BECRE JOÃO FRANCO

Funcionando normalmente

BECRE JOÃO FRANCO

School

História.

29 de outubro de 1956

A 20 de julho de 1956 o presidente nacionalista do Egito, Abdel Nasser, nacionalizou o canal do Suez e mandou fechar o porto de Eliat.

A 29 de outubro, Israel, com a ajuda militar da França e do Reino Unido, atacou a península do Sinai, território pertencente ao Egito, ao mesmo tempo que paraquedistas franceses e ingleses tomavam Port-Said.

Foi um acontecimento com muitas consequências: Moscovo ficou satisfeito por os olhares do mundo se desviarem da intervenção soviética contra a revolução democrática húngara, aproveitando, igualmente, para se impor como potência protetora do Egito e dos países do 3º mundo; os Estados Unidos consideraram terem sido ignorados no processo e por isso recusaram ajudar os países beligerantes; o Reino Unido percebeu, definitivamente, que já não era mais a super potência mundial; foi o fiasco total para os países europeus que queriam fazer de polícias daquela região; e a ameaça de utilização de armamento nuclear passou a estar na ordem do dia, e os Estados Unidos e a URSS afirmaram-se antagónicas em muitas, mas não em todas as questões internacionais.

Só em abril do ano seguinte o canal do Suez passou a estar aberto ao comércio marítimo internacional.

Atlas das relações internacionais. Dir. Pascal Boniface. Plátano. 1999

Wikepédia. pt

BECRE JOÃO FRANCO

School

29 de outubro de 1956

A 20 de julho de 1956 o presidente nacionalista do Egito, Abdel Nasser, nacionalizou o canal do Suez e mandou fechar o porto de Eliat.

A 29 de outubro, Israel, com a ajuda militar da França e do Reino Unido, atacou a península do Sinai, território pertencente ao Egito, ao mesmo tempo que paraquedistas franceses e ingleses tomavam Port-Said.

Foi um acontecimento com muitas consequências: Moscovo ficou satisfeito por os olhares do mundo se desviarem da intervenção soviética contra a revolução democrática húngara, aproveitando, igualmente, para se impor como potência protetora do Egito e dos países do 3º mundo; os Estados Unidos consideraram terem sido ignorados no processo e por isso recusaram ajudar os países beligerantes; o Reino Unido percebeu, definitivamente, que já não era mais a super potência mundial; foi o fiasco total para os países europeus que queriam fazer de polícias daquela região; e a ameaça de utilização de armamento nuclear passou a estar na ordem do dia, e os Estados Unidos e a URSS afirmaram-se antagónicas em muitas, mas não em todas as questões internacionais.

Só em abril do ano seguinte o canal do Suez passou a estar aberto ao comércio marítimo internacional.

Atlas das relações internacionais. Dir. Pascal Boniface. Plátano. 1999

Wikepédia. pt

becrejoaofranco.blogspot.com

BECRE DA ESCOLA JOÃO FRANCO - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO FUNDÃO: 5 de outubro de 1910

becrejoaofranco.blogspot.com

becrejoaofranco.blogspot.com

BECRE DA ESCOLA JOÃO FRANCO - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO FUNDÃO: Fim da II Guerra Mundial

becrejoaofranco.blogspot.com

BECRE JOÃO FRANCO

EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS NA BECRE

Expo de trabalhos alusivos aos contos "A estrela", de Vergílio Ferreira e "O conto da ilha desconhecida", de José Saramago.

Expo de trabalhos alusivos aos contos "A estrela", de Vergílio Ferreira e "O conto da ilha desconhecida", de José Saramago.

Exposição de trabalhos na BECRE alusivas aos contos "O conto da ilha desconhecida" de José Saramago e "A estrela", de Vergílio Ferreira.

