Inês Maria Gonçalves - Psicologia do Desenvolvimento

Porque nunca é cedo demais, aqui cuidamos das emoções desde o início! Pretende-se ajudar os pais Inês Maria Gonçalves | Psicóloga Clínica

Sou licenciada em Psicologia Clínica pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), pré-bolonha, com formação em Psicoterapia e diversas certificações na área da Psicologia Infantil, Parentalidade, Gravidez.

Funcionando normalmente

07/07/2020

Por aqui desconfinamos gradualmente e a pequenos passos. E à medida que vou conciliando o trabalho com os miúdos, brincamos estimulando a responsabilidade e a autonomia. Além de terem um gosto imenso por sentirem que fazem parte da dinâmica de sair de casa, andam com especial orgulho cada um com a sua mochila, cada um com as suas coisas.
Por vezes não damos conta, mas as pequenas coisas têm tanto valor 🙌

02/07/2020

De energias renovadas! Desengane-se quem pensa que o online é fácil, só ligar um PC ou tlm ... Para mim acaba por ser mais exigente, pois sinto necessidade, de alguma forma, "compensar" o calor que essa proximidade nos dá. Mas aprendi, e muito, que não só é possível, como efetivo (sem perder a afetividade) quando ambas as partes estão motivadas. Certamente que continuarei a adoptar o online, principalmente porque me permite conciliar com a vida familiar muito mais facilmente.

Hoje é dia de presencial! Já estou preparada para mais um dia na clínica. Estou a retomar as consultas presenciais, aos poucos, com as devidas precauções e medidas de proteção recomendadas.

Não há nada que se compare à sensação de fazermos o que gostamos 🥰 @ Sines, Portugal

01/07/2020

As últimas semanas foram dedicadas a um grupo de mães que, com muita energia e intensidade embarcaram na viagem do curso online "Os País que Queremos Ser". Foram 4 semanas a guiar este grupo no caminho de aceitação da nossa maravilhosa imperfeição, a encorajar esta nossa humanidade e coragem de sermos reais, ao mesmo tempo que repensamos padrões e novas formas de encontrar a tão desejada conexão com os nossos filhos. Fazer escolhas e tomar decisões conscientes, focadas em soluções com base no respeito pelas crianças e por nós próprias, traz-nos uma tranquilidade sem igual.

Sinto-me uma verdadeira privilegiada por poder caminhar ao lado destas mães incríveis que não só querem o melhor para os seus filhos, e que querem ajudá-los a crescer, seguros e confiantes, aproveitando cada desafio como uma verdadeira oportunidade ♥️

Agora, retomo energias 😉

bestcareagency.pt 28/05/2020

OS PAIS QUE QUEREMOS SER - BestCareAgency

O que fazer quando as crianças não conseguem lidar com a frustração ❓

Efetivamente, ninguém é responsável pelas emoções de ninguém, contrariamente ao que muitas vezes nos querem fazer acreditar (quantas vezes não te sentiste responsável por aquilo que o teu filho sente?!) No entanto, enquanto adultos, temos um outro tipo de responsabilidade: ajudar a criança a identificar seus sentimentos e em promover formas saudáveis de lidar com suas próprias emoções. Ao mesmo tempo que lhe mostramos que aquilo que sentimos é passageiro e que está relacionado apenas àquela situação.

É-nos tão fácil desconsiderar os sentimentos das crianças, como se elas não pudessem ou não tivessem o direito de sentir. Agimos como se já tivessem de saber lidar com suas emoções. Mas se as ensinamos tudo o resto: a comer com a colher, a falar,a ler e a escrever, etc., porque deixamos esta exigência tão pesada sobre elas?! Podemos facilitar-lhes este caminho, mostrando-lhes que elas são tão humanas quanto nós!

🎈 Valida os seus sentimentos.
🎈 Mostra-lhe que as emoções são normais e bem-vindas (e até nos podem ensinar muitas coisas). A maior das questões é: o que fazemos com o que sentimos??
🎈 Separa o sentimento do comportamento em si! Sentir o que sentimos é totalmente legítimo, mas o que fazemos em resultado disso…nem tudo está bem!

