i2ADS - Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade

i2ADS - Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade

Comentários

Olá!

Venho pedir um minuto do vosso tempo para responderem a este inquérito de análise ao mercado.

Público alvo: feminino, agender e masculino

Agradeço a atenção dispensada e a sua participação.

Cumprimentos cordiais,

Abel Börba

Call for artists and projects 2019

Our residency program hosts multidisciplinary artists from all over the world since 2010.

ARTErra is placed in a green beautiful village between mountains in central/north Portugal. Our space have several facilities and available resources and tools that allow artists to develop and gain new insights in they are own artistic process, by providing them with accommodations, work place and cultural and ideas exchanges with the community and other artists.

We have access to a workroom in the main square of the village where small exhibitions, talks and performances can be presented. This is the perfect place where to do "try out" and display your work. During the years we have built a strong relationship with the people of Lobão da Beira who are open and curious about ARTErra artists' works.

We are now accepting applications for art projects in our residency.
The application process is simple and free of charges.

We accept application from artists who work in all disciplines and at any stages of their career.
To apply for being an artist in residency in ARTErra, please send us a mail to:

[email protected]
or
call us +351963779054
+ INFO. www.arterra.weebly.com
If you have an documentary film project in development or in early production stage, submit your film to East Doc Platform 2019! Last chance!
Dia 21 de novembro às 18h acontece na biblioteca de Serralves mais um encontro no âmbito do programa “𝗠𝗲𝗱𝗶𝗮çã𝗼/𝗘𝗱𝘂𝗰𝗮çã𝗼: 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗽𝗲𝗻𝘀𝗮𝗿 𝗮 𝗘𝗱𝘂𝗰𝗮çã𝗼 𝗻𝗼 𝘀é𝗰𝘂𝗹𝗼 𝗫𝗫𝗜”.
Receberemos Juliana Jardim, professora, diretora, atriz e pesquisadora com a conferência: “𝗧𝗘𝗡𝗧𝗔𝗥 𝗘𝗠𝗔𝗡𝗖𝗜𝗣𝗔𝗥: 𝗧𝗥𝗔Ç𝗢𝗦 𝗘𝗡𝗦𝗔Í𝗦𝗧𝗜𝗖𝗢𝗦 𝗘𝗡𝗧𝗥𝗘 𝗖𝗘𝗡𝗔 𝗘 𝗔𝗨𝗟𝗔”:
“Com o objetivo de pensar o tema da emancipação da pessoa, tanto em experiências de ensino e aprendizagem quanto em experiências artísticas, serão apresentados na conferência recortes de livros e textos do filósofo franco-argelino Jacques Rancière e o próprio mestre ignorante Joseph Jacotot. Mapearemos as ideias advindas do duo Jacotot/Rancière perto do tema ensaio, ou gesto ensaístico, delineado originalmente por Michel de Montaigne, na escrita e ação que puseram em igualdade as leituras de livros e as experiências de vida”.

Imperdível. Espero por todos em Serralves!
O crítico de design Mário Moura estará neste sábado, dia 15 de setembro, em Serralves para conversarmos sobre o Neo-Pop na exposição "Coleção Sonnabend - Parte II".
Às 17h! a não perder!💥💥💥💥💥💥
Entre os dias 23 e 27 de abril de 2018 na Livraria i2ADS abrimos as portas com novidades e a Feira do Livro, oferecendo os seguintes descontos: 20% nos livros, 15% nos filmes.
Em um auditório intimista, um espaço para reflexão e conversa dentro das galerias da exposição de Julie Mehretu, Sofia Ponte realizará no próximo sábado mais um encontro do programa “Um Olhar para a Arte Contemporânea”.

“A ação simbólica nas práticas artísticas contemporâneas”

“...um debate sobre os aspetos híbridos da prática artística de Mehretu, que transitam entre as linguagens da Pintura e do Desenho, pretende-se salientar o papel indutor do seu trabalho na ampliação de certos processos criativos. Esta conversa permitirá ainda aprofundar as qualidades reflexivas da prática desta artista, que entende a sua obra como um resultado simbólico de colisões entre a representação do espaço urbano e a condição contemporânea.”

A não perder!
A conferência desta quinta-feira conta com a presença dos ateliês de arquitetura DepA, Diogo Aguiar Studio, Fahr, fala atelier e Ottotto, convidados para desenvolver os pavilhões temporários para a exposição "Incerteza viva: Uma exposição a partir da 32ª Bienal de São Paulo”.
O evento, moderado pela jornalista e investigadora Anabela Mota Ribeiro, conta ainda com a participação de João Ribas, Diretor adjunto e curador sénior do Museu e do arquiteto Nuno Grande.

Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade
Research Institute in Art, Design and Societ

O i2ADS acolhe actualmente um total de 146 investigadores, dos quais 23 são membros integrados e 118 colaboradores, num total de 45 doutorados. / i2ADS currently hosts 146 researchers, of which 23 are associate members and 118 collaborators, with a total of 45 PhDs. Núcleos de Investigação / Research Groups:

Arte e Design (NAD)
Art and Design

Arte e Intermedia (NAi)
Art and Intermedia

Desenho (

Funcionando normalmente

15/02/2023

Louder than images. A escuta da paisagem fílmica
Aula Aberta DAP/i2ADS
Com Yolanda Pérez Sánchez

22 de fevereiro de 2023
Batalha Centro de Cinema, sala 2

Há dois elementos-chave para compreender o termo paisagem: sabemos que requer um sujeito que "o perceba" como tal - e não exclusivamente a partir de um único sentido -, e também que é configurado a partir de elementos naturais e artificiais, construídos ou alterados pela espécie humana. A paisagem é, portanto, na sua essência, uma construção cultural, que pode ser intervencionada e abordada de múltiplas perspectivas. A pintura tem sido um grande educador do olhar, tal como a fotografia e, sobretudo, o cinema como uma das expressões artísticas que mais moldou o imaginário cultural desde o século passado. Se a paisagem é determinada pelo que o olho pode ver, ou enquadrar-se num campo de visão, o cinema tem sido a maior fonte de "vistas" e paisagens mostradas ao público-espectador nos últimos cem anos. O tratamento da paisagem no cinema - para além dos primeiros travelogues ou filmes de viagem - tem evoluído bastante: deixou de ser mostrada ocasionalmente como pano de fundo, para a proeminência que alcançou nas últimas décadas. Estas mudanças expressam não só a evolução da linguagem deste meio, mas também a evolução de um "olhar de paisagem" que se estende a muitas outras áreas da cultura e que o cinema, a principal arte visual de massas do século XX, contribui para consolidar, modificar e questionar. É, fundamentalmente, no cinema que a lendária revista Cahiers de Cinema classifica como de "auteur", no qual percebemos uma intenção maior de integrar a paisagem para além de um simples elemento decorativo ou contextual, razão pela qual a palestra se centra neste tipo de cinema feito a partir dos anos 50.

O cinema também contribuiu para problematizar a prioridade histórica do olhar como a dimensão fundacional e aparentemente inalienável na percepção da paisagem, através da construção de paisagens em que a dimensão sonora atinge um grau excepcional de intensidade estética e expressiva, cuja análise nos remete para conceitos que provêm do campo teórico da paisagem sonora. O fio condutor das obras analisadas são dois conceitos que emergem da investigação ligada à paisagem sonora: Sharawadji (Jean-François Augoyard e Henry Torgue) e Schizophony (R. Murray Schafer), termos que fazem alusão a efeitos estéticos que percorrem e definem a criação das paisagens audiovisuais das cenas cinematográficas seleccionadas. "No fundo, tenho tendência para pensar que o mundo já soa muito bem em si mesmo", disse Andrei Tarkovsky. Esta convicção do realizador russo, tão intimamente ligada à qualidade poética do seu cinema, e partilhada por cineastas anteriores e posteriores, é fortemente expressa em algumas sequências em que a paisagem sonora penetra na linguagem cinematográfica de tal forma que "o mundo" é visto como algo mais do que um texto totalmente codificável em termos do puramente audível ou visível. A palestra centrar-se-á também, em como diversos autores, desde Roberto Rossellini a Apichatpong Weerasethakul, introduziram no seu trabalho paisagens cinematográficas cuja qualidade sónica lhes confere uma especificidade que deve ser analisada a partir de parâmetros que permitam expandir o visual a partir de conceitos que emergem da paisagem sonora, Isto sublinha a complexidade da paisagem como objecto estético e a sua capacidade de integrar dimensões perceptivas que explicam uma qualidade invariável da paisagem - talvez especialmente a paisagem na arte -, a de ser, como Henri-Frédéric Amiel afirmou, "um estado da alma".

15/02/2023

A exposição final da residência artística de Catarina Braga inaugura a 1 de março, às 17:00, na Sala de Exposição da Biblioteca da FEUP e pode ser visitada de segunda a sexta até 10 de março, entre as 8:30 e as 19:30. Esta exposição parte do acompanhamento da artista com a equipa do laboratório LEPABE que investiga e mede a qualidade do ar interior, estudando o seu impacto na saúde humana. Através de um cruzamento entre os processos científicos e artísticos, é dentro de um laboratório ficcionado que se especula acerca da invisibilidade do ar interior.

31/01/2023

OPEN CALLS
Young European Sculpture (YES)
Bolsas de participação para 10 estudantes
8 a 14 de maio de 2023 — TALM (Tours, França)

O Young European Sculpture (YES) é um projeto construído através de diferentes articulações entre instituições de ensino superior europeias (com programas de ensino em escultura) e que será desenvolvido entre 2022-2025.

O YES pretende contribuir para uma profissionalização relevante dos estudantes que pretendam especializar-se em escultura, propondo uma formação comum ao nível do ensino superior europeu. A iniciativa envolve a Escola Superior de Arte e Design TALM (França - instituição coordenadora), a Academia de Belas Artes de Carrara (Itália), a Academia de Arte da Letónia (Letónia) e a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (Portugal), com o apoio da Agence Erasmus+ France. Os parceiros do projeto YES irão realizar uma masterclass por ano - uma masterclass em cada um dos três dos países parceiros (França, Letónia, Portugal).

O projeto e todas as suas atividades serão desenvolvidos em torno de três grandes eixos transversais — Materiais; Espaço; Sociedade e Práticas Sociais. A primeira masterclass do YES será realizada em TALM (Tours, França). Será uma tentativa de reunir novas questões de produção e reflexão num contexto específico: a paisagem das margens do Loire. O programa inclui visitas a museus e à Rabouilleuse, conferências e workshops em cooperação com estudantes europeus em torno dos quatro elementos (água; ar; fogo; terra).

