Espaço Cultural - Ashram Pashupati

Espaço Cultural - Ashram Pashupati

Comentários

Yôga em Férias 2019: Visita à Batalha.

Integrado no Programa Yôga em Férias e sob a orientação do Mestre João Camacho visitámos o Mosteiro da Batalha e o campo militar de S. Jorge, onde, Portugueses e Castelhanos travaram uma das mais importantes batalhas da história de Portugal.

A Batalha de Aljubarrota foi assim o objeto de estudo desta visita cultural, onde fomos desvendar o caminho de Marte, o caminho do domínio (da batalha) que o Guerreiro da Luz deve percorrer a exemplo desse ser excecional, D. Nuno Álvares Pereira, Condestável do reino de Portugal, que galvanizou os portugueses de forma a resistirem ao invasor e que Fernando Pessoa cantou em sua memória “Que auréola te cerca? É a espada que, volteando, faz que o ar alto perca seu azul negro e brando. Mas que espada é que, erguida, faz esse halo no céu? É Excalibur, a ungida, que o Rei Artur te deu. Esperança consumada, S. Portugal em ser, ergue a luz da tua espada para a estrada ver!”

Aljubarrota permitiu a afirmação de Portugal como reino independente e tornou possível o início de uma das épocas mais grandiosas da história de Portugal: os Descobrimentos!

Falar de Aljubarrota é abordar mais do que um confronto bélico travado entre duas nações, no dia 14 de agosto de 1835, durante o qual o exército português desbaratou um inimigo poderoso, cujos efetivos ascendiam a mais do triplo dos nossos. A inferioridade numérica pode ter sido compensada pelo cuidadoso dispositivo das forças que lhe deu o Condestável, mas a vitória deveu-se principalmente à força da vontade, à coragem de leão e à energia gerada pela rivalidade que brota do inflamado patriotismo dos combatentes, esse grupo de jovens a constituírem a hoste portuguesa vitoriosa, comandada na retaguarda pelo Rei e na vanguarda por D. Nuno Álvares Cabral. Isto é movimento agressivo, do interior para o exterior. Este é o poder do amor à liberdade! A vitória no caminho do domínio requer conhecimento mas também força! Extroversão e entusiasmo. Audácia, ímpeto … e também sorte! E assim também é no Yôga: determinação e superação associada a uma prática que conduz a um estado de hiperconsciência e autoconhecimento. À medida que o praticante

vai evoluindo na sua coreografia (obra/batalha), está a lutar com os seus demónios e está a construir o seu caminho para a libertação da condição humana.

Como a batalha foi travada no dia de Nossa Senhora, D. João I (Mestre de Avis) mandou erguer o Mosteiro de Santa Maria da Vitória, que ficou para a história como um marco da refundação da nacionalidade portuguesa. Mas a magnificência do edif**ado é mais do que a expressão da vitória bélica através da pedra, encerrando múltiplos signif**ados e mensagens que só o iniciado consegue decifrar. Desde logo, o apelo do gótico que nos impele a olhar para cima. O caminho da iniciação leva à ascese da consciência.

E a partir daqui, a linguagem dos pássaros esculpida na pedra, toda a referência abundante à capacidade de renascimento do iniciado, à capacidade de arrancar do coração, à procura do centro, transmutação, equilíbrio físico e das emoções e a trama do tecido como fonte de conhecimento. Numa palavra: transformação!! No Yôga, falamos do despertar da Kundalini.

E o espirito da nacionalidade manifestou a sua alegria pela nossa presença ao fazer-se representar pela pomba branca que serenamente pousou junto ao ponto de água (lavabo) no Claustro de D. João I …Sim,

É esta a chave que abre a porta dos mistérios, dos segredos iniciáticos, que majestosamente percorrendo o caminho do Sol vem prognosticar a Idade do Espirito Santo e a chegada dessa energia transformadora e benéf**a a agir através dos portugueses. Unir o Oriente e o Ocidente para encontrar a essência da humanidade, uma missão verdadeiramente templária e universalista. Também o Yôga signif**a união. Integração de todas as partes. Também o Yôga visa um ideal superior.