Queres saber mais sobre estratégias SUPER práticas para ajudares os teus filhos e para te facilitar a vida? Inscreve-te já no curso online, que vai começar já no dia 5 Junho! 👇👇👇

bestcareagency.pt Para todas as mães e pais que se estão a sentir desafiados pelas lutas de poder com as crianças, lamentos e atitudes negativas.

26/05/2020

Há dias recebi, em tom de desabafo, um comentário de uma mãe: ”Inês, ontem passei-me completamente! Gritei tanto com o meu filho que acabei por ficar sem voz! Olha, fiquei mesmo frustrada, participei na tua semana de desafio, li tudo e vi todos os vídeos e na hora H não consegui pôr nada em prática! E como o filho estava mesmo ao lado enquanto falamos, disse “não é filho, ontem a mãe perdeu o controlo”.
Isto já te aconteceu? Investires o teu tempo a ouvir, ler, a participar em atividades, como o nosso desafio, sobre como nos pode ajudar com os nossos filhos nestes momentos difíceis e, mesmo assim, parece que continua tudo na mesma?!

Deixa-me dizer-te, antes de mais, não há pais perfeitos! Para já, como se costuma dizer, a perfeição é a maior inimiga do que é bom. Depois, se formos pais perfeitos, que nunca falham, o que lhes estamos a dizer? Elevamos a fasquia a algo impossível de conquistar. No mínimo, injusto…
Estes tempos que vivemos sem precedentes, que nos obrigou a ficar em casa, a trabalhar ao mesmo tempo que cuidamos incessantemente dos filhos e que, naturalmente, ficaram numa exigência em crescente, podem deixar qualquer um numa vivência de exaustão.

Então, se perdeste a cabeça com o teu filho (com o teu filho ou colega de trabalho), pára de te culpar! Só há uma coisa a fazer…aceita e acolhe a tua imperfeição! Erraste? Ok…ótimo! Os erros são as melhores oportunidades para aprender (isto também vale para os adultos!)

Somos natural e humanamente imperfeitos e erramos muitas vezes. No entanto, temos sempre uma escolha: ou ficamos a viver essa culpa em loop ou aprendemos com o que fazemos para fazer diferente numa próxima vez. O que fazemos com os nossos erros é muito mais importante do que propriamente o erro em si. E esta mãe fê-lo de uma forma que nem se apercebeu na altura, ao dar voz ao que aconteceu com ela própria “a mãe perdeu o controlo”. Para mim, não há melhor exemplo! E isto também é fazer uma prática positiva da parentalidade.

Não nos esqueçamos de nós e dos nossos limites, apresenta-los de forma firme e gentil é uma forma de nos respeitarmos a nós próprios e modelar o respeito pelos outros.

Não nos esqueçamos dos nossos momentos exclusivos, e tentar encontra-los onde for possível, pois nos últimos tempos perdemos aquele momento em que conduzíamos sozinhos, íamos no elevador sozinhos, tomávamos um café sozinhos, enfim, momentos de pausa só nossos em que podemos escapar ao barulho, ao “ruído” da presença constante do outro e, ainda, as exigências das crianças, que parecem nunca acabar. Perante tudo isto, quem é que não perde a cabeça??

❗️ Faz uma pausa. Sejam 2 minutos, duas horas ou dois dias. Encontra a tua fonte de oxigénio onde for possível!

❗️Erraste? Põe a culpa de lado, assume a tua responsabilidade e foca-te nas soluções!

15/05/2020

Dia da Família.
O primeiro dia em que decidiram, por eles, dormir juntos. Cada um preza e sabe preservar muito bem o seu espaço, e nos últimos meses têm-se vivido um ao outro com toda a intensidade e união. Hoje encontraram o aconchego no colo um do outro ♥️

bestcareagency.pt 15/05/2020

OS PAIS QUE QUEREMOS SER - BestCareAgency

São muitos os pais que me procuram com o coração destroçado e até bastante cansados, acima de tudo nesta fase de confinamento, em que os comportamentos desafiantes das crianças se acentuaram. Seja porque as crianças estão mais sensíveis e há muito mais birras ao longo do dia, seja porque se recusam mais a colaborar, seja porque estão mais exigentes em termos de atenção… E como pais preocupados em dar o seu melhor, não deixam de se envolver neste novelo de emoções.