Os estudantes selecionados participarão gratuitamente da masterclass a realizar por TALM entre 8 e 14 de maio de 2023, incluindo viagem, alojamento e alimentação.

Informação sobre candidaturas: http://bit.ly/3HlUwue
Formulário para submissão de candidaturas: https://forms.gle/RMKWboHnhyXPqzwb7
+ informações: [email protected]

31/01/2023

SÁBADO
Samuel Silva

02.02 — 15.03.23
MUPI Gallery, Maus Hábitos

Ciclo “Poético ou Político?”
Curadoria de João Baeta

A poesia é, segundo Espinosa, uma contemplação da língua. A construção poética não será mais do que uma operação de desativação, de conquista de um modo contemplativo que permite
a abertura para novas formas de uso. A inoperância das funções comunicativas e informativas da língua abre-lhe novas brechas ou possibilidades de dizer. Confere-lhe outro poder de dizer.

A(s) imagem(ns)-instalação de “Sábado” ambiciona(m), de igual modo, uma forma de desacerto - no sentido de perturbação -, desativam o dispositivo pré-existente da galeria Mupi, vocacionado para operações de informação e divulgação, para desafiarem os olhares flutuantes de um espaço recreativo.

Mais do que produzir novas imagens, precisamos hoje, de uma ecologia da atenção. A nossa preocupação não deve estar no disparo furtivo, mas na lenta fermentação sensível de outras formas de ver. Talvez a primeira imagem de um rolo, disparada sem consciência do enquadramento, periclitante, capenga e defeituosa tenha a estranheza necessária para nos desligar das cintilações contemporâneas e devolver a contemplação.

30/01/2023

O LabEA (Laboratório de Investigação em Educação Artística) organiza um grupo de leitura com textos que nos permitem pensar sobre práticas de educação artística críticas e anti-discriminatórias. Iremos discutir o texto A Dívida Impagável, de Denise Ferreira da Silva, de 2019, no dia 13 de fevereiro às 10h00.

Informações: O grupo reúne em zoom. As discussões poderão acontecer entre português e inglês. Nesse sentido, teremos que ensaiar traduções (o melhor possível) para que possamos pensar em conjunto.

Como participar: enviar um email para csmartins(AT)fba.up.pt para que o texto e o link da sessão possam ser disponibilizados com antecedência.

26/01/2023

Leituras Feministas
Táticas subversivas com Alícia Medeiros (Coletivo MAAD)
Workshop e prática artística coletiva, mediante inscrição (gratuito)

02.02.2023, 19H30, A Leste
(Calçada da Póvoa 65, 4000-022 Porto)

Em seguimento às atividades do Grupo de Leituras Feministas integrado ao i2ADS/FBAUP, que nos últimos encontros tem promovido debates sobre o espaço público, será mobilizada prática artística mediada pela arquiteta, artista, investigadora e co-fundadora do coletivo MAAD Alicia Medeiros, cujo trabalho é centrado ao nível dos media móveis e da caminhada como prática/performance artística desde 2010, tendo como áreas de interesse arte, cidade, tecnologia e dinâmicas de poder em espaços coletivos.

+ INSCRIÇÃO: bit.ly/3wxolTu

19/01/2023

O LabEA (Laboratório de Investigação em Educação Artística) organiza um grupo de leitura com textos que nos permitem pensar sobre práticas de educação artística críticas e anti-discriminatórias. Iremos discutir os textos Manifesto Manifesto Antropófago, Oswald de Andrade, de 1928 e Eating the Other: Desire and Resistance, bell hooks, de 1992, no dia 30 de janeiro às 10h00.

Informações: O grupo reúne em zoom. As discussões poderão acontecer entre português e inglês. Nesse sentido, teremos que ensaiar traduções (o melhor possível) para que possamos pensar em conjunto.

Como participar: enviar um email para csmartins(AT)fba.up.pt para que o texto e o link da sessão possam ser disponibilizados com antecedência.

17/01/2023

Cinema de Bairro, sábado 21 de Janeiro às 16H
Aula Magna, FBAUP

Digo às companheiras que aqui estão
de Sophia Branco e Luís Henrique Leal

Realização: Sophia Branco e Luís Henrique Leal
Pesquisa e Guião: Camila Teixeira Lima, Carmen Silva, Caioz, L.H. Leal e Sophia Branco
Narração: Uana Mahin
Fotografia: Luís Henrique Leal e Victor Giovanni
Montagem: Caioz, Dandara Canuto, Maroca Cavalcante Silva e Medusa
Som: Victor Giovanni, Caioz e Marila Cantuária
Edição de som e mixagem: Nicolau Domingues
Produção: SOS Corpo e Parabelo Filmes
35 Mins
Brasil · 2022

Este filme é uma curta metragem em documentário de Sophia Branco e Luís Henrique Leal sobre Lenira Carvalho, narrando o seu percurso na organização da luta das trabalhadoras domésticas no Brasil. Uma história pessoal que se entrelaça com a luta por direitos e pela democracia nas últimas seis décadas no país. O documentário apresenta o testemunho de Lenira na sua casa, e através dos seus relatos e imagens de arquivo, explora um conjunto de reflexões sobre a formação social no Brasil.
Na sessão estará presente o realizador Luís Henrique Leal para a apresentação e debate sobre o filme.

trailer: https://vimeo.com/734152123

10/01/2023

Aviso de prorrogação de submissões para a 9º edição do EPRAE (Encontro em Práticas de Investigação em Educação Artística).