E aqui chegados, às capelas imperfeitas, como a coroar tamanha empresa, fomos brindados com um recital de canto polifónico, com as vozes a chegarem-nos de oito locais diferentes, como que a celebrar a alegria da evolução! Também o Yôga é caminho de evolução pessoal, de alegria e prazer, integrando a sua prática ortodoxa oito partes: mudrá, pujá, mantra, pránáyáma, kryá, ásana, yôganidrá e samyama rumo a um estado de consciência expandida. Rumo ao infinito.

E da capacidade de realizar, de agir pelo domínio falou-nos o nosso querido Mestre João Camacho. Essa capacidade que implica vitalidade, capacidade de iniciativa e bravura. Este é o caminho do domínio, o caminho por Marte, representa a relação agressiva entre o interior e o exterior. O iniciado precisa da força guerreira no caminho para o conhecimento superior. É simultaneamente, caminho de paixão e também de violência, caminho de morte e acima de tudo … caminho de luz e, também, de liberdade!

Não existem limites à força de um Guerreiro da Luz!

Agradeço ao Mestre João Camacho a partilha de conhecimentos e a todos os membros desta egrégora a partilha de uma experiência tão enriquecedora e maravilhosa.

SwáSthya!

Sádhika Dália Henrique dos Santos

Alcochete, 25 de julho de 2019
Curso de Alimentação Biológica

A proposta do Yôga para uma maior longevidade e qualidade de vida é o tripé-biológico, que consiste na alimentação biológica, exercício biológico e higiene mental.
Para que consigamos atingir a meta do Yôga - o samádhi, o próprio Yôga dá-nos as
ferramentas para cumprirmos o nosso objectivo com sucesso. No que diz respeito ao
exercício biológico, podemos fazer caminhada, natação, mas o melhor é o Yôga, respeitando
o ritmo e o movimento natural do nosso corpo. Quanto à alimentação, sabemos que a
alimentação recomendada para o praticante de Yôga é a alimentação vegetariana que nos
permite ter um corpo isento de toxinas provenientes de cadáveres de animais que são
ingeridos na alimentação com carnes. Já a higiene mental, qualquer praticante de Yôga
conhece a importância deste elemento do tripé-biológico. Uma vez que no plano mental, ao
contrário do que acontece no plano físico, os polos iguais atraem-se e os diferentes repelem-
se, então, posto isto, f**a claro que devemos cultivar pensamentos positivos e não os
negativos que atrairão a nós emoções viscosas e o contrário daquilo que desejamos.
Neste curso tratamos da alimentação biológica, tão importante na manutenção de um
corpo saudável que nos permitirá viver melhor durante mais anos.
Muitas vezes quando queremos mudar de sistema alimentar surgem dúvidas, como
por exemplo qual será a melhor fonte de proteína? Como conseguiremos ingerir vitamina
B12? Entre outras que logo aparecem quando deixamos de comer carne numa sociedade
organizada para o consumo de carne. Neste sentido é preciso conhecer os alimentos e as
suas propriedades, saber comer de forma variada e agradável ao paladar.
Neste curso, ministrado pelo Mestre João Camacho, aprendemos tudo isso mas mais,
percebemos o porquê de o sistema alimentar vegetariano ser a opção mais correcta para o
praticante de Yôga, compreendemos também que é uma questão técnica, tal como um atleta
de alta competição terá com certeza uma alimentação diferente da comum e em função do
objectivo do desporto a que se dedica. Assim é também no Yôga.
Num curso tão importante e repleto de informação preciosa sobre a forma como
comemos, tivemos ainda oportunidade de preparar e degustar uma deliciosa refeição.

