Epdra Biblioteca Escolar

Biblioteca Escolar da Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes.Promoção e divulgação das atividades desenvolvidas pela biblioteca.Livros.

Funcionando normalmente

A biblioteca escolar deseja Boas Festas a toda a Comunidade Educativa!

A turma G9 realizou a sessão dos 10 minutos a ler.

julianmarquina.es

Más de 1600 preciosos libros de arte y catálogos de museos que puedes descargar gratuitamente

julianmarquina.es Existe una buena cantidad de museos que comparten libre y gratuitamente sus colecciones digitales de libros de arte. Espectaculares y maravillosas

blogue.rbe.mec.pt

Recursos de apoio à integração de famílias e alunos migrantes ou pertencentes a minorias étnicas

blogue.rbe.mec.pt Insegurança, incerteza, vulnerabilidade! Estes sentimentos tornaram-se presenças no nosso quotidiano e, de forma muito mais intensa, no das famílias e crianças que estão deslocadas do seu país ou pertencem a minorias étnicas. Para as apoiar, o Alto Comiss...

theconversation.com

Climate crisis: how museums could inspire radical action

theconversation.com How museums can reimagine themselves in the context of the climate crisis.

blogue.rbe.mec.pt

Adotar uma postura reflexiva

blogue.rbe.mec.pt Fonte: https://cutt.ly/fhU7inUEste artigo é da autoria de Nigel Coutts, professor australiano, cujas reflexões e partilhas se focam muito na aprendizagem centrada no aluno e no desenvolvimento de competências que se constituam como ferramentas para apr...

educaciontrespuntocero.com

Un escape room educativo:10 razones para practicarlo en el aula

educaciontrespuntocero.com Christian Negre i Walcak es docente en la Escola Pia de Calella (Barcelona) y reflexiona sobre los beneficios del escape room educativo

theguardian.com

The rise of citizen science: can the public help solve our biggest problems?

theguardian.com In Darwin’s era, people commonly participated in botany and archaelogy. Now a raft of new projects aim to harness their curiosity again

eco.sapo.pt

Medir a inteligência? Sim, com este jogo da Fundação Champalimaud

eco.sapo.pt Criado por cientistas para mapear a inteligência, o hexxed mede a essência desta característica humana. Está disponível em todo o mundo.

publico.pt

Luís Filipe Castro Mendes vence Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes

publico.pt Poemas reunidos colheu a unanimidade do júri. O poeta Luís Filipe Castro Mendes foi ministro da Cultura entre Abril de 2016 e Outubro de 2018.

porvir.org

A arte das metodologias ativas - PORVIR

porvir.org Nos momentos de protagonismo dos alunos, as metodologias ativas rompem com a nossa sensação de controle, com a lógica tradicional de pensar as sonoridades das salas de aula

elisayuste.com

Hábitos de lectura en todo el mundo

elisayuste.com Un año más, Global English Editing ofrece los datos de hábitos de lectura de todo el mundo. Este año el GEE ha investigado más a fondo los hábitos de lectura globales con nuevas métricas en las que profundizar en este campo. Toda la información está disponible en una infografía más detall

PNL 2027

Os livros recomendados pelo PNL2027 respeitantes ao 2.º semestre de 2020 já se encontram no Catálogo PNL. As sugestões de leitura incluem, como habitualmente, temas variados e destinam-se a todos os públicos – crianças, jovens e adultos.
Conheça os novos Livros PNL, descubra as novidades editoriais e faça de cada livro um amigo.
http://www.pnl2027.gov.pt/np4/livrospnl?cat_livrospnl=pssst

observatorio.tec.mx

¿Qué es la arteterapia y cuál es su rol en la educación? — Observatorio de Innovación Educativa

observatorio.tec.mx En tiempos de pandemia, herramientas como el storytelling y la arteterapia habilitan una experiencia educativa que protege la salud mental de la comunidad docente y estudiantil.

Comemoração do Dia dos Direitos Humanos

O dia Internacional dos Direitos Humanos é celebrado anualmente a 10 de dezembro, desde 1948, dia em que a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou a Declaração Universal dos Direitos do Homem. Esta declaração foi assinada por 58 estados e teve como objetivo promover a paz e a preservação da humanidade após os conflitos da 2a Guerra Mundial que vitimaram milhões de pessoas.