[03/15/13]   Beleza assassina. Este é, precisamente, o nome do livro de que hoje falamos. Beleza assassina. Escrito pela americana Chelsea Cain e editado pela Porto Editora, é uma história que lemos sem respirar, tais são o suspense e a emoção.
Archie, um detetive, retorna ao serviço após ter sido raptado, drogado e torturado quase até à morte e durante um longo período de tempo por Gretchen Lowell, ou seja, a Beleza Assassina, uma psicopata perseguida durante dez anos. Porém, ela própria acabou por o salvar, sendo, finalmente, presa.
Chamado a desvendar mais uma série de homicídios, neste caso de três jovens raparigas estudantes em escolas secundárias, Archie debate-se ainda com a doentia necessidade de rever Gretchen, de estar com ela, na prisão, aonde se desloca semanalmente. Além disso, Gretchen, num jogo misto de sedução e crueldade, vai revelando a localização de corpos ao longo destas visitas.
Tudo na vida de Archie parece ter acabado, tomando um destino abruptamente diferente, conduzindo–o para um espaço perigoso, onde a vontade de viver e de lutar nem sempre está presente. O seu casamento é exemplo disso, bem como a distância relativamente à sua família.
Susan, uma jovem e atraente jornalista do jornal Herald, é designada para escrever sobre os homicídios, para o que deverá acompanhar Archie e a sua equipa durante as investigações. Gretchen continua a ser indicada como uma possível autora destes crimes, o que parece, contudo, impossível, dado que se encontra na prisão. Resta saber quem é o autor destes crimes.
Enfim, a obra Beleza Assassina prende completamente o leitor, tanto mais que é narrada alternadamente com outras histórias, como a do passado de Archie e a vida de Susan. Repito, Beleza Assassina, uma história arrepiante, contada com a mestria de Chelsea Cain.

Untitled Album

REVISTA "QUERO SABER" DE JANEIRO

REVISTA "QUERO SABER" DE JANEIRO

UMA AVENTURA EM FRANÇA

RESUMO DO LIVRO Um dia, o grupo dos cinco jovens foi para um intercâmbio com alunos franceses, na França. O local escolhido para se encontrarem era em Trocadéro. Quando lá chegaram, foram distribuídos por famílias de acolhimento. A família que acolheu João era um casal que tinha uma filha. Pedro e Chico foram recebidos por uma família que também tinha apenas um filho. As gémeas Teresa e Luísa foram acolhidas por uma pessoa que se chamava Clarice, mas apareceu a sua tia Elise, que as levou para casa e lhes disse para ficarem à vontade. Alguns dias depois, o grupo foi para a escola para ensaiar o final da peça de teatro porque era a véspera da estreia. A estreia da peça de teatro correu bem. No dia seguinte foram visitar a torre Eiffel e o museu de Orsey. Na televisão viram uma notícia sobre a explosão de uma bomba num armazém em Paris. Um dia depois de jantarem com Gaston, as gémeas encontraram Pedro e Chico. Pedro contou que tinha ouvido um terrorista planear pôr uma bomba num armazém de comidas. Algum tempo depois foram ter à cabana de Gaston em Vosgos. Chico, Luísa e Bento foram dar uma volta e encontraram os terroristas. Começaram a lutar e ganharam, mas Chico caiu de uma ribanceira abaixo e desmaiou. Os terroristas levaram Luísa e Bento e puseram-nos ao lado de uma bomba relógio, mas Chico salvou-os. Ficaram lá todos dentro à exceção de Teresa, que se perdeu. A bomba explodiu, mas apenas ficaram ligeiramente feridos. O comandante prendeu os bombistas e apareceu o terrorista da mancha branca que apontou a pistola a Teresa. Chico, escondido, atirou uma pedra e partiu a cabeça ao terrorista. OPINIÃO SOBRE O LIVRONa minha opinião, é um livro divertido porque tem muitas partes em que eles se metem em aventuras e é divertido saber como eles se safam.FRASE MAIS BONITA DO LIVRO"Nunca hei-de esquecer Vosgos! - disse o Pedro. - Que sítio espantoso..." , pág.179