Durante a segunda parte do curso, a parte prática, fomos também aprendendo
diferentes métodos de conservação dos alimentos, em salmoura, em azeite, etc., de forma
integrada e descontraída enquanto todos interagíamos e fomos em conjunto participando da
confecção dos alimentos, transmutando cada um deles num saboroso manjar, que fez a
delícia de todos neste final de sábado à tarde.
Obrigada querido Mestre João Camacho e Prof. Anabela Duarte da Silva pela
iniciativa e organização de mais este delicioso curso.

Rita Fernandes, Instrutora Estagiária
Discípula do Mestre João Camacho
Seminário Samyama e pújá – Março 2019

Os cursos do curso de formação de instrutores de Yôga são sempre importantes para quem pretende aprofundar o conhecimento no Yôga e são sem dúvida fundamentais para qualquer instrutor. O Curso de Formação de Instrutores – Métodos e Técnicas do Yôga é o grande acelerador evolutivo, eleva o praticante, não só pelo estudo e análise intelectual mas também através do convívio com o Mestre e com outros companheiros e companheiras que sendo mais adiantados noa vão iluminando o caminho.
No passado domingo dia 31 de Março o seminário foi dedicado aos temas samyama e pújá, desta vez contámos com uma companhia muito especial, a actriz Amélia Videira, que nos presenteou com a sua presença e gentilmente compartilhou a sua procura pessoal e como chegou até ao SwáSthya Yôga, filosofia que abraçou recentemente e com a qual se identificou.
Os seminários elevam-nos a outro nível de conhecimento, mesmo quando já não é a primeira vez que o frequentamos, o Mestre aborda sempre o tema de perspectivas diferentes, o que faz com que nunca pareça que estamos a repetir. A matéria é a mesma, mas os seminários não sempre diferentes e produtivos. Isto só é possível graças à imensa cultura geral, ao vasto e profundo conhecimento do Mestre, fruto de anos de estudo e trabalho dedicado ao Yôga e não só.
Falámos das técnicas objectivas, mas falámos de muito mais, de como chegar à meditação, como se processa, da simbologia associada a esta técnica e ainda de como a meditação é vista e utilizada em diferentes contextos, dentro e fora do Yôga em diferentes sociedades. É interessante perceber como através da movimentação dos povos o conhecimento vai chegando a todos, muitas vezes com roupagens diferentes, mas mantendo o essencial, muitas vezes em linguagem codif**ada, mas sempre presente. Fazendo-nos perceber que estamos todos neste projecto, todos no caminho da evolução, do autoconhecimento e por conseguinte do conhecimento do universo, da hiperconsciência.
Infelizmente, não me foi possível f**ar para a segunda parte do seminário dedicada ao tema pújá, sendo que a parte que presenciei foi bastante proveitosa tendo tido a oportunidade de aprofundar um pouco mais a matéria, interpreta-la à luz do meu próprio conhecimento, que é hoje diferente do que era o ano passado, aprendendo sempre um pouco mais, pois há sempre coisas que ainda não sabemos e que quem já percorreu o caminho não consegue esgotar num só seminário.
Este seminário, tal como todos os outros em que tive o privilégio de participar distinguiu-se pela consistência e pelo rigor na informação transmitida.
Muito obrigada querido Mestre João Camacho por todo o trabalho que tem desenvolvido, permitindo que os seus discípulos cresçam e evoluam sempre mais.
Obrigada Professora Anabela Duarte da Silva por organizar mais este seminário.

Rita Fernandes, Instrutora Estagiária
Discípula do Mestre João Camacho

Director-geral: Mestre João Camacho
Directora Financeira e Executiva: Professora Anabela Duarte da Silva
Estudos de Yôga Antigo. Formação de excelência.