Este encontro acontecerá presencialmente no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, nos dias 16, 17 e 18 de fevereiro de 2023.
As inscrições para a 9º edição do EPRAE estão abertas até o dia 20 de janeiro de 2023.
(Se submeteu uma proposta, aguarde a resposta da Comissão Organizadora do evento. Caso esta seja aprovada, estará automaticamente inscrito).

+ informações e inscrições: eprae.fba.up.pt

15/12/2022

“Pedras” é uma exposição de Carla Cruz, Claudia Lopes e Miguel Leal no Mosteiro de Arouca e no Museu das Trilobites.

A exposição foi desenvolvida no âmbito do projeto de investigação SHS - Soil health surrounding former mining areas: characterization, risk analysis, and intervention - NORTE-01-0145-FEDER-000056, uma parceria entre a Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (através do i2ADS), Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e a Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Esse projeto tem como premissa olhar as marcas resultantes das atividades mineiras em três territórios diferentes, no eixo que vai de Valongo a Castelo de Paiva e Arouca. Carla Cruz, Cláudia Lopes e Miguel Leal trabalharam sobretudo em volta do território do Arouca Geopark. Dos resíduos depositados em escombreiras, dos resíduos arquitectónicos, mas também dos resíduos político-poéticos deixados na paisagem e nos corpos, na memória das gentes e da terra, resulta em parte esta exposição.

————

Inauguração 20 Dezembro
11h Museu das Trilobites e Pedreira das Ardósias Valério & Figueiredo
15h30 Mosteiro de Arouca

————

Mosteiro de Arouca
Largo Santa Mafalda, 4540-101 Arouca

Terça a Domingo
09:30 às 12:00 e 14:00 às 17:00

GPS Lat. 40.96516 N | -8.214535 W
www.mosteirosanorte.gov.pt/mosteiro-de-arouca
[email protected]
+351 256 943 321

Museu das Trilobites
Centro de Interpretação Geológica de Canelas
Lugar de Cima, 4540-252 Canelas – Arouca

Por marcação

GPS 40.928013, -8.246515
museudastrilobites.pt
[email protected]
+351 962 657 092

13/12/2022

Grupo de leitura LabEA #10
21.12.2022, 15h00, Zoom

O LabEA (Laboratório de Investigação em Educação Artística) organiza um grupo de leitura com textos que nos permitem pensar sobre práticas de educação artística críticas e anti-discriminatórias. Iremos discutir o texto Uncut Funk: A Contemplative Dialogue, de bell hooks e Stuart Hall, de 2017.

Informações: O grupo reúne em zoom. As discussões poderão acontecer entre português e inglês. Nesse sentido, teremos que ensaiar traduções (o melhor possível) para que possamos pensar em conjunto.

Como participar: enviar um email para csmartins(AT)fba.up.pt para que o texto e o link da sessão possam ser disponibilizados com antecedência.

13/12/2022

O EPRAE é um encontro internacional que acolhe desde 2013 debates e reflexões de estudantes de doutoramento em Educação Artística, em torno de temas sensíveis às respetivas investigações académicas.

A 9ª edição acontecerá presencialmente no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, nos dias 16, 17 e 18 de fevereiro de 2023.

Convidamos pessoas que trabalham, investigam e lecionam nestas áreas a construir e experienciar um ambiente de acolhimento que permita expor vulnerabilidades, sustentar o desconforto das questões paradoxais, das incertezas e dos diálogos dissonantes que o cruzamento entre os campos das artes e da educação fazem surgir.

+ informações: eprae.fba.up.pt

12/12/2022

No dia 15 de dezembro, pelas 15h00, a ARENA #8 acontece na FBAUP. Nela convocaremos os números #5 e #6 da Derivas, Revista do i2ADS e do Programa Doutoral em Educação Artística, e o livro Desassossegos – Ata Expandida do 8º EPRAE, confrontando inquietações, escritas e relatos emergentes das três publicações. Tal exercício, agora distanciado, resulta do desejo de voltarmos a olhar para o que essa experiência produziu em nós e de, em conjunto, refletirmos sobre o que nos instiga nas diferentes maneiras de fazer investigação em educação artística.

Para mais informações [email protected]

09/12/2022

16.12.2022, 17h00, Sala AP 401

O grupo de estudo Fórum Cultura | Cidade: Um Direito! organiza o #5 encontro, tendo como convidados-proponentes os coletivos, Epifania e Uma Pausa, para pensarmos em como (e se) corpas ocupam espaços de educação e convívio.

A discussão se desdobrará a partir de provocações teatrais e intervenções plásticas na FBAUP. Nos vemos lá?

E se sim, “Aonde (estão vocês)?”

Inscrições no link https://forms.gle/YvjsL3jE5Q7kf2LEA

22/11/2022

No próximo dia 26 de novembro, das 10h00 às 13h00, ocorrerá a próxima edição do ciclo ARENA #7 Cooperantes do Meav, Roda de conversa, na FPCE, na sala 247.

Na roda de conversa com Anabela Paiva (Escola Artística Soares dos Reis), Lídia Castro e Aurora Rocha (Escola Secundária da Maia), Raquel Morais (Escola Artística e Profissional Árvore) e Sara Sottomayor (Escola Secundária Garcia da Orta) enfrentaremos um diálogo plural partindo dos lugares que, na escola, inscrevem modos de relação distintos enquanto professoras de artes visuais e das ações que, a esse nível, têm vindo a configurar as suas experiências como cooperantes do Meav, antes e agora.