RESUMO DO LIVRO Um dia, o grupo dos cinco jovens foi para um intercâmbio com alunos franceses, na França. O local escolhido para se encontrarem era em Trocadéro. Quando lá chegaram, foram distribuídos por famílias de acolhimento. A família que acolheu João era um casal que tinha uma filha. Pedro e Chico foram recebidos por uma família que também tinha apenas um filho. As gémeas Teresa e Luísa foram acolhidas por uma pessoa que se chamava Clarice, mas apareceu a sua tia Elise, que as levou para casa e lhes disse para ficarem à vontade. Alguns dias depois, o grupo foi para a escola para ensaiar o final da peça de teatro porque era a véspera da estreia. A estreia da peça de teatro correu bem. No dia seguinte foram visitar a torre Eiffel e o museu de Orsey. Na televisão viram uma notícia sobre a explosão de uma bomba num armazém em Paris. Um dia depois de jantarem com Gaston, as gémeas encontraram Pedro e Chico. Pedro contou que tinha ouvido um terrorista planear pôr uma bomba num armazém de comidas. Algum tempo depois foram ter à cabana de Gaston em Vosgos. Chico, Luísa e Bento foram dar uma volta e encontraram os terroristas. Começaram a lutar e ganharam, mas Chico caiu de uma ribanceira abaixo e desmaiou. Os terroristas levaram Luísa e Bento e puseram-nos ao lado de uma bomba relógio, mas Chico salvou-os. Ficaram lá todos dentro à exceção de Teresa, que se perdeu. A bomba explodiu, mas apenas ficaram ligeiramente feridos. O comandante prendeu os bombistas e apareceu o terrorista da mancha branca que apontou a pistola a Teresa. Chico, escondido, atirou uma pedra e partiu a cabeça ao terrorista. OPINIÃO SOBRE O LIVRONa minha opinião, é um livro divertido porque tem muitas partes em que eles se metem em aventuras e é divertido saber como eles se safam.FRASE MAIS BONITA DO LIVRO"Nunca hei-de esquecer Vosgos! - disse o Pedro. - Que sítio espantoso..." , pág.179

TRABALHOS A PROPÓSITO DO CONTO "A ESTRELA"

Os alunos do 7º B do nosso agrupamento exprimiram a sua opinião depois de terem lido e estudado o conto "A estrela" de Vergílio Ferreira.

Os alunos do 7º B do nosso agrupamento exprimiram a sua opinião depois de terem lido e estudado o conto "A estrela" de Vergílio Ferreira.

CLUBE DE LEITURAS NA BECRE

No dia 28 deste mês, pelas 14.30h, alguns alunos do 9º A e do 9º B e toda a turma do 3º ano JF 3 B partilharam leituras na BECRE João Franco do nosso agrupamento. O entusiasmo foi total. As obras apresentadas foram O leão e o rato, uma fábula de La Fontaine, Uma noite de natal, de Diana Hendry, Papá das pernas altas, de Jeanne Webster, O silêncio da água, de José Saramago, O meu pé de laranja lima, de José Mauro de Vasconcelos, O segredo do castelo de terror, de Alpred Hitchcock, Cartas a Beatriz, de Maria Teresa Maia Gonzalez, A maior flor do mundo, também de José Saramago e os Capitães de areia, de Jorge Amado.

No dia 28 deste mês, pelas 14.30h, alguns alunos do 9º A e do 9º B e toda a turma do 3º ano JF 3 B partilharam leituras na BECRE João Franco do nosso agrupamento. O entusiasmo foi total. As obras apresentadas foram O leão e o rato, uma fábula de La Fontaine, Uma noite de natal, de Diana Hendry, Papá das pernas altas, de Jeanne Webster, O silêncio da água, de José Saramago, O meu pé de laranja lima, de José Mauro de Vasconcelos, O segredo do castelo de terror, de Alpred Hitchcock, Cartas a Beatriz, de Maria Teresa Maia Gonzalez, A maior flor do mundo, também de José Saramago e os Capitães de areia, de Jorge Amado.