Por muito normais, expectáveis e até fazendo parte de determinada fase do desenvolvimento, alguns comportamentos das crianças não deixam de ser difíceis de lidar só por isso. E os pais não deixam de se sentir profunda e emocionalmente afetados, só por isso! E muitas vezes sem saber mais o que fazer...até porque ninguém está 24 horas por dia em condições de estar conectado e totalmente sensível ao outro!

Mesmo, conscientemente, desejando e fazendo o melhor que sabem, os pais passam grande parte do tempo a criar limites, a “ensinar lições” e, muitas vezes, a forma como o fazem criam barreiras à relação, fazendo, com que assim nasçam as maiores lutas de poder e os ciclos de “mau comportamento”. E isto, imagine-se, porque apenas querem o melhor para os filhos (mas porque não percebem a nossa intenção e ainda reagem pior?!) !!!

Por isso mesmo criei este curso de 4 semanas, para munir as famílias com muitos recursos para que possam viver até os momentos de conflito com propósito!

https://bestcareagency.pt/os-pais-que-queremos-ser

bestcareagency.pt Para todas as mães e pais que se estão a sentir desafiados pelas lutas de poder com as crianças, lamentos e atitudes negativas.

13/05/2020

Os pais que queremos ser apresentação

Quantas vezes por dia pensas ou até dizes, já em tom de desespero "oh filho, todos os dias a mesma coisa?!..."

❗️"De cada vez que lhe digo para fazer alguma coisa, das duas uma: ou é uma birra ou parece que não me ouve"
❗️"Se lhe digo que está na hora de desligar a televisão, é uma berraria"
❗️ "Na hora de ir tomar banho, recusa-se a ir, inventa mil e uma desculpas..e na hora de sair já diz que não quer"
❗️ "Na hora da refeição ou não quer comer, ou é porque não gosta ou não presta...ou fica a olhar para o prato de cada vez que dizemos para comer"

E tantos outros exemplos daquilo que pode gerar verdadeiras guerras em todas as casas com crianças.

Também ficas com os cabelos em pé com tantas birras, gritos e espernear?!

Não, não é só o teu filho...
Não, não é só em tua casa...
Não, não estás sozinha...
E não, ainda não fizeste tudo, acredita!
Muito menos tens que continuar a sentir-se cansada, exausta! com as birras, expressões negativas, gritos e contorcionismos nestes momentos de grande desafio e que sentes que te põem à prova enquanto mãe.

Desenhei este programa, com encontros ao vivo (online) e muitas estratégias e dicas exatamente para te apoiar! É um acompanhamento onde a cada semana vais encontrar a tua forma única de te relacionar pela positiva com os teus filhos, principalmente na gestão de comportamentos desafiadores.

Para saberes mais, visita a página: https://bestcareagency.pt/os-pais-que-queremos-ser/

11/05/2020

Inês Maria Gonçalves - Psicologia do Desenvolvimento's cover photo

bestcareagency.pt 11/05/2020

OS PAIS QUE QUEREMOS SER - BestCareAgency

Após uma semana incrível com o Desafio – Compreender os miúdos em 5 dias, com a participação e partilha de mães incríveis, estão oficialmente abertas as inscrições para o meu 1º programa 100% online - Os Pais Que Queremos Ser!

Totalmente online, mas comigo deste lado a acompanhar-te passo-a-passo na aprendizagem de ferramentas que incentivam os teus filhos a pensar por si mesmos, a tornarem-se mais responsáveis e a terem um maior respeito por si mesmos e pelos outros.

Um programa de 4 semanas baseado nos pressupostos da educação e disciplina positiva, que utiliza métodos baseados no respeito, que incorporam a gentileza e a firmeza ao mesmo (sim, é possível!), que ajudam os pais a compreender o mau comportamento de seus filhos, trazem mais alegria e tranquilidade para a vida em familia e proporcionam aos pais uma sensação de realização e conquista!

Queres saber mais? 👇

bestcareagency.pt Para todas as mães e pais que se estão a sentir desafiados pelas lutas de poder com as crianças, lamentos e atitudes negativas.