Para mais informações [email protected]

21/11/2022

𝐈𝐧𝐚𝐮𝐠𝐮𝐫𝐚çã𝐨 𝐝𝐚 𝐞𝐱𝐩𝐨𝐬𝐢çã𝐨 Desenhar entre Fronteiras na Universidade
𝐎𝐩𝐞𝐧𝐢𝐧𝐠 Drawing Across University Borders

📸 Lara Rocha©MNSR

193297065@N02/albums/72177720303781536/with/52507879274/" rel="ugc" target="_blank">https://www.flickr.com/photos/193297065@N02/albums/72177720303781536/with/52507879274/

11/11/2022

Grupo de leitura LabEA #9
5.12.2022, 10h00, Zoom

O LabEA (Laboratório de Investigação em Educação Artística) organiza um grupo de leitura com textos que nos permitem pensar sobre práticas de educação artística críticas e anti-discriminatórias. Iremos discutir o texto Uncut Funk: A Contemplative Dialogue, de bell books e Stuart Hall, publicado em 2017.

Informações: O grupo reúne em zoom. As discussões poderão acontecer entre português e inglês. Nesse sentido, teremos que ensaiar traduções (o melhor possível) para que possamos pensar em conjunto.

Como participar: enviar um email para csmartins(AT)fba.up.pt para que o texto e o link da sessão possam ser disponibilizados com antecedência.

11/11/2022

O e a .up inauguram dia 17 de novembro 2022, pelas 17h00, a exposição 𝐃𝐞𝐬𝐞𝐧𝐡𝐚𝐫 𝐞𝐧𝐭𝐫𝐞 𝐅𝐫𝐨𝐧𝐭𝐞𝐢𝐫𝐚𝐬 𝐧𝐚 𝐔𝐧𝐢𝐯𝐞𝐫𝐬𝐢𝐝𝐚𝐝𝐞 com desenhos produzidos em diversos contextos e em diferentes faculdades da . Patente até 19 de março 2023.

The Museum and the Faculty of Fine Arts of the University of Porto open on November 17, 2022, at 05:00pm, the exhibition 𝐃𝐫𝐚𝐰𝐢𝐧𝐠 𝐀𝐜𝐫𝐨𝐬𝐬 𝐔𝐧𝐢𝐯𝐞𝐫𝐬𝐢𝐭𝐲 𝐁𝐨𝐫𝐝𝐞𝐫𝐬 with drawings from different faculties of Porto University. Until Mars 19, 2023.

25/10/2022

O próximo encontro do Labea, grupo de leitura, será no dia 7 de Novembro, às 10h00.

O LabEA (Laboratório de Investigação em Educação Artística) organiza um grupo de leitura com textos que nos permitem pensar sobre práticas de educação artística críticas e anti-discriminatórias. Iremos discutir o texto Theory as Liberatory Practice, de bell hooks, de 1991.

Informações: O grupo reúne em zoom. As discussões poderão acontecer entre português e inglês. Nesse sentido, teremos que ensaiar traduções (o melhor possível) para que possamos pensar em conjunto.

Como participar: enviar um email para csmartins(AT)fba.up.pt para que o texto e o link da sessão possam ser disponibilizados com antecedência.

24/10/2022

LEITURAS FEMINISTAS
Quinta-feira, 27 de outubro, 19h00
A Leste (Calçada da Póvoa, 65, Porto)

Leitura de:

Mujeres Creando. "No somos artistas, somos agitadoras callejeras" (p.197-222) In: "La virgen de los deseos". Buenos Aires: Tinta Limón, 2005.

Rita Segato. "Gênero e colonialidade: do patriarcado comunitário de baixa intensidade ao patriarcado colonial-moderno de alta intensidade" (p.92-128) In: Crítica da colonialidade em oito ensaios: e uma antropologia por demanda". Rio de Janeiro: Bazar do Tempo, 2021.

Textos disoníveis em: https://drive.google.com/drive/folders/1u0nuzqj9gNi-CXdBKSPA7HNxCdDeYSLi

20/10/2022

Carolina Grilo Santos, “by division and differentiation”
17 de novembro, 17h30, Biblioteca da FEUP

Exposição resultante da residência de investigação artística no laboratório do LEPABE, integrada no projeto de investigação 2-SMART, com a colaboração de 4 unidades de investigação da UP (LEPABE, LSRE-LCM e CEFT pela FEUP e I2ADS pela FBAUP).

18/10/2022

No dia 19 de outubro, 4.ª feira, às 17h00, será apresentada na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto a revista PSIAX #5 – Estudos e Reflexões sobre Desenho e Imagem.

A sessão contará com a presença dos responsáveis editoriais – Natacha Antão, Sílvia Simões, Vítor Silva – e a edição #5 da PSIAX será apresentada por Fernando Poeiras, professor na ESAD.CR e investigador no LIDA - Laboratório de Investigação em Design e Artes.

A Psiax é uma publicação, não periódica, editada pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto; i2ADS – Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade, Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto; e o Lab2PT – Laboratório de Paisagem, Património e Território, Escola de Arquitetura, Arte e Design da Universidade do Minho.