Ashram Pashupati Portugal. Ashram Pashupati International. Somos o Espaço Cultural - Ashram Pashupat, a mais antiga escola de SwáSthya Yôga da Europa, fundada em 1983. Seguimos a maior linhagem de Yôga técnico do mundo – o SwáSthya Yôga, com 40 anos em Portugal. A nossa acção principal é cultural, ensinando uma urdidura de técnicas e conceitos virados para a qualidade de vida, para hábitos saudáve

Funcionando normalmente

14/09/2021

#dharmainspiration

13/09/2021

#dharmainspiration

[08/31/21]   "Faço o que posso para transmitir um pouco do que aprendi, daquilo que me foi ensinado, preocupo-me em ensinar qual o caminho através do qual poderão encontrar maior equilíbrio, que terão de buscar na própria vida. Procuro, com o conhecimento obtido, ser um catalisador, que faça desvendar em vós o que cada um tem de melhor."
João Camacho, O sono de Ganêsha, p. 44.

31/08/2021

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 83
Setembro de 2021
Título: Nawa Yogini Ta**ra.
Autor: Swami Muktananda
Editora: Yoga Publictions Trust.
Nawa Yogini Ta**ra explora as necessidades das mulheres na sociedade de hoje a partir de uma perspectiva yogica. De suas origens esotéricas como 'deusa', o livro traça a jornada única de cada mulher através dos diversos papéis e situações da vida. O leitor tem uma visão ampla das questões que dizem respeito às mulheres de todas as idades, desde a adolescência até a idade adulta.
O livro aborda as necessidades específ**as de saúde das mulheres e oferece conselhos yogicos abrangentes, juntamente com programas de prática especif**amente projectados para o gerenciamento contínuo da saúde. Os tópicos incluem: menstruação, gravidez, menopausa, depressão, dor nas costas, problemas de peso, veias varicosas e distúrbios urinários.

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 83
Setembro de 2021
Título: Nawa Yogini Ta**ra.
Autor: Swami Muktananda
Editora: Yoga Publictions Trust.
Nawa Yogini Ta**ra explora as necessidades das mulheres na sociedade de hoje a partir de uma perspectiva yogica. De suas origens esotéricas como 'deusa', o livro traça a jornada única de cada mulher através dos diversos papéis e situações da vida. O leitor tem uma visão ampla das questões que dizem respeito às mulheres de todas as idades, desde a adolescência até a idade adulta.
O livro aborda as necessidades específ**as de saúde das mulheres e oferece conselhos yogicos abrangentes, juntamente com programas de prática especif**amente projectados para o gerenciamento contínuo da saúde. Os tópicos incluem: menstruação, gravidez, menopausa, depressão, dor nas costas, problemas de peso, veias varicosas e distúrbios urinários.

[08/26/21]   Aula temática: meditação. Dia 27 de Agosto, das 20h às 21h30.

[08/19/21]   Aula temática: pránáyáma. Dia 20 de Agosto. Entre as 20h e as 21h30. Ministrada pelo Mestre João Camacho.

13/08/2021

"Faço o que posso para transmitir um pouco do que aprendi, daquilo que me foi ensinado, preocupo-me em ensinar qual o caminho através do qual poderão encontrar maior equilíbrio, que terão de buscar na própria vida. Procuro, com o conhecimento obtido, ser um catalisador, que faça desvendar em vós o que cada um tem de melhor."
João Camacho, O sono de Ganêsha, p. 44.

"Faço o que posso para transmitir um pouco do que aprendi, daquilo que me foi ensinado, preocupo-me em ensinar qual o caminho através do qual poderão encontrar maior equilíbrio, que terão de buscar na própria vida. Procuro, com o conhecimento obtido, ser um catalisador, que faça desvendar em vós o que cada um tem de melhor."
João Camacho, O sono de Ganêsha, p. 44.

11/08/2021

Sexta-feira, dia 13 de Agosto - aula temática: Kriyá, actividade de purif**ação das mucosas.

Sexta-feira, dia 13 de Agosto - aula temática: Kriyá, actividade de purif**ação das mucosas.

