Professor Filipe Couto

Professor Filipe Couto

Educação e Cultura. Língua e Literatura. Informação e Reflexão. Página pessoal de Filipe Couto. Diretor Pedagógico das Escolas Próprias da SOMOS Educação.

Professor e autor de Redação, Língua Portuguesa, Literatura Brasileira e Portuguesa. Co-autor do projeto editorial e pedagógico do Sistema de Ensino pH. Especialista em orientação educacional e processos de ensino e aprendizagem.

* As opiniões aqui retratadas não necessariamente refletem aquelas das instituições em que trabalho.

30/11/2017

Atenção:

Dando continuidade ao resgate da leitura de livros de literatura nos Exames de Qualificação e Discursivo, o Departamento de Seleção Acadêmica da UERJ – DSEA convida todos a visitarem o site da Revista Eletrônica do Vestibular da UERJ e participarem da consulta pública dos livros de literatura que serão indicados para o Vestibular 2019.

Vote até o dia 20 de dezembro no endereço eletrônico http://www.revista.vestibular.uerj.br/enquete/

02/10/2017

(02/10)
O que de mais interessante saiu na imprensa na última semana, sobre Educação e Gestão Escolar!
Basta clicar no link: https://goo.gl/4EkaB5

25/09/2017

(25/09)
O que de mais interessante saiu na imprensa na última semana, sobre Educação e Gestão Escolar!
Basta clicar no link: https://goo.gl/vpK4RD

26/08/2017

[ENEM] A RELAÇÃO ENTRE NÚMERO DE ACERTOS E A NOTA FINAL EM TRI

A TRI, modelo que serve como referência para as notas do Enem, privilegia a coerência das respostas dos alunos.

Por isso, candidatos com o mesmo número de acertos podem ter notas diferentes. O candidato que acerta apenas 15 questões fáceis, por exemplo, tem nota (muito) maior que aquele que acerta apenas 15 questões difíceis, errando as fáceis e médias.

Dou exemplo do Enem de 2013:

A maior diferença foi registrada entre candidatos que acertaram 17 itens (de 45) na prova de Matemática do Enem 2013. A nota máxima, nesse patamar de acertos (17 acertos de 45), foi de 694,4 pontos e a mínima, de 350,5.

A nota máxima (45 acertos em 45 itens) foi 971,5.
A nota mínima (0 acerto em 45 itens) foi 322,4.

- Ou seja, acertar as 17 questões mais fáceis da prova dá ao candidato 71,5% da nota máxima possível, embora o aluno só tenha acertado cerca de 38% dos itens da prova.

- Acertar apenas as 17 questões mais difíceis da prova dá ao candidato apenas 30 pontos além da nota mínima, deixando-o próximo de quem errou todos os itens do exame.

Outros casos:

- Em ciências da natureza, entre os candidatos com 16 acertos a maior coerência pedagógica obteve a nota de 638 pontos e outro(s) com a menor coerência pedagógica obteve uma nota de 356 pontos.

A nota máxima (45 acertos em 45 itens) foi 901,3.
A nota mínima (0 acerto em 45 itens) foi 311,5.

- Em linguagens e códigos, para quem fez opção pelo inglês, para um candidato com 15 acertos, a nota variou de 337 a 503 pontos.

A nota máxima (45 acertos em 45 itens) foi 813,3.
A nota mínima (0 acerto em 45 itens) foi 261,3.

- Os candidatos com 14 acertos tiveram uma nota na área de ciências humanas entre 338 e 568 pontos.

A nota máxima (45 acertos em 45 itens) foi 888,7.
A nota mínima (0 acerto em 45 itens) foi 299,5.

22/08/2017

Atenção:

Estão abertas as inscrições para o Teste de Habilidade Específica (THE) da UFRJ no período entre 11/9 e 18/9. A realização do Teste é indispensável para o acesso à graduação 2018 dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas - Direção Teatral, Composição de Interior, Composição Paisagística, Comunicação Visual Design, Dança, Desenho Industrial - Projeto de Produto, Bacharelado em Música e Licenciatura em Música.

Mais informações em http://acessograduacao.ufrj.br/

07/08/2017

Não haverá prova de Português Instrumental na segunda fase da UERJ este ano.

Aumenta a importância da leitura de Dom Casmurro para que seja feita uma boa redação.