Os alunos da turma EF20 na disciplina de Cidadania e Mundo Atual trabalharam o tema.
O resultado foi o "Estendal dos Direitos Humanos".

rfm.sapo.pt

Greta Thunberg doa metade do prémio Gulbenkian que recebeu - RFM

rfm.sapo.pt A ATIVISTA SUECA DECIDIU DOAR METADE DO VALOR DO PRÉMIO GULBENKIAN A VÁRIAS CAUSAS AMBIENTAIS E HUMANITÁRIAS

pnl2027.gov.pt

Ler+ dá Saúde

pnl2027.gov.pt Programa de literacia emergente e familiar

universoabierto.org

Vídeo animado sobre la historia del libro

Durante cientos de años, los libros han sido el contenedor universal de la información, el intercambio de conocimientos y la transmisión de historias. En algún momento, todos nos hemos perdido en …

blogue.rbe.mec.pt

O dever dos nossos deveres

blogue.rbe.mec.pt Fonte: https://www.rbe.mec.pt/np4/2673.htmlAproximando-se a data de comemoração do centenário do Prémio Nobel da Literatura, José Saramago (16 de novembro de 2022), lembramos, por ocasião do 72.º aniversário do Dia Mundial dos Direitos Humanos, o cidad...

culturainquieta.com

"Nobody is Normal", un corto de stop motion nos muestra que lo normal es ser diferente - Cultura Inquieta

culturainquieta.com "Nobody is Normal", un corto de stop motion nos muestra que lo normal es ser diferente

wook.pt

Este Natal, ofereça magia: 9 livros para as crianças

wook.pt O Natal é deles e o livro é o melhor presente.

rtp.pt

Estudo em Casa - RTP

rtp.pt A Escola na RTP para alunos do ensino básico e secundário. Conteúdos pedagógicos temáticos, lecionados por professores. As aulas em direto e a pedido.

snpcultura.org

Investigadores portugueses vão ter via verde de acesso à Biblioteca e Arquivo do Vaticano

snpcultura.org A Igreja Católica em diálogo com a arte e o pensamento.

youtube.com

FLIM 2020 - Os limites da produção literária em Língua Portuguesa para o mundo - José Luís Peixoto

youtube.com Internacional “Live” - Auditório SertõesProposta de tema: “Os limites da produção literária em Língua Portuguesa para o mundo” Autor: José Luís PeixotoMediad...

acnur.org

Cientista da Jordânia encontra fórmula eficaz para estimular a leitura infantil

acnur.org O programa desenvolvido por Rana Dajani já treinou mais de 7.000 leitores voluntários e levou a alegria da leitura para quase meio milhão de crianças

PNL 2027

Discurso de José Saramago no dia 10 de dezembro de 1998 em Estocolmo

Majestades, Alteza Real, Senhoras e Senhores,

Cumpriram-se hoje exactamente cinquenta anos sobre a assinatura da Declaração Universal de Direitos Humanos. Não têm faltado, felizmente, comemorações à efeméride. Sabendo-se, porém, com que rapidez a atenção se fatiga quando as circunstâncias lhe impõem que se aplique ao exame de questões sérias, não é arriscado prever que o interesse público por esta comece a diminuir a partir de amanhã. Claro que nada tenho contra actos comemorativos, eu próprio contribuí para eles, modestamente, com algumas palavras. E uma vez que a data o pede e a ocasião não o desaconselha, permita-se-me que pronuncie aqui umas quantas palavras mais.

Como declaração de princípios que é, a Declaração Universal de Direitos Humanos não cria obrigações legais aos Estados, salvo se as respectivas Constituições estabelecem que os direitos fundamentais e as liberdades nelas reconhecidos serão interpretados de acordo com a Declaração. Todos sabemos, porém, que esse reconhecimento formal pode acabar por ser desvirtuado ou mesmo denegado na acção política, na gestão económica e na realidade social. A Declaração Universal é geralmente considerada pelos poderes económicos e pelos poderes políticos, mesmo quando presumem de democráticos, como um documento cuja importância não vai muito além do grau de boa consciência que lhes proporcione.

Nestes cinquenta anos não parece que os Governos tenham feito pelos direitos humanos tudo aquilo a que, moralmente, quando não por força da lei, estavam obrigados. As injustiças multiplicam-se no mundo, as desigualdades agravam-se, a ignorância cresce, a miséria alastra. A mesma esquizofrénica humanidade que é capaz de enviar instrumentos a um planeta para estudar a composição das suas rochas, assiste indiferente à morte de milhões de pessoas pela fome. Chega-se mais facilmente a Marte neste tempo do que ao nosso próprio semelhante.