Mais animação na BECRE com a turma de APS10

Desta vez, foi o grupo que trabalhou o tema das castanhas. Fizeram atividades para os meninos da turma JF4B. Desde pinturas a colagens e a um trabalho com a textura das folhas de castanheiro, tudo aconteceu e todos puderam aprender. Até o fado se cantou!

Desta vez, foi o grupo que trabalhou o tema das castanhas. Fizeram atividades para os meninos da turma JF4B. Desde pinturas a colagens e a um trabalho com a textura das folhas de castanheiro, tudo aconteceu e todos puderam aprender. Até o fado se cantou!

Um grupo de alunos da turma APS10 animou a BECRE na tarde de 2ª f

Um grupo de alunos da turma APS10 animou a BECRE na tarde de 2ª feira, dia 3 de dezembro. O grupo, denominado “Bagos de Ideias”, fez justiça ao seu nome e desenvolveu diversas atividades alusivas às vindimas para os meninos do 3º ano da turma 5 da Escola João Franco. Desde canções até à pintura e colagem de imagens, passando pela apresentação de uma peça de teatro, a animação foi muita. Os trabalhos foram desenvolvidos na Área de Expressões. A Alexandra Valério, a Andreia Lindeza, a Ana Jéssica, a Céderine Sousa e o José Sousa estão de parabéns e a BECRE agradece!

Um grupo de alunos da turma APS10 animou a BECRE na tarde de 2ª feira, dia 3 de dezembro. O grupo, denominado “Bagos de Ideias”, fez justiça ao seu nome e desenvolveu diversas atividades alusivas às vindimas para os meninos do 3º ano da turma 5 da Escola João Franco. Desde canções até à pintura e colagem de imagens, passando pela apresentação de uma peça de teatro, a animação foi muita. Os trabalhos foram desenvolvidos na Área de Expressões. A Alexandra Valério, a Andreia Lindeza, a Ana Jéssica, a Céderine Sousa e o José Sousa estão de parabéns e a BECRE agradece!

[10/29/12]   PARA MIM, ESCREVER É...

Quando temos ideias,
Ideias a abarrotar,
E sem ninguém para contar,
É no papel que vamos desabafar.

Em casa ou na escola,
De noite e de dia,
É só mergulhar,
No mundo da fantasia.

É muito fácil de fazer,
Basta ter imaginação,
E se tiver dificuldade,
Peço ajuda ao coração.

Escrever, escrever sem parar,
Até é divertido,
Basta pensar, pensar, pensar,
Que no papel tudo será decidido!

Para mim escrever é falar,
Mas falar bem,
Pois para mim imaginar,
Não é só escrever,
É fantasiar!
É uma forma de viver,
Sem parar nem conter

Maria Matos, nº 15, 7º C

dn.pt

Contos de autores portugueses gratuitos com o DN - TV & Media - DN

O DN - Diário de Notícias publica, a partir de hoje, 4ª feira, 24 de outubro, livros digitais de autores portugueses de renome. Para aceder à sua leitura, basta inscreverem-se no DN. Deixo o mail.
http://www.dn.pt/inicio/tv/interior.aspx?content_id=2833134

dn.pt A iniciativa, que tem início esta quarta-feira, dá aos leitores a possibilidade de descarregarem para os seus PC, tablet ou smartphone uma grande variedade de contos digitais de grandes autores portugueses.