01/08/2017

"Governo autoriza abertura de 11 novos cursos de medicina no Sul e Sudeste": http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2017/08/1906238-governo-autoriza-abertura-de-11-novos-cursos-de-medicina-no-sul-e-sudeste.shtml

PR
Campo Mourão - Faculdade Integrado de Campo Mourão - 50 vagas
Pato Branco - Faculdade de Pato Branco - 50 vagas

RJ
Angra dos Reis - Universidade Estácio de Sá - 55 vagas

RS
São Leopoldo - Universidade do Vale dos Sinos - 65 vagas
Novo Hamburgo - Universidade Feevale - 60 vagas

SP
Araras - Faculdade São Leopoldo Mandic - 55 vagas
Guarulhos - Universidade Nove de Julho - 100 vagas
Mauá - Universidade Nove de Julho - 50 vagas
Osasco - Universidade Nove de Julho - 70 vagas
Rio Claro - Faculdade Claretiano - 55 vagas
São Bernardo do Campo - Universidade Nove de Julho - 100 vagas

9_26_06_2017.pdf 26/06/2017


Toda segunda-feira, o que de mais interessante saiu na imprensa na última semana, sobre Educação e Gestão Escolar!
Basta clicar no link: https://goo.gl/XRkPfK

9_26_06_2017.pdf

8_19_06_2017.pdf 19/06/2017


Toda segunda-feira, o que de mais interessante saiu na imprensa na última semana, sobre Educação e Gestão Escolar!
Basta clicar no link: https://goo.gl/axj9vy

8_19_06_2017.pdf

6_05_06_2017.pdf 08/06/2017


Toda segunda-feira, o que de mais interessante saiu na imprensa na última semana, sobre Educação e Gestão Escolar!
Basta clicar no link: https://goo.gl/yMTCEq

(programei pro dia errado a publicação!)

6_05_06_2017.pdf

Timeline photos 05/06/2017

Vestibular PUC - Rio!

Timeline photos 01/06/2017

"O Departamento de Seleção Acadêmica (DSEA) e a Sub-Reitoria de Graduação da UERJ (SR-1) anunciam o 1º Ciclo de Palestras de Literatura no Vestibular, onde serão discutidos os livros de literatura escolhidos, em consulta pública, para o Vestibular Estadual 2018.

As palestras ocorrerão no auditório 11, localizado no 1° andar do Pavilhão Reitor João Lyra Filho, no Campus Maracanã, às 15h. As inscrições, que são gratuitas, devem ser feitas no endereço eletrônico http://ciclodepalestras.dsea.uerj.br/

Cada evento terá duas horas de duração e será transmitido ao vivo. Para assistir online, não é necessário fazer a inscrição previamente."

Timeline photos 01/06/2017

Muito orgulho de participar junto com o time do Colégio Maxi - Cuiabá e da ECSA - Escola Chave do Saber de um programa da maior relevância: o Rumo Certo - Saúde para a Vida.

Alimentação, desenvolvimento corporal, sexualidade, identidade, álcool e outras dr**as - tudo discutido com base em princípios e consequências, ampliando o repertório dos jovens para que eles tomem decisões seguras, buscando apoio da família.

Nossos professores serão formados por um time de pesquisadores e educadores da Unesp, todos especialistas no tema, para tratar desses assuntos delicados com a propriedade que só o rigor científico e a sensibilidade humana podem dar.

Reforço: muito, muito orgulho. É uma nova educação que surge!

Pulo para o futuro 30/05/2017

Excelente especial da Folha de SP sobre a educação.

Link alternativo: https://goo.gl/6EoQe4

Pulo para o futuro Se a Base Nacional Comum Curricular avança ao propor o ensino investigativo, voltado à solução de problemas e às demandas do século 21, a formação do professor brasileiro ainda se dá como no século 19

29/05/2017

Aos vestibulandos, às minhas gotinhas:

Começou o SiSU 2017/2. Como o troço não é fácil, seguem dez recomendações:

1 - A mais importante: não percam prazos: http://sisu.mec.gov.br/

2 – Para participar do processo seletivo, o estudante deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio 2016 (Enem) e não pode ter tido nota zero na redação.

3 – Cursos que exigem THE não estão no SiSU. As chamadas são feitas pelas próprias universidades.

4 - Vocês vão selecionar duas opções de curso. Ao final de cada dia, o sistema divulga a nota de corte provisória e sua posição entre os concorrentes.

Se pessoas com notas mais altas que as suas resolverem, no penúltimo dia, por exemplo, inscrever-se no seu curso, você será jogado para baixo na classificação.

Assim, é preciso olhar as notas todos os dias para analisar concretamente como anda a sua situação e, se convier, mudar de opção. Até o final do SiSU você pode mudar suas opções quantas vezes quiser.

Atenção: Algumas universidades adotam pesos para cada área no cálculo da nota final.

5 - Após a primeira e única chamada (chamada regular), o candidato deve MANIFESTAR INTERESSE em entrar na LISTA DE ESPERA (não perca o prazo!) para preencher as vagas que, talvez, não tenham sido ocupadas.

A participação na lista de espera somente poderá ser feita na PRIMEIRA OPÇÃO de vaga do candidato.