[08/02/21]   4 aulas temáticas durante o mês de Agosto. Nas 4 sexta-feiras do mês. A primeira aula será sobre yôganidra - 6 de Agosto entre as 20h e as 21h30m.

02/08/2021

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 82
Agosto de 2021
Título: O sono de Ganêsha. O poder adormecido
Autor: João Camacho
Edição do autor.

Coligi alguns apontamentos que se vos destinam. Vamos ver se ao passá-los à forma escrita os consigo apresentar com sútra, ou seja, com um fio condutor, o fio que sustenta a nossa caminhada no labirinto, o fio que une os fragmentos da nossa existência, quando somos confrontados, directamente, sem subterfúgios connosco e com aquilo que de facto somos. E esse confronto ocorre uma e outra vez, se o procurarmos, evidentemente. O centro não estará definitivamente resolvido enquanto não nos libertarmos totalmente das amarras da acção dos triguna. Assim, passamos tantas vezes de um labirinto a outro – a constante procura do centro que deve ser tão imóvel quanto rápida. Alguns de vós afirmam ir entendendo o que vos digo umas vezes, e outras nem por isso. Deixando o que não conseguem decifrar para depois. Não tem importância que assim seja. Nestas coisas a que nos dedicamos, entendemos de imediato quando já experimentámos, percebemos o que está em causa quando, na nossa caminhada individual, nos estamos a aproximar da experiência referida. Ficamos sem saber do que se trata se ainda estamos longe. Mas o importante é estarmos a caminho.
João Camacho, in O sono de Ganêsha.

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 82
Agosto de 2021
Título: O sono de Ganêsha. O poder adormecido
Autor: João Camacho
Edição do autor.

Coligi alguns apontamentos que se vos destinam. Vamos ver se ao passá-los à forma escrita os consigo apresentar com sútra, ou seja, com um fio condutor, o fio que sustenta a nossa caminhada no labirinto, o fio que une os fragmentos da nossa existência, quando somos confrontados, directamente, sem subterfúgios connosco e com aquilo que de facto somos. E esse confronto ocorre uma e outra vez, se o procurarmos, evidentemente. O centro não estará definitivamente resolvido enquanto não nos libertarmos totalmente das amarras da acção dos triguna. Assim, passamos tantas vezes de um labirinto a outro – a constante procura do centro que deve ser tão imóvel quanto rápida. Alguns de vós afirmam ir entendendo o que vos digo umas vezes, e outras nem por isso. Deixando o que não conseguem decifrar para depois. Não tem importância que assim seja. Nestas coisas a que nos dedicamos, entendemos de imediato quando já experimentámos, percebemos o que está em causa quando, na nossa caminhada individual, nos estamos a aproximar da experiência referida. Ficamos sem saber do que se trata se ainda estamos longe. Mas o importante é estarmos a caminho.
João Camacho, in O sono de Ganêsha.

21/07/2021
Architectures of Tamil Nadu 20/07/2021

Architectures of Tamil Nadu

Mahabalipuram, Tamil Nadu.

Mahishasuramardini cave, Southern end of Mamallapuram Hill.
It was built by Mahendravarman 1400 years ago (630 CE)

#ArchitecturesOfTamilNadu
#ArchitecturesOfBharat

10/07/2021

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 81
Julho de 2021
Título: Memorando para uma prática ortodoxa de SwáSthya Yôga (ády ashtánga sádhana)
Autor: João Camacho
Edição do autor.

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 81
Julho de 2021
Título: Memorando para uma prática ortodoxa de SwáSthya Yôga (ády ashtánga sádhana)
Autor: João Camacho
Edição do autor.

Photos from Espaço Cultural - Ashram Pashupati's post 05/07/2021

Cumpro o grato dever de informar que após terem sido aprovadas nas várias provas de índole teórica e prática que lhes foram solicitadas, a Instrutora Michelle Santos Seno terminou o seu estágio e a Instrutora estagiária Maria João Lopes inicia agora o seu estágio. Desejo-lhes todas as felicidades neste percurao que abraçaram. SwáSthya.