Alguém não anda a cumprir o seu dever. Não andam a cumpri-lo os Governos, seja porque não sabem, seja porque não podem, seja porque não querem. Ou porque não lho permitem os que efectivamente governam, as empresas multinacionais e pluricontinentais cujo poder, absolutamente não democrático, reduziu a uma casca sem conteúdo o que ainda restava de ideal de democracia. Mas também não estão a cumprir o seu dever os cidadãos que somos. Foi-nos proposta uma Declaração Universal de Direitos Humanos, e com isso julgámos ter tudo, sem repararmos que nenhuns direitos poderão subsistir sem a simetria dos deveres que lhes correspondem, o primeiro dos quais será exigir que esses direitos sejam não só reconhecidos, mas também respeitados e satisfeitos. Não é de esperar que os Governos façam nos próximos cinquenta anos o que não fizeram nestes que comemoramos. Tomemos então, nós, cidadãos comuns, a palavra e a iniciativa. Com a mesma veemência e a mesma força com que reivindicarmos os nossos direitos, reivindiquemos também o dever dos nossos deveres. Talvez o mundo possa começar a tornar-se um pouco melhor.

Não estão esquecidos os agradecimentos. Em Frankfurt, onde estava no dia 8 de Outubro, as primeiras palavras que disse foram para agradecer à Academia Sueca a atribuição do Prémio Nobel de Literatura. Agradeci igualmente aos meus editores, aos meus tradutores e aos meus leitores. A todos volto a agradecer. E agora quero também agradecer aos escritores portugueses e de língua portuguesa, aos do passado e aos de agora: é por eles que as nossas literaturas existem, eu sou apenas mais um que a eles se veio juntar. Disse naquele dia que não nasci para isto, mas isto foi-me dado. Bem hajam, portanto.

Este discurso foi pronunciado por José Saramago no Banquete Nobel, em 10 de Dezembro de 1998. Anos depois, graças à união de vontades de várias pessoas e instituições foi criada a Carta Universal de Deveres e Obrigações dos Seres Humanos, a partir das palavras de José Saramago em Estocolmo.
Neste momento, a FJS trabalha para que a Carta seja divulgada em vários idiomas e chegue ao máximo possível de pessoas em todo o mundo. Aceda a http://universalcharterofduties.org/ para ler o documento na íntegra e tornar-se subscritor do documento.
#fundacaojosesaramago

Raiz Editora

| DIREITOS HUMANOS |

Comemora-se hoje o Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos. A celebração da data foi escolhida para honrar o dia em que a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou, a 10 de Dezembro de 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Esta declaração foi assinada por 58 estados e teve como objectivo promover a paz e a preservação da humanidade após os conflitos da 2ª Guerra Mundial que vitimaram milhões de pessoas.

Segundo o Guinness Book of World Records, a Declaração Universal dos Direitos Humanos é o documento traduzido no maior número de línguas. Em setembro de 2018, existiam 508 traduções disponíveis.

Camões, I.P.

Florbela Espanca nasceu no dia 8 de dezembro de 1894, em Vila Viçosa.

Mais conhecida enquanto poeta, também escreveu contos, um diário e epístolas. Traduziu vários romances e colaborou com revistas e jornais diversos.

‘Ser Poeta’

Ser Poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda gente!

Florbela Espanca, in 'Charneca em Flor'

#CamõesIP #Efemérides

PNL 2027

Esta semana, o Livros e Quizzes é sobre Eduardo Lourenço. Participem no Stories do Instagram do PNL2027. 😊

knowledgequest.aasl.org

5 Lesson Ideas with Picture Books and Laughter | Knowledge Quest

knowledgequest.aasl.org “Laughter is the best medicine.” You’ve heard that saying, right? The Mayo Clinic supports this message in their post “Stress Relief from Laughter? It’s No Joke.” They present the benefits of having a good laugh. So when things get a... Read More ›

Sugestões de leitura!

ensina.rtp.pt

Da crise de sucessão à restauração

ensina.rtp.pt O

pensarcontemporaneo.com

Mais de 100 anos atrás, os artistas foram convidados a retratar o ano 2000, esses foram os resultados

pensarcontemporaneo.com basicamente, eles foram convidados a imaginar como seria a vida no ano 2000.

O Bibliognosta, alfarrabistas

“Para que percorres inutilmente o céu inteiro à procura da tua estrela? Põe-na lá.”
― Vergílio Ferreira

Ilustração: Halogen Cat 卤猫 aka Xiamen

Biblioteca Municipal de Beja - José Saramago

#FiqueEmCasa
Leitura, Educação e Conhecimento
Protecção garantida face a qualquer crise
(ilustração partilhada do Facebook "Amantes da Leitura")

Quer que o seu escola/colégio seja a primeira Escola/colégio em Mouriscas?

Clique aqui para solicitar o seu anúncio patrocinado.

Vídeos (mostrar todos)

Localização

Endereço


Herdade Da Murteira
Mouriscas
Outra escolas/colégios em Mouriscas (mostrar todos)
Epdra Escola Profissional Epdra Escola Profissional
Herdade Da Murteira
Mouriscas, 2200-681

Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes. Cursos Profissionais.