Untitled Album

Untitled Album

[06/12/12]   TOP LEITOR
MAIO

1º - Alexandra Sofia Venâncio Costa
2º - Ana Margarida Gadanho Vaz e Catarina Geraldes Antunes Mendes
3º - Alexandre Gonçalves Lopes e Fábio Dias Ferreira

ABRIL

1º - Catarina Geraldes Antunes Mendes
2º - Jéssica da Costa Grácio
3º - Alexandra Sofia Venâncio CostA

[06/12/12]   Contos de vampiros é uma compilação de contos escritos por autores portugueses, desde Ana Paula Tavares a José Eduardo Agualusa, passando por Miguel Esteves Cardoso, Rui Zink, Hélia Correia, João Tordo e ainda outros. Podemos dizer que os contos são todos muito bons, alguns raiando o bom humor, ao contrário do que o título possa sugerir.
São, alguns, terríficos, mas não assustadores. Creia que os pode ler, de noite, muito confortavelmente, na sua caminha, que não terá pesadelos…
As personagens e as acções são tão variadas como os autores, encontrando nós uma panóplia de caráteres muito variada. Podemos deparar com um fantasma solitário e triste, ou com um monstro que, se calhar não é muito monstro.
Enfim, uma leitura diferente, mas que aconselho vivamente.
Contos de vampiros de vários autores portugueses contemporâneos, é um conselho da BECRE JOÃO FRANCO para estas férias e ... para todas as idades!

http://static.pbsrc.com/flash/rss_slideshow.swf

A Sara Lopes, do 3º ano, turma JF1 recontou a história da Bruxinha Luna e as três pedras mágicas. Ora apreciem!

static.pbsrc.com ,bEP&`/°À%»bLÁ^¢Æ½`/Ø[ì½Å.M1cQ£QïgîÝ&¿ï÷}þïó¼¿çOò¹sæÌ3çiw," Ø;RNN"!$={6QísµAä]¾Î»!Õ¾£ÈZS`G×»i|ÜÏûéVz«¶°¸!oD4H8HV©(ü>Ïú$}`6¤ÔÈó(KX)ÑææÆé2õÚ¸²hQ]Aú÷Iþz\B1«AHíÚµIhh(0` ùì³ÏÈȾ}ûȵk×H¨kºæmiõ¾qMvm¨Üôí.¥Ô·ÁV¿¾qÅ1W¹Ìòe±tÃêÎ4Y¾ß76×'-'WíÖ.Q®÷öÎ}¿*÷ õKtvÅ5Ç´¿ÆÚýõãüR…

[05/24/12]   HABITAÇÃO TRADICIONAL EM CONTEXTO DE SUSTENTABILIDADE

O Projeto "Habitação Tradicional em contexto de Sustentabilidade", proposto pelo grupo de Ciências Físico-Químicas e com a parceria do Departamento de Engenharia Eletromecânica da Universidade da Beira Interior e do Departamento de Matemática e Ciências Experimentais da Escola Secundária Quinta das Palmeiras da Covilhã, foi selecionado na 1ª fase do Concurso Fundação Ilídio Pinho – Projeto “Ciência na Escola”.
A Educação Ambiental nas escolas é fundamental para transmitir às crianças e jovens, conhecimentos e valores sobre o meio ambiente, no sentido de ajudar à sua proteção, preservação e utilização sustentável dos seus recursos.
Este é um dos principais objetivos do Projeto e que é desenvolvido através da construção de casas de habitação local (típica casa Beirã) e tradicional, energeticamente mais eficientes. São exploradas as fontes de energia renováveis (como o vento e o sol), na perspectiva da iluminação e aquecimento, bem como os recursos materiais locais.
Numa didática da interdisciplinaridade, os alunos abordam questões teóricas do domínio da Físico-Química, Geografia e História bem como de EVT, TIC e Educação Tecnológica aquando da construção das habitações.
O desenvolvimento do Projeto tem envolvido várias atividades, das quais se destacam:
- O workshop na Universidade da Beira Interior da Covilhã - Departamento de Engenharia Eletromecânica da Universidade da Beira Interior;
- A partilha de conhecimentos com a Escola Quinta das Palmeiras da Covilhã (Escola Parceira no Projeto) que tem decorrido através de sessões de trabalho com instalação de painéis solares nas casas já construídas.
Finalmente o Projeto termina a 23 de maio do corrente ano com a apresentação das “casas-projeto”, onde um Júri irá fazer a atribuição da “HABITAÇÃO TRADICIONAL MAIS SUSTENTÁVEL”.