05/07/2021

À esquerda, balança e pesos de Sarasvati-Sindhu ou Civilização de Harappa. Período de integração. Data: cerca de 2600 a.C. a 2.000 a.C. Museu Nacional da Índia, Nova Deli.
À direita, balança e pesos da Biblioteca DeRose, Espaço Cultural - Ashram Pashupati. Data: objecto do séc. XX. Montijo, Área Metropolitana de Lisboa. Portugal.

[07/04/21]   ?

[07/03/21]   Após tentar partilhar nesta página um post de um site sobre arqueologia acerca da cidade de Harappa, fui informado, pelo facebook, que me foi aplicada uma medida de restrição temporária e, por isso, não poderei fazer partilhas até hoje às 20 horas e qualquer coisa. O tema da partilha é arqueologia acerca do berço do Yôga, a civilização drávida. Que idiotice é esta? Há um filme com o título "os deuses devem estar loucos". Aqui, no facebook, não são certamente deuses - não têm dignidade para isso. Mas, como se lê no título do filme, devem estar loucos. Vamos ver se também me censuram esta publicação.

13/06/2021

É com profunda consternação que publicamos o comunicado do Senhor Presidente da União Portuguesa de Budo, o Senhor Prof. Doutor José Manuel Araújo, a quem apresentamos as nossas sentidas condolências, bem como a toda a família, amigos e alunos do saudoso Sensei Valter Pinto.

In memoriam Valter Oliveira Pinto

19/10/1969 – 12/06/2021

Na minha qualidade de presidente da Direcção da União Portuguesa de Budo, venho cumprir o doloroso dever de comunicar o súbito e inesperado falecimento de um dos nossos mais notáveis membros, o Sensei Valter de Oliveira Pinto.
Praticante de Karatedo da UBU desde 1984, desde o início revelou um amor incondicional à nossa associação e aos seus elevados princípios.
Muito poderia contar de uma amizade que desde logo nos uniu, apesar da diferença de idades, e que se foi sempre aprofundando com o passar dos anos.
Limitar-me-ei a um exemplo da sua rectidão: tendo sido graduado em shodan, há muitos anos, por um dos maiores mestres de Karatedo japoneses com quem tinha feito um estágio no Japão, em reconhecimento do elevado nível técnico demonstrado, aguardou pacientemente, durante anos, até lhe ser atribuída a mesma graduação pela UBU para, finalmente, usar o cinto que lhe tinha sido oferecido por esse grande mestre.
A União Portuguesa de Budo declara uma semana de luto em sua memória.
Em todas as aulas dos nossos dojos será dedicado um momento de silêncio e oração em sua memória.
Independentemente dos aspectos formais que esta decisão representa, sei bem que não se passará um dia sem que aqueles que tiveram a honra de o conhecer e de com ele praticar o recordem com grande saudade.
À Ex.ª Família apresentamos os nossos mais sentidos e sinceros pêsames. A vossa dor é a nossa dor.

José Manuel Araújo

Mahá bhúta shuddhi sem objetivo de terapia só para quem é saudável .pdf 09/06/2021

Mahá bhúta shuddhi sem objetivo de terapia só para quem é saudável .pdf

Mahá bhúta shuddhi sem objetivo de terapia só para quem é saudável .pdf Shared with Dropbox

18/05/2021

#DharmaInspiration

[05/17/21]   Hoje o Ashram faz 38 anos.

01/05/2021

Sugestão para você alimentar sua mente! 🧠📖

Meditação e Autoconhecimento - DeRose

A verdade desvendada a respeito dessa técnica adotada por milhões de pessoas no oriente e no ocidente.

