milhões de pessoas no mundo, mais 3 mil milhões que em 2010. Que medidas poderão ser adotadas para uma produção de alimentos sustentável, sendo que a atividade agrícola e alterações do uso do solo associadas, atualmente, já contribuem para ¼ das emissões de gases com efeito estufa anuais e ocupam quase metade da área terrestre. O World Resources Institute (WRI) lançou o relatório “Creating a sustainable food future: A menu of solutions to feed nearly 10 billion peope by 2050”. Considerando a manutenção das taxas de crescimento e modos de produção usuais de alimentos observados até 2010, os autores estimaram quais as necessidades de aumento: da produção de alimentos, área de solo necessário alocar à agricultura e, de emissões de gases com efeito estufa inerentes a este aumento da atividade agrícola, de modo alimentar a humanidade em 2050. Com esta informação base desenvolveram um novo modelo onde são testados vários cenários que permitam alimentar a população mundial de forma sustentável nesse futuro, mantendo o aumento global da temperatura abaixo dos 2ºC ou o ainda mais ambicioso e necessário teto de 1,5ºC.
Após a análise dos dados atuais e das projeções os autores sugerem várias opções que apresentam em 5 “pratos” principais:

1. Reduzir o acréscimo da demanda por alimento e outros produtos agrícolas
2. Aumentar a produção de alimentos sem expandir a área agrícola
3. Proteger e restaurar os ecossistemas naturais e limitar as mudanças no uso do solo agrícola
4. Aumentar a disponibilidade de recursos piscícolas
5. Reduzir as emissões de gases com efeito estufa associados à produção agrícola

Com o conjunto de soluções exploradas no relatório os autores prevêem ser possível um desenvolvimento sustentável para a alimentação que implicará certamente a tomada rápida de ações pelos governos, sociedade civil e sector privado.

Fique a saber mais sobre as sugestões exploradas em:

https://www.wri.org/blog/2018/12/how-sustainably-feed-10-billion-people-2050-21-charts

Relatório síntese: https://wriorg.s3.amazonaws.com/s3fs-public/creating-sustainable-food-future_0.pdf?_ga=2.98495709.352225459.1544443553-349473489.1543936971

Quer que o seu escola/colégio seja a primeira Escola/colégio em Aveiro?

Clique aqui para solicitar o seu anúncio patrocinado.

Vídeos (mostrar todos)

Atlas dos pelos dos mamíferos terrestres ibéricos

Localização

Categoria

Entre em contato com a escola/colégio

Endereço


Departamento De Biologia, Universidade De Aveiro
Aveiro
3810-193 AVEIRO
Outra Escola em Aveiro (mostrar todos)
EPA - Curso de Comunicação-Marketing EPA - Curso de Comunicação-Marketing
Aveiro

Esta página de divulgação do Curso de Comunicação da EPA respeita a liberdade de expressão e opiniões diversas sendo que os posts ou comentários são, por isso, dos seus autores. Todas as boas participações são bem vindas!

MUSA - Escola de Música e Artes de Aveiro MUSA - Escola de Música e Artes de Aveiro
RUA DR. JOÃO DE MOURA 41 A
Aveiro, 3800 - 157

Escola de Música, Teatro e Artes

International House Aveiro International House Aveiro
International House Aveiro, Rua Domingues Carrancho 1.
Aveiro, 3800-145

IH Aveiro is part of the International House World Organisation. 35 years of quality language teaching in Aveiro.

A Modelo Escola Condução A Modelo Escola Condução
Lobão
Aveiro, 4505-473

ESJE | Ensino Profissional ESJE | Ensino Profissional
Avenida 25 De Abril
Aveiro, 3811-901

Letras com Arte Letras com Arte
Centro Paroquial De Espargo
Aveiro

Centro de Explicações, apoio ao estudo e férias escolares. Festas e Aniversários.

IEEE UA Student Branch IEEE UA Student Branch
Sala 4.1.32 - DETI - Universidade De Aveiro,
Aveiro, 3810-193

Somos um ramo do IEEE PT na Universidade de Aveiro, responsáveis por várias atividades, concursos, workshops e muitos outros eventos na nossa comunidade!

Aquém Estude Aquém Estude
Rua Do Sul, Nº6, Gafanha De Áquem, Ílhavo
Aveiro, 3830 - 018

Centro de Estudos com explicações e acompanhamento ao estudo, para todos os anos de escolaridade e todas as áreas de saber. [email protected]

Louroestudos Louroestudos
Lourosa
Aveiro, 4535-021

Centro de explicações para todos anos.

SmArt Boom Escola de Belas Artes SmArt Boom Escola de Belas Artes
Rua Do Senhor Dos Milagres, 11
Aveiro, 3800-261

Aulas em módulo mensal ou pontual -Workshops - de Belas Artes: técnicas de pintura, escultura, desenho, bordado, oficina de teatro. PARA TODAS AS IDADES!

Eu já fui aluno da Escola Profissional de Aveiro Eu já fui aluno da Escola Profissional de Aveiro
Aveiro

Se já foste ou és aluno da Escola Profissional de Aveiro , Clica Gosto :)

CSPGE CSPGE
Gafanha Da Encarnação
Aveiro, 3830-516