07/05/2020

Tem sido uma semana e tanto com este desafio de 5 dias quase a terminar. Além do cansaço que esta gestão tem trazido (além dos miúdos em casa, conciliar com horário de trabalho possível, enfim...vocês sabem!), tem trazido uma satisfação imensa poder partilhar estes temas.
Hoje foi o 4º dia do desafio, em que fiz um convite a um olhar mais ALÉM do que é diretamente observável: os motivos que poderão estar por detrás dos comportamentos "terríveis". Trouxe este tema, pois ao entendê-los como uma forma de comunicar necessidades, muitas vezes emocionais, não atendidas, temos a oportunidade de, mais facilmente, interpretá-los como um "grito de ajuda", mais do que uma afronta...E a partir daqui, dar a nossa mão 😊

O comportamento É uma forma de comunicação e, principalmente, em crianças mais pequenas, é a linguagem que elas utilizam para transmitir o que precisam, mesmo que por portas travessas que nos obriga a alguma interpretação.

Se o comportamento que vemos é a solução que a criança encontra para comunicar um problema que não vemos... Como lhe respondes ❓

Deixa aqui o teu comentário 👇👇👇

06/05/2020

Quantas vezes ficas de dentes e punhos cerrados, tensa, com vontade de chorar e de trancar sozinha na casa de banho, cansada, exausta com o que os teus filhos te fazem sentir? Deixa-me dizer-te que estes podem ser sinais de stress e sobrecarga e é muito importante dar-lhes a devida atenção!

Todos os dias tentas ser a melhor mãe e podes até sentir que estes sentimentos e sensações são contra-natura ("ele é meu filho, desejei-o tanto, não me deveria sentir assim"). Com isto vem uma culpa imensa, quando te sentes ressentida e com raiva em relação aos comportamentos desafiantes do teu filho

Deixa-me dizer-te....É NORMAL!!!

No entanto, é um sinal muito importante, um alerta de que tens que ser cuidadosa na forma como vais agir (para evitar o impulso de que mais tarde te podes arrepender), mas acima de tudo, que tens que cuidar de ti própria.

Se sentires aquela vontade de gritar, castigar ou até de dar uma palmada ao teu filho, certifica-te de que cuidas de ti primeiro! Na verdade, aquilo que estás a sentir nesses momentos acaba por ter muito mais a ver contigo do que com eles....

Faz uma Pausa! Vai apanhar ar! Conecta-te contigo!

A exaustão e a frustração podem levar até os melhores pais do mundo a dizer e a fazer coisas que mais tarde se arrependem. OK! Errar é humano! Mas por isso mesmo, o melhor é investir em ti, no tempo necessário para te sentires melhor...para, depois, fazeres o teu melhor.

Estamos juntas ❤️

06/05/2020

A Conexão é uma poderosa ferramenta que permite que a mensagem do Amor seja recebida. Que permite o envolvimento necessário para, depois, corrigir o comportamento. É possível ensinar aos nossos filhos O QUE FAZER e quais as nossas expectativas em relação a eles, mas apenas quando estão emocionalmente disponíveis à aprendizagem (quando o cérebro emocional e o racional estão em equilibrio). Um momento ótimo também proporcionado pela Conexão 🥰

Como te ligas e envolves na "história" do teu filho?

04/05/2020

Porque o que fazemos HOJE conta para AMANHÃ! ❤️

No geral e no dia-a-dia vivemos a nossa parentalidade em "piloto automático", mas uma vez por outra é importante pararmos para ligar ou reiniciar o nosso "gps parental" para ficarmos mais conscientes no que diz respeito ao que mais desejamos e para onde queremos guiar os nossos filhos.

Não é segredo que chegar a esse destino leva tempo, prática, muitas tentativas e erros e toda uma aprendizagem, sempre, lado-a-lado: a ensinar, incentivar e a modelar.

Já ligaste o teu "GPS parental"?