Quer que o seu escola/colégio seja a primeira Escola/colégio em Fundão?

Clique aqui para solicitar o seu anúncio patrocinado.

Localização

Categoria

Entre em contato com a escola/colégio

Endereço


Rua Dr. António José Saraiva
Fundão
6234-909
Outra Escola em Fundão (mostrar todos)
Espaço do Saber Fundão Espaço do Saber Fundão
Av. Eugénio De Andrade LT 35 Loja 2
Fundão, 6230

Centro de Estudos, Explicações, Estudo Acompanhado, Programa de Férias, Informática Sénior, Workshops, Apoio e Avaliação Psicológico, Mediação Seguros

Externato de Santo António do Fundão Externato de Santo António do Fundão
Avenida Da Liberdade
Fundão, 6230

Antigos alunos

Extra Aulas Extra Aulas
Rua Gil Vicente, Lote 119 R/c
Fundão, 6230-479

Centro de Explicações e Ocupação de Tempos Livres

Intervenção Precoce na Infância do Agr. Escolas Serra Gardunha-Fundão Intervenção Precoce na Infância do Agr. Escolas Serra Gardunha-Fundão
Unidade Da IPI Do Agrupamento De Escolas Gardunha E Xisto -Fundão
Fundão, 6230

IPI-INTERVENÇÃO PRECOCE na INFÂNCIA do Agrupamento de Escolas Gardunha e Xisto, Agrupamento de referência para os concelhos de Fundão e Penamacor.Unidade integrada na ELI- Equipa Local de Intervenção do Fundão no âmbito do SNIPI

Escola Profissional do Fundão Escola Profissional do Fundão
Rua Cidade De Salamanca, Nº1
Fundão, 6230-370

Escola Profissional do Fundão

Agrupamento de Escolas Gardunha e Xisto Agrupamento de Escolas Gardunha e Xisto
Bairro De Stª Isabel
Fundão, 6230-909

Dê-se conta do trabalho diário de uma equipa de gente que faz deste Agrupamento um lugar melhor, para se aprender, estar e ser !!!

Alta Mente Alta Mente
Loteamento Rebordão, Lote 31, R/Cº Dto.
Fundão, 6230-216

Centro de Explicações e Ocupação de Tempos Livres com: - Acompanhamento ao Estudo - Explicações Individuais - Revisão e Tradução - entre outros

COLOURLAND COLOURLAND
Rua Dos Restauradores, Lote 12, R/ch Esq.
Fundão, 6230-496

EPF na Europa EPF na Europa
Rua Cidade De Salamanca, Nº1
Fundão, 6230-370

A ESCOLA PROFISSIONAL DO FUNDÃO É UM PROJECTO DE FORMAÇÃO, TAMBÉM, EUROPEU!

Clube Europeu da ESF Clube Europeu da ESF
Escola Secundária Do Fundão
Fundão

Bem-Vindos : ) Participa, vamos criar cidadãos de pleno direito de uma nova União Europeia. :D :)

Picadeiro Tavares Ramos Picadeiro Tavares Ramos
EN 343 - Aldeia Joanes - Telhado Quinta De S. José | GPS: 40º 9´32´´N - 7º 31´17´´O
Fundão, 6230-045 FUNDÃO

Vem desfrutar do prazer de montar a cavalo. A partir dos 5 anos podes aprender num espaço de qualidade, seguro e uma equipa muito responsável.

Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas do Fundão Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas do Fundão
Rua António José Saraiva
Fundão, 6230

Acolher, informar, orientar e encaminhar os Adultos; desenvolver Processos de RVCC de âmbito Escolar, de nível básico (4.º, 6.º e 9.º anos) e de nível secundário (12.º ano); promover ações de informação e de divulgação.