+ informações: https://s.up.pt/mkvd

14/10/2022

O LabEA (Laboratório de Investigação em Educação Artística) organiza um grupo de leitura com textos que nos permitem pensar sobre práticas de educação artística críticas e anti-discriminatórias. Iremos discutir o texto Novel and History, Plot and Plantation, de Sylvia Wynter, de 1971.

Informações: O grupo reúne em zoom. As discussões poderão acontecer entre português e inglês. Nesse sentido, teremos que ensaiar traduções (o melhor possível) para que possamos pensar em conjunto.

Como participar: enviar um email para csmartins(AT)fba.up.pt para que o texto e o link da sessão possam ser disponibilizados com antecedência.

27/09/2022

Encontro aberto ID_CAI
Identidades_Colectivo de Acção/Investigação

29.09.22, 17h, Jardim da FBAUP

Um encontro aberto é para quem possa chegar e se sentir de chegar! Estaremos reunidos nos Jardins da FBAUP, no dia 29 de Setembro às 17h, para partilhar as histórias e projectos de cumplicidade no envolvimento com comunidades no Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal.

27/09/2022

Seminário/Workshop com critical friends
30 de setembro e 1 de outubro 2022
Espaço artístico AL859, Porto

No primeiro dia do seminário, durante a manhã, faremos uma apresentação/discussão em torno da plataforma online CREAT_ED. Durante a tarde, seguiremos para uma primeira sessão de trabalho sobre O arquivo da criança criativa: Em torno de um “evento” (o livro Education Through Art de Herbert Read) dinamizada pela equipa de CREAT_ED em colaboração com Rita Bredariolli, Amanda Midori e Ana Paz. No segundo dia do seminário, durante a manhã, começaremos com o workshop Anarchives of the relegated, onde se pretende a exploração de métodos criativos que desafiam produções de conhecimento coloniais, dinamizado por Carine Zaayman. À tarde, avançaremos para a segunda sessão de trabalho sobre O arquivo da criança criativa: Em torno de um “evento”, concentrada num esforço cooperativo/coletivo entre a equipa CREAT_ED e critical friends.

29/06/2022

Documentário "ARY": Até quando vamos ignorar os direitos das pessoas transgénero?

ARY é a longa metragem inaugural da realizadora Daniela Guerra e será apresentado na Aula Magna da FBAUP no dia 8 de Julho, seguido de uma discussão moderada pelo Coletivo Trans e Não-Binário A Traça.

O filme faz uma viagem íntima ao quotidiano de Aryque não se reconhece na classificação binária de género e aos 28 anos decide redescobrir a sua identidade, iniciando uma viagem ao outro lado do espelho. Com produção independente, a realizadora acompanhou Ary durante três anos e através de uma partilha honesta e sensível mostra-nos a coragem e a luta na procura da sua verdade.

Este documentário pretende ser um veículo para a exposição de um tema que anseia por visibilidade, validação e empatia. Somos seres humanos e como tal devemos cuidar-nos mutuamente.

TRAILER
https://www.youtube.com/watch?v=ayzU6GlMXp0
PRESS KIT
https://drive.google.com/drive/folders/1Tus83K-xkNpf1Bg09xyCM9JVZxIWAhD6

28/06/2022

This year, xCoAx really wants to take on its mission to reach as many people as possible. Thanks to the welcoming capacity of Convento São Francisco, we are able to make many parts of xCoAx available to the public in Coimbra.

Our exciting keynotes are going to be accessible to the general audience, in addition to those who have registered for xCoAx 2022, while seats last.

Winnie Soon (Aarhus University) will be talking about "Coding Otherwise for SOFTer Futures" on Thursday, July 7th at 18:15, whereas Andreas Brockmann (Leuphana University) will present "Technoscience – Domination – Resistance" on Friday, July 8th at 18:00.

Our "the more, the merrier" approach will also characterise our evening on Thursday, July 7th at Salão Brasil, where starting at 21:30 we will be presenting our very own 10th anniversary Book of X and enjoying performances from xCoAx 2022.

Last but not least, do not forget that the Exhibition has always been a staple of xCoAx's engagement with the local audience. xCoAx 2022's artworks can be enjoyed by everybody starting on Wednesday, July 6th at 18:30.

X marks the spot! See you there.

http://2022.xcoax.org

28/06/2022

Transplantes Criativos
Encontro Interdisciplinar sobre Arte, Paisagem e Botânica

30 Junho
15h00-19h00
Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto – FAUP

23/06/2022

O grupo de estudo Cultura | Cidade: Um Direito! retoma suas actividades em 2022, perguntando quais formas de operacionalização as artes performativas podem oferecer para entendermos as plurais noções de cidade e suas potencialidades enquanto espaços a serem praticados.

O simpósio Cultura | Cidade: Um Direito! será o quarto encontro de um ciclo de conversas em torno da democracia cultural e do direito à cidade. A realizar-se em 28 de junho de 2022, a partir das 17h, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, receberá o investigador brasileiro Francis Wilker, com um programa especial desenvolvido em três movimentos:

17h - PASSAGEM - a caminhada como ponto de vista e de contato com os espaços e suas múltiplas dramaturgias.

17h30 - DIÁLOGO - compartilhamento de pesquisas e projetos artísticos que envolvem o enlace sensível entre arte, cidade e paisagem.

18h30 - CONVÍVIO - as muitas cidades dentro da cidade. Momento informal de troca e confraternização.