03/05/2020

A todas as mães, que todos os dias se superam, que dão o seu melhor e se comprometem a este papel de guiar os seus filhos na vida com tudo o que têm ❤️

bestcareagency.pt 02/05/2020

DESAFIO 5 DIAS - BestCareAgency

Ainda vais a tempo para garantir o teu lugar neste Desafio - Compreender os Miudos em 5 dias! A partir desta segunda-feira, de 4 a 8 de maio, podes juntar-te a mim para um desafio diário TOTALMENTE ONLINE E GRATUITO‼️

Para os nossos filhos crescerem bem, é muito importante crescermos ao lado deles e com eles! Entrar no mundo das crianças e entender as suas reações e comportamentos é o primeiro passo para que esta caminhada se faça com mais calma e confiança 😊

Queres saber qual o programa destes 5 dias?
Vou dar-te umas pistas:

👉Dos desafios às oportunidades
👉Conseguir que eles te oiçam
👉Coneão antes da Correção
👉Descodificar o comportamento
👉Confiança, Cooperação e Tranquilidade

Se queres saber mais e inscrever-te, clica aqui:👇👇👇
https://bestcareagency.pt/desafio-5-dias/

bestcareagency.pt Disciplina Positiva - Durante 5 dias vou guiar-te num passo a passo para criares uma relação mais calma e positiva com @s teus/tuas [email protected].

01/05/2020

Que atire a primeira pedra quem nunca teve um momento em que o comportamento dos filhos tenha ativado aquela luzinha do “red line” e despoletado uma reação 💣 em ti que, depois, te tenhas arrependido e da qual não te orgulhes.

Ok…às vezes só precisamos que o momento passe, fechar os olhos e … sobreviver!

Os dramas com os miúdos podem, simplificando, resumir-se ao seguinte: eles fazem algo que não devem ➡️ os pais ficam aborrecidos ➡️os miúdos ficam chateados ➡️ Há gritos e lágrimas (e algumas pertencem às crianças⚠️)

… Não, não é só contigo. Não é só em tua casa, acredita! Se tens filhos, certamente já passaste por situações assim, frustrantes.

É difícil esta descoberta de como disciplinar os miúdos. É cansativo. É desgastante.

Mas que atire a segunda pedra quem nunca pensou que gostaria de fazer diferente, de fazer e ser melhor naqueles momentos. Afinal, os pais perfeitos parecem estar na moda 😎

Não se trata de ser perfeito, mas de querer acabar com Aquele comportamento e ao mesmo tempo, responder de forma efetiva, que valorize as relação pais-filhos sem danificar. Trata-se de criar menos drama e não o oposto.

É aqui que vale a pena pensar: para ti, o que é a Disciplina? O que é isto de disciplinar? Qual o teu objetivo? Quando eles se portam “mal”, o que pretendes? Pensas imediatamente em consequências? Será o objetivo final, punir as crianças? Fazê-las sentir-se mal por aquilo que fizeram?

A palavra disciplina vem do Latin disciplina, cujo sentido era utilizado para descrever a ação de se “instruir, educação, ciência, ordem, princípios de moral”. Simplificando: disciplinar = ensinar. Mas nos dias de hoje, parece que associamos mais facilmente a prática da disciplina à punição, castigo ou à execução de consequências.

Dá que pensar, não é?! E tu, o que pensas quando disciplinas os teus filhos?

Escreve aqui nos comentários ⬇️⬇️⬇️

Vídeos (mostrar todos)

Junta-te ao meu DESAFIO Compreender @s miúd@s em 5 dias, onde vou mostrar-te como:❤️ Ter a relação que queres com @s teu...
Pais em modo “presença ausente” por aí?! Nos últimos dias tenho recebido algumas mensagens de pais aflitos na gestão dos...
🤔
Entre a genética e a influência da relação no desenvolvimento dos bebés. Naturalmente que herdamos traços e tendências g...

Localização

Entre em contato com a escola/colégio

Telefone

Endereço


Valadares
Outra Cuidados infantis em Valadares (mostrar todos)
O Risquinhas - Creche e Jardim de Infância O Risquinhas - Creche e Jardim de Infância
Avenida António Coelho Moreira 156
Valadares, 4405-528

“O Risquinhas” Creche e Jardim-de-Infância Lda é uma instituição de carácter particular, que abrange as áreas do Grande Porto e Vila Nova de Gaia.