#meditação #think #goodidea #mindfulness #inteligenciaemocional #medite

Método DeRose - Transliteração e o ÔM 13/04/2021

Método DeRose - Transliteração e o ÔM

Método DeRose - Transliteração e o ÔM Aula exibida em 13 de novembro de 2012, na escola Espace Energie, em Paris, França.Website institucional http://MetodoDeRose.orgBlog do DeRose http://MetodoD...

Mobile Uploads 11/04/2021

Mobile Uploads

07/04/2021

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 80
Abril 2021
Título: The DEEPER DIMENSION of YOGA. THEORY AND PRACTICE
Autor: Georg Feuerstein
Editora: Shambhala Publications
Aqui está uma pesquisa abrangente de toda a amplitude e profundidade da tradição do Yoga de 5.000 anos, enfatizando a sua potente filosofia e visão espiritual. Georg Feuerstein demonstra que o Yoga é muito mais do que um sistema de exercícios físicos - é um caminho profundo de autotransformação que abrange uma gama de ensinamentos, práticas e textos sagrados que podem nos ajudar a cultivar sabedoria, equilíbrio e liberdade interior, bem como saúde física.
Feuerstein é um dos poucos professores ocidentais de Yoga cujos escritos e ensinamentos penetram em toda a riqueza e profundidade dessa tradição ancestral. Aqui, ele oferece uma coleção de ensaios que tocam em todas as facetas da disciplina. Os tópicos incluem:
. Os diferentes ramos e estilos do Yoga
. Os ensinamentos éticos do Yoga
. Yoga e vegetarianismo
. Meditação e mantras
. Escolhendo um professor
. A experiência do êxtase
Georg Feuerstein, Ph. D., é conhecido internacionalmente por seus muitos estudos interpretativos da tradição do Yoga. É autor de mais de trinta livros, incluindo "The Shambhala Encyclopedia of Yoga", "The Yoga Tradition", "Ta**ra", "Holy madness" e "Yoga Morality". Foi elaborando diversos cursos à distância sobre Yoga, que estão disponíveis através dos Estudos de Yoga Tradicional.

No original:
Here a comprehensive survey of the full breadth and depth of the 5.000-year-old Yoga tradition, emphazing its potent philosophy and spiritual vision. Georg Feuerstein de monstrates that Yoga is much more than a system of physical exercises - it is a profund path of self-transformation that encompasses a range of teachings, practices, and sacred texts that can help us cultivate wisdom, balance, and inner freedom, as well as physical health.
Feuerstein is on of few Western scholar-teachers of Yoga whose writing and teaching pe*****te the full richness anda depth of this ancient tradition. Here he offers a collection of essays touching on all facets of the discipline. Topics include:
. The different branches and styles of Yoga
. The ethical teachings of Yoga
. Yoga and vegetarianism
. Meditation and mantras
. Choosing a teacher
. The experience of ecstasy
Georg Feuerstein, Ph. D., is internationally known for his many interpretative studies of the Yoga tradition. He has authored more than thirty books, including "The Shambhala Encyclopedia of Yoga", "The Yoga Tradition", "Ta**ra", "Holy madness", and "Yoga Morality". He was designed several distance-learning courses on Yoga, which are available through Traditional Yoga Studies.