Com esta série de conversas públicas, o grupo pretende entender a relação das práticas culturais e artísticas locais e a mudança do tecido urbano e social no Porto – as oportunidades e impossibilidades, simbioses e contaminações, instrumentalização e desvios.

Nota: Francis Wilker é encenador, performer, curador e professor do curso de licenciatura em Teatro e do Programa de Pós-graduação em Artes do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará. Doutor e Mestre em Artes pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Autor do livro Encenação no espaço urbano (editora Horizonte, 2018). Integra o grupo Teatro do Concreto.

15/06/2022

Enquanto falo: lavo, corto, pico e levo ao fogo

Uma conversa à volta da cozinha com Marta Lança e António Gouveia

Data: Sábado, 18 de junho, das 10h às 14h
Local: AL_859 (Rua da Alegria, 859, Porto)

*Visita à Soalheira para colheita
Data: Sexta-feira, 17 de junho, às 10h
Ponto de encontro: 9h45, na estação Campanhã, Porto

Inscrições gratuitas até 16.06.2022 através do link: https://forms.gle/mwVAipvVQoLLrEi1A

Uma conversa sobre modos de fazer, de pensar, de se organizar no campo das artes, da botânica, da curadoria, do cultivo e da cultura. Com os ouvidos atentos àquilo que brota espontaneamente pelas frestas, pelas ruínas, que escapa ao controle das monoculturas, iremos conversar a partir/com d/as ervas daninhas, entretecendo olhares, experiências e narrativas que nos despertem imaginários possíveis.
Na prática, iremos cozinhar enquanto conversamos. A partir de um cabaz de vegetais que nos será fornecido pel'A Soalheira, com aquilo que estiver brotando na terra neste momento, decidiremos coletivamente o que podemos organizar, preparar e cozinhar para o almoço. Um modo de alimentarmos as ideias a partir da língua, do corpo, dos sentidos, das relações, da terra.

***

António Gouveia é doutorado em ecologia de plantas e investigador no Departamento de Ciências da Vida e no Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra, onde também colabora com a Cátedra UNESCO em Biodiversidade e Conservação para o Desenvolvimento Sustentável. Foi diretor do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra e do Parque da Fundação de Serralves. Os seus projetos abrangem a história e comunicação da ciência, coleções científicas, diversidade e ecologia das plantas, iniciativas de ciência cidadã e documentários, colaborando com instituições em São Tomé e Príncipe, Angola, Guiné Bissau e Moçambique. Lançou recentemente a plataforma https://cartasdanatureza.uc.pt/

Marta Lança - Trabalhadora independente em várias linguagens da área da cultura, como programação, tradução, jornalismo, investigação, cinema. Desde 2010, edita o portal BUALA, arquivo transdisciplinar dedicado à cultura no Sul Global.


Este evento integra a pesquisa de doutoramento de Gabriela Carvalho (DAP/FBAUP/i2ADS/FCT), é organizado também por Carla Cruz (UMinho e i2ADS), Juan Luis Toboso (ESAP), Rita Rainho (i2ADS) e ID_CAI (i2ADS). Projeto realizado com o apoio do Santander Universidades e FCT.

15/06/2022

A Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e o Instituto de Investigação em Arte Design e Sociedade organizam a terceira edição do ICOCEP, entre os dias 20 e 23 de junho de 2022, na FBAUP.

Para esta edição, focada na divulgação da investigação realizada no âmbito da Pintura, o ICOCEP ganha uma nova dimensão, com a participação exclusiva de oradores doutorados, professores e Artistas. Representantes de diferentes Escolas de Arte estrangeiras e nacionais, a que se juntam Artistas, e Especialistas, participam no debate da pintura na atualidade. Nesta edição do ICOCEP, depois de Antonio García Lopez (ES) e Luc Tuymans (BE), o Homenageado é o Pintor e Professor Jorge Pinheiro (PT), pela excelência do seu percurso e relevância na promoção dos valores do Ensino e da Arte.

Como Oradores Convidados, estão confirmados o Pintor Santiago Ydañez (ES), o Diretor do Museu da Cidade, Nuno Faria (PT), o Artista e Professor José María Lillo (ES), o Professor e Curador Juan Peiró (ES). Este ano, o ICOCEP conta também com um Seminário coordenado pelos Oradores Convidados, Professores Magnus Quaife (FN/UK) e Ian Hartshorne (UK), sob o tema 'Is Painting Research?'.

Além das sessões, abertas a todos os interessados, está previsto o lançamento de quatro publicações sobre pintura, nomeadamente 'La Pintura como Experiencia Cognitiva' - Domènec Corbella Llobet (ES), 'Fotografia e Pintura como Imagens em Confluência' - Mauricius Martins Farina (BR), 'Painting today: new approaches to process and context' - Francisco Laranjo, Domingos Loureiro, Sofia Torres, Teresa Almeida (PT) e 'A Pintura é uma lição: Sciencia Potentia Est' - António Quadros Ferreira (PT).

As sessões do ICOCEP decorrem na Aula Magna, todos os dias, a partir das 14h30, com transmissão online.

Pela primeira vez, realiza-se o jOCEP - Journeys on Contemporary European Painting, uma conferência direcionada a investigadores em formação pós-graduada, sob o tema 'New Places on Painting Research'. Realizada em formato telemático, a conferência pretende aproximar investigadores e promover a discussão recente sobre a Pintura. As sessões decorrem nas manhãs dos dias 21, 22 e 23 de junho, entre as 9h30 e as 12h30.