Repare: VOCÊ tem que manifestar o interesse, inscrevendo-se no site do SiSU, dentro do período estabelecido.
Mais um detalhe: a divulgação das chamadas da LISTA DE ESPERA cabe às UNIVERSIDADES. É preciso, então, acompanhar os sites das próprias universidades e os editais que elas lançaram. Não é possível dizer quantas chamadas serão realizadas por cada universidade na lista de espera.

6 – A lista de espera vale apenas para sua primeira opção. Então, seguem algumas DICAS importantes:

a) Só há sentido em se inscrever, nessa segunda opção, num curso em que vocês, de fato, queiram cursar e que, com certeza, tenham nota para passar.

Um exemplo: se, no último dia do SiSU, você está na posição 190 de um curso que oferece 70 vagas, não adianta colocá-lo como segunda opção. Por quê? Porque, na única chamada em que vale essa segunda opção, serão convocados, no máximo, 70 alunos. É improvável que 120 pessoas desistam no último dia para que você entre.

O candidato selecionado em sua segunda opção, tendo ou não efetuado a respectiva matrícula na instituição, poderá manifestar interesse em participar da lista de espera no curso que escolheu como primeira opção.

Assim, se o candidato já matriculado na sua segunda opção for convocado na lista de espera em sua primeira opção (por desistência de candidatos selecionados, por exemplo), a realização da matrícula na vaga da primeira opção implicará o cancelamento automático da matrícula efetuada anteriormente na segunda opção.

b) Escolha como primeira opção um curso que você realmente quer e no qual está bem classificado, com alguma possibilidade de passar na lista de espera.
Lembre-se de que são muitas as reclassificações. Isso ocorre porque é muito comum que estudantes de outros estados brasileiros escolham universidades fluminenses, e não venham fazer matrícula, gerando um grande número de vagas ociosas. Também não é raro que candidatos se inscrevam no SiSU e se retirem do processo ao passarem para UERJ, Unicamp ou USP.

Vou dar um exemplo, referente a um dos cursos mais concorridos do Brasil: MEDICINA na UFRJ (ampla concorrência).

Percebam como a nota de corte cai da primeira chamada para a última chamada da lista de espera.
UFRJ - PRIMEIRA CHAMADA (SiSU 1/2016): 824,74.
UFRJ - QUINTA CHAMADA DA LISTA DE ESPERA (SiSU 1/2016): 813,66.

7 - Algumas instituições (UFRJ, UFF e Unirio, por exemplo) vão oferecer vagas apenas para o 1º semestre. As vagas para o 2º semestre serão preenchidas no SiSU do meio de 2017 (data a ser divulgada). As notas do Enem de 2016 continuam valendo.

Mais: são processos independentes! Você pode estar matriculado, por exemplo, em Direito numa universidade pelo primeiro SiSU e, no do meio de ano, inscrever-se novamente e optar por Comunicação Social.

Outra observação óbvia: as notas do SiSU de meio de ano costumam ser mais baixas que as notas do SiSU do início do ano.

Lembram-se do exemplo acima, de Medicina, na UFRJ? Então, na QUINTA CHAMADA DA LISTA DE ESPERA (SiSU 2/2016): a nota de corte foi 798,61.

8 - Observem as notas de corte de anos anteriores. Mas lembrem-se de que elas não são referência segura para este ano.

9 – Muito mais importante que analisar as notas de corte, é observar o número de reclassificados dos anos anteriores.
Volto ao exemplo de Medicina na UFRJ (ampla concorrência) no SiSU 1 de 2016. Lembram que eu disse que, na quinta chamada, entrou um candidato com nota 813,66? Sabe qual a posição dele na lista de espera? 41º! Ou seja, foram convocadas 50 pessoas na chamada regular e, devido às ausências, tiveram que chamar mais 41 pessoas!
Querem ver algo mais curioso? No SiSU 2 de 2016, passou para Medicina na UFRJ o 151º da lista de espera! Isso mesmo: 50 convocados na chamada regular, mais 151 depois!
Minha dica, então, é: pesquisem todos os sites de todas as universidades que vocês querem, para saber quantas reclassificações costumam existir! Procurem saber quantas pessoas têm que desistir para que vocês possam se matricular. Esse é um dado importantíssimo para decidir que curso colocar como 1ª opção!

10 - Infelizmente, amigos e amigas, SÓ VOCÊS PODEM DECIDIR QUE ESCOLHAS VÃO FAZER. Nós, professores, não podemos tomar nenhuma decisão por vocês. Podemos orientar, e é isso que este post faz.

Pesquisem muito, fiquem atentos, conversem com a família.
Persistindo dúvida, consulte o site do SiSU ou telefone para 0800-616161.

Estamos juntos até o final! Somos pH!

Beijos e abraços!

Sisu - Sistema de Seleção Unificada O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é o sistema informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Want your school to be the top-listed School/college?

Website