SUGESTÃO DE LEITURA N.º 80
Abril 2021
Título: The DEEPER DIMENSION of YOGA. THEORY AND PRACTICE
Autor: Georg Feuerstein
Editora: Shambhala Publications
Aqui está uma pesquisa abrangente de toda a amplitude e profundidade da tradição do Yoga de 5.000 anos, enfatizando a sua potente filosofia e visão espiritual. Georg Feuerstein demonstra que o Yoga é muito mais do que um sistema de exercícios físicos - é um caminho profundo de autotransformação que abrange uma gama de ensinamentos, práticas e textos sagrados que podem nos ajudar a cultivar sabedoria, equilíbrio e liberdade interior, bem como saúde física.
Feuerstein é um dos poucos professores ocidentais de Yoga cujos escritos e ensinamentos penetram em toda a riqueza e profundidade dessa tradição ancestral. Aqui, ele oferece uma coleção de ensaios que tocam em todas as facetas da disciplina. Os tópicos incluem:
. Os diferentes ramos e estilos do Yoga
. Os ensinamentos éticos do Yoga
. Yoga e vegetarianismo
. Meditação e mantras
. Escolhendo um professor
. A experiência do êxtase
Georg Feuerstein, Ph. D., é conhecido internacionalmente por seus muitos estudos interpretativos da tradição do Yoga. É autor de mais de trinta livros, incluindo "The Shambhala Encyclopedia of Yoga", "The Yoga Tradition", "Ta**ra", "Holy madness" e "Yoga Morality". Foi elaborando diversos cursos à distância sobre Yoga, que estão disponíveis através dos Estudos de Yoga Tradicional.

No original:
Here a comprehensive survey of the full breadth and depth of the 5.000-year-old Yoga tradition, emphazing its potent philosophy and spiritual vision. Georg Feuerstein de monstrates that Yoga is much more than a system of physical exercises - it is a profund path of self-transformation that encompasses a range of teachings, practices, and sacred texts that can help us cultivate wisdom, balance, and inner freedom, as well as physical health.
Feuerstein is on of few Western scholar-teachers of Yoga whose writing and teaching pe*****te the full richness anda depth of this ancient tradition. Here he offers a collection of essays touching on all facets of the discipline. Topics include:
. The different branches and styles of Yoga
. The ethical teachings of Yoga
. Yoga and vegetarianism
. Meditation and mantras
. Choosing a teacher
. The experience of ecstasy
Georg Feuerstein, Ph. D., is internationally known for his many interpretative studies of the Yoga tradition. He has authored more than thirty books, including "The Shambhala Encyclopedia of Yoga", "The Yoga Tradition", "Ta**ra", "Holy madness", and "Yoga Morality". He was designed several distance-learning courses on Yoga, which are available through Traditional Yoga Studies.

06/04/2021

Amazing Vedic architecture photo series:Vijay Stambha, Chittorgarh Dedicated to Vishnu, it was constructed by Rana Kumbha in 1448 to commemorate his victory over Mahmud Khilji. PC:Kevinstandagephotography

03/04/2021

Sun Temple of Modhera

Location: Modhera, Gujarat
via https://www.instagram.com/harish_gupta/
Photographer: Harish Gupta
Content Creator: Rahul
#modhera #gujarat #gujarattourism #india

29/03/2021

Amazing Vedic architecture photo series:Annamalaiyar Temple (1800's picture) is a Tamil Hindu temple dedicated to the deity Shiva, located at the base of Annamalai hills in the town of Thiruvannamalai in Tamil Nadu, India. It is signif**ant to the Hindu sect of Saivism as one of the temples associated with the five elements, the Pancha Bhoota Stalas, and specif**ally the element of fire, or Agni. Shiva is worshiped as Annamalaiyar or Arunachaleswarar, and is represented by the lingam, with his idol referred to as Agni lingam. His consort Parvati is depicted as Unnamulai Amma):Source: Indiacontents

Papageno e Papagena - 365 dias de Lufada de Alegria - DeROSE Method 28/03/2021

Papageno e Papagena - 365 dias de Lufada de Alegria - DeROSE Method

Papageno e Papagena - 365 dias de Lufada de Alegria - DeROSE Method

exercícios respiratórios.pdf 25/03/2021

exercícios respiratórios.pdf

exercícios respiratórios.pdf Shared with Dropbox

Vídeos (mostrar todos)

Localização

Produtos

Formação profissional. Cursos. Aulas de SwáSthya Yôga, em grupo e individuais.

Entre em contato com a escola/colégio

Telefone

Informação geral

Fundada a 17 Maio1983 It is about tradition.