A participação sem comunicação é gratuita, havendo lugar a certificado para os que se inscreverem, nos dias da conferências.

Para mais informações: https://icocep.fba.up.pt

-------------------------

The Faculty of Fine Arts of the University of Porto, and the Institute for Research in Art Design and Society, are organizing the third edition of 'ICOCEP - International Congress on Contemporary European Painting' (from 20 to 23 June 2022, at FBAUP).

For this edition, focused on research carried out in the field of Painting, ICOCEP gains a new dimension, with the exclusive participation of Ph.D. speakers, professors, and Artists. Representatives of different foreign and national Art Schools, joined by Artists and Specialists, participate in the debate on the Painting today. After Antonio García Lopez (ES) and Luc Tuymans (BE), in this edition of ICOCEP, the Honoree is the Painter and Professor Jorge Pinheiro (PT) in recognition of the excellence of his career and relevance in promoting the values of Teaching and Art.

As Keynotes are confirmed the Painter Santiago Ydañez (ES), the Director of the City Museum, Nuno Faria (PT), the Artist and Professor José María Lillo (ES), the Professor and Curator Juan Peiró (ES). This year, ICOCEP also has a Seminar coordinated by Guest Speakers, Professors Magnus Quaife (FN/UK) and Ian Hartshorne (UK), under the theme 'Is Painting Research?'.

In addition to the sessions, there will be the release of four publications about Painting, namely 'La Pintura como Experiencia Cognitiva' - Domènec Corbella Llobet (ES), 'Photography and Painting as Images at Confluence' - Mauricius Martins Farina (BR), 'Painting today: new approaches to process and context' - Francisco Laranjo, Domingos Loureiro, Sofia Torres, Teresa Almeida (PT) and 'Painting is a lesson: Scientia Potentia Est' - António Quadros Ferreira (PT).

ICOCEP sessions will take place at the Aula Magna auditorium every day, from 2:30 pm, with the online transmission.

For the first time happens 'jOCEP - Journeys on Contemporary European Painting', a conference aimed at researchers in postgraduate training, under the theme 'New Places on Painting Research'. This conference aims to bring together researchers and promote recent discussions about Painting. The online seminar will take place from 9:30 to 12:30, on June 21, 22, and 23.

For those who want to participate without communication, there is no fee, and they will receive a certificate of participation.

For more information: https://icocep.fba.up.pt

Quer que o seu escola/colégio seja a primeira Escola/colégio em Porto?

Clique aqui para solicitar o seu anúncio patrocinado.

Localização

Entre em contato com a escola/colégio

Telefone

Endereço


Avenida Rodrigues De Freitas, 265
Porto
4049-021

Horário de Funcionamento

Segunda-feira 10:00 - 18:00
Terça-feira 10:00 - 18:00
Quarta-feira 10:00 - 18:00
Quinta-feira 10:00 - 18:00
Sexta-feira 10:00 - 18:00
Outra escolas/colégios em Porto (mostrar todos)
Universidade Lusófona - Centro Universitário Porto Universidade Lusófona - Centro Universitário Porto
Rua Augusto Rosa, Nº 24
Porto, 4000-098

Uma Instituição dedicada à criação, transmissão, crítica e difusão de cultura, arte, ciência

Mestrado em Informática Médica Mestrado em Informática Médica
Rua Drive Plácido Da Costa
Porto, 4200-450

Este programa foi especialmente desenhado para cientistas de computadores, engenheiros de informáti

FEUP FEUP
Rua Drive Roberto Frias
Porto, 4200-465

Esta é a página oficial da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto no Facebook, criada pe

Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto
Rua Do Gólgota, 215
Porto, 4150-564

A Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, unidade orgânica da Universidade do Porto, é um

Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
Rua Do Campo Alegre, S/n
Porto, 4150-170

Bem-vindos à página oficial da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto - FCUP

IPAM IPAM
Rua Manuel Pinto De Azevedo, 748
Porto, 4100-320

O IPAM é a Marketing Business School que se dedica ao desenvolvimento de Líderes de Negócio

AEFFUP AEFFUP
Rua De Jorge Viterbo Ferreira, 228
Porto, 4050-313

Associação de Estudantes da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (AEFFUP).

ESEPF - Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti ESEPF - Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Rua Gil Vicente, 138
Porto, 4000-255PORTO

ESEPF Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Porto, Portugal

Tainá Fontoura - Formação e Consultoria Tainá Fontoura - Formação e Consultoria
Rua Engenheiro Adelino Amaro Da Costa
Porto, 4430-194

Consultor de Formação na Multicompetências, Lda. mais informações: https://multicompetetencias.pt

AdoPt AdoPt
Rua Alfredo Allen
Porto, 4200-135

Follow-up em Pós-Adoção: Capacidades, Dificuldades e Necessidades de Famílias Adotivas Portugues

Engenharia de Minas na FEUP Engenharia de Minas na FEUP
Porto, 4200-465

O ensino da Engenharia de Minas na FEUP encontra-se organizado segundo o modelo de Bolonha: - 1º ci

Filhotes de bulldog inglês para adoção no porto Filhotes de bulldog inglês para adoção no porto
PRAÇA GENERAL HUMBERTO DELGADO-999 PORTO
Porto, 4000

lindos filhotes de bulldog inglês para